Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
84

Saudades da casa de Deus

Salmo do grupo de Corá. Ao regente do coro — com a melodia de “Os Lagares”.

841Como eu amo o teu Templo,

ó Senhor Todo-Poderoso!

2Como eu gostaria de estar ali!

Tenho saudade dos pátios do Templo

de Deus, o Senhor.

Com todo o meu ser, canto com alegria

ao Deus vivo.

3Ó Senhor Todo-Poderoso,

meu Rei e meu Deus,

perto dos teus altares

os pardais constroem o seu ninho,

e as andorinhas fazem a sua casa,

onde cuidam dos seus filhotes.

4Felizes são os que moram na tua casa,

sempre cantando louvores a ti!

5Felizes são aqueles que de ti

recebem forças

e que desejam andar pelas estradas

que levam ao monte Sião!

6Quando eles passam

pelo Vale das Lágrimas,

ele fica cheio de fontes de água,

e as primeiras chuvas

o cobrem de bênçãos.

7Enquanto vão indo, a força deles

vai aumentando;

eles verão o Deus dos deuses em Sião.

8Escuta a minha oração,

ó Senhor, Deus Todo-Poderoso!

Ouve-me, ó Deus de Jacó!

9Ó Deus, abençoa o nosso protetor,

o rei que tu escolheste!

10É melhor passar um dia no teu Templo

do que mil dias em qualquer outro lugar.

Eu gostaria mais de ficar

no portão de entrada

da casa do meu Deus

do que morar nas casas dos maus.

11O Senhor Deus é a nossa luz

e o nosso escudo.

Ele ama e honra

os que fazem o que é certo

e lhes dá tudo o que é bom.

12Ó Senhor Todo-Poderoso,

como são felizes

aqueles que confiam em ti!