Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
7

Oração pedindo justiça

Hino que Davi cantou a Deus por causa de Cuche, o benjamita.

71Ó Senhor, meu Deus,

em ti encontro segurança.

Salva-me, livra-me

de todos os que me perseguem.

2Não permitas que eles, como um leão,

me peguem e me despedacem,

sem que ninguém possa me salvar.

3Ó Senhor, meu Deus, se tenho feito

qualquer uma destas coisas:

se cometi alguma injustiça

contra alguém,

4se traí um amigo,

se cometi sem motivo alguma violência

contra o meu inimigo,

5então que os meus inimigos

me persigam e me agarrem!

Que eles me deixem caído no chão,

morto,

e largado sem vida no pó!

6Ó Senhor, levanta-te com ira

e enfrenta a fúria dos meus inimigos!

Levanta-te e ajuda-me,

porque tu exiges que a justiça

seja feita.

7Ajunta todos os povos em volta de ti

e, de cima, reina sobre eles.

8Ó Senhor Deus, tu és o juiz

de todas as pessoas.

Julga a meu favor,

pois sou inocente e correto.

9Eu te peço que acabes

com a maldade dos maus

e que recompenses os que são direitos.

Pois tu és Deus justo

e julgas os nossos pensamentos

e desejos.

7.9
Ap 2.23

10Deus me protege como um escudo;

ele salva os que são honestos

de verdade.

11Deus é um juiz justo;

todos os dias ele condena os maus.

12Se eles não se arrependerem,

Deus afiará a sua espada.

Ele já armou o seu arco

para disparar flechas.

13Ele pega as suas armas mortais

e atira as suas flechas de fogo.

14Vejam como os maus imaginam maldades.

Eles planejam desgraças

e vivem mentindo.

15Armam armadilhas para pegarem

os outros,

mas eles mesmos caem nelas.

16Assim eles são castigados

pela sua própria maldade,

são feridos

pela sua própria violência.

17Eu, porém, agradecerei a Deus

a sua justiça

e cantarei louvores ao Senhor,

o Deus Altíssimo.

8

A grandeza de Deus e o valor do ser humano

Salmo de Davi. Ao regente do coro — com a melodia de “Os Lagares”.

81Ó Senhor, Senhor nosso,

a tua grandeza é vista

no mundo inteiro.

O louvor dado a ti chega até o céu

2e é cantado pelas crianças

e pelas criancinhas de colo.

Tu construíste uma fortaleza

para te proteger dos teus inimigos,

para acabar com todos

os que te desafiam.

8.2
Mt 21.16

3Quando olho para o céu,

que tu criaste,

para a lua e para as estrelas,

que puseste nos seus lugares —

4que é um simples ser humano

para que penses nele?

Que é um ser mortal

para que te preocupes com ele?

8.4
Jó 7.17-18
Sl 144.3
Hb 2.6-8

5No entanto, fizeste o ser humano

inferior somente a ti mesmo

e lhe deste a glória e a honra

de um rei.

6Tu lhe deste poder

sobre tudo o que criaste;

tu puseste todas as coisas

debaixo do domínio dele:

8.6
1Co 15.27
Ef 1.22
Hb 2.8

7as ovelhas e o gado

e os animais selvagens também;

8os pássaros e os peixes

e todos os seres que vivem no mar.

9Ó Senhor, nosso Deus,

a tua grandeza é vista

no mundo inteiro.

9

Louvor a Deus pela sua justiça

Salmo de Davi. Ao regente do coro — com a melodia de “A Morte do Filho”.

91Ó Senhor Deus, eu te louvarei

com todo o coração

e contarei todas as coisas

maravilhosas que tens feito.

2Por causa de ti eu me alegrarei

e ficarei feliz.

Cantarei louvores a ti,

ó Deus Altíssimo.

3Quando apareces,

os meus inimigos fogem;

eles caem e morrem.

4Tu és um juiz justo

e, sentado no teu trono,

fizeste justiça,

julgando a meu favor.

5Tu condenaste os pagãos

e destruíste os maus;

eles nunca mais serão lembrados.

6Arrasaste as cidades

dos nossos inimigos;

elas foram destruídas para sempre,

e eles estão completamente

esquecidos.

7Mas o Senhor é Rei para sempre.

Sentado no seu trono,

ele faz os seus julgamentos.

8Deus governa o mundo com justiça

e julga os povos

de acordo com o que é direito.

9O Senhor é um abrigo

para os que são perseguidos;

ele os protege em tempos de aflição.

10Ó Senhor, aqueles que te conhecem

confiam em ti,

pois não abandonas

os que procuram a tua ajuda.

11Cantem louvores ao Senhor,

que reina em Jerusalém.

Anunciem às nações o que ele tem feito.

12Pois Deus lembra

dos que são perseguidos;

ele não esquece os seus gemidos

e castiga aqueles que os tratam

com violência.

13Ó Senhor Deus, tem compaixão de mim!

Vê como me fazem sofrer

os que me odeiam.

Livra-me da morte

14a fim de que eu,

na presença do povo de Jerusalém,

possa me levantar

para anunciar o motivo

por que te louvo

e dizer que sou feliz

porque me salvaste da morte.

15Os pagãos caíram na cova

que fizeram;

foram apanhados na armadilha

que eles mesmos armaram.

16O Senhor se torna conhecido

por causa dos seus julgamentos justos,

e os maus caem

nas suas próprias armadilhas.

17Eles acabarão no mundo dos mortos;

para lá irão todos os que rejeitam

a Deus.

18Os pobres não serão esquecidos

para sempre,

e os necessitados não perderão

para sempre a esperança.

19Vem, ó Senhor,

e não deixes que os seres humanos

te desafiem!

Põe os povos pagãos diante de ti

e julga-os.

20Faze, ó Senhor Deus,

com que sintam medo!

Que eles fiquem sabendo

que são simples criaturas mortais!

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]