Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
50

Adoração e vida

Salmo de Asafe.

501Deus, o Senhor Deus, fala

e chama todos os moradores do mundo,

de um lado da terra ao outro.

2Deus brilha lá de Jerusalém,

a cidade de perfeita beleza.

3O nosso Deus está chegando,

porém não chega em silêncio.

Um fogo destruidor vem

na sua frente,

e em volta dele

há uma violenta tempestade.

4Ele chama o céu e a terra

como testemunhas

para assistirem ao julgamento

do seu povo.

5Ele diz: “Reúnam aqueles

que são fiéis a mim,

aqueles que fizeram

uma aliança comigo,

e, como sinal,

ofereceram um sacrifício.”

6Os céus anunciam que Deus é justo

e que ele mesmo é quem vai julgar.

7Deus diz: “Escute, meu povo,

que eu vou falar;

vou ser testemunha contra você,

povo de Israel.

Eu sou Deus, o seu Deus.

8Não vou repreendê-los

por causa dos sacrifícios

e das ofertas que vocês

sempre me trazem.

9No entanto, eu não preciso

dos touros das suas fazendas

nem dos bodes dos seus rebanhos.

10Pois os animais da floresta são meus

e também os milhares de cabeças

de gado espalhados nas montanhas.

11São meus todos os pássaros

dos montes

e tudo o que vive nos campos.

12“Se eu tivesse fome,

não pediria nada a vocês,

pois o mundo é meu

e tudo o que nele há.

13Por acaso, preciso comer

carne de touros

ou beber sangue de bodes?

14Que a gratidão de vocês

seja o sacrifício

que oferecem a Deus,

e que vocês deem ao Deus Altíssimo

tudo aquilo que prometeram!

15Se me chamarem no dia da aflição,

eu os livrarei,

e vocês me louvarão.”

16Porém Deus diz aos maus:

“Que direito têm vocês

de recitar as minhas leis

e de falar a respeito

da minha aliança?

17Vocês não querem que eu os corrija

e não aceitam as minhas ordens.

18Vocês ficam amigos de cada ladrão

que encontram

e andam com pessoas adúlteras.

19Vocês estão sempre prontos

para dizer coisas más

e não pensam duas vezes

antes de pregar mentiras.

20Estão sempre acusando os seus irmãos

e espalhando calúnias

a respeito deles.

21Vocês fizeram essas coisas,

e eu fiquei calado;

por isso, pensaram que eu era

igual a vocês.

Porém agora vou repreendê-los;

vou mostrar-lhes os seus erros.

22“Vocês que esqueceram de mim,

pensem bem nisso

para que eu não os destrua,

sem que ninguém possa salvá-los.

23Aquele que me traz

ofertas de gratidão

está me honrando,

e eu salvarei todos os que andam

nos meus caminhos.”

51

Arrependimento e perdão

Salmo de Davi. Ao regente do coro. Escrito depois que o profeta Natã falou com Davi a respeito do pecado que este havia cometido com Bate-Seba.

51, título
2Sm 12.1-15

511Por causa do teu amor, ó Deus,

tem misericórdia de mim.

Por causa da tua grande compaixão

apaga os meus pecados.

2Purifica-me de todas as minhas

maldades

e lava-me do meu pecado.

3Pois eu conheço bem os meus erros,

e o meu pecado está sempre

diante de mim.

4Contra ti eu pequei —

somente contra ti —

e fiz o que detestas.

Tu tens razão quando me julgas

e estás certo quando me condenas.

51.4
Rm 3.4

5De fato, tenho sido mau

desde que nasci;

tenho sido pecador desde o dia

em que fui concebido51.5 Isto é, comecei a ser formado na barriga da minha mãe..

6O que tu queres é um coração sincero;

enche o meu coração

com a tua sabedoria.

7Tira de mim o meu pecado,

e ficarei limpo;

lava-me, e ficarei mais branco

do que a neve.

8Faze-me ouvir outra vez os sons

de alegria e de felicidade;

e, ainda que tenhas me esmagado

e quebrado,

eu serei feliz de novo.

9Não olhes para os meus pecados

e apaga todas as minhas maldades.

10Ó Deus, cria em mim um coração puro

e dá-me uma vontade nova e firme!

11Não me expulses da tua presença,

nem tires de mim

o teu santo Espírito.

12Dá-me novamente a alegria

da tua salvação

e conserva em mim o desejo

de ser obediente.

13Então ensinarei aos desobedientes

as tuas leis,

e eles voltarão a ti.

14Ó Deus, meu Salvador,

livra-me da morte,

e com alegria eu anunciarei

a tua salvação!

15Ó Senhor, põe as palavras certas

na minha boca,

e eu te louvarei!

16Tu não queres que eu

te ofereça sacrifícios;

tu não gostas que animais

sejam queimados como oferta a ti.

17Ó Deus, o meu sacrifício

é um espírito humilde;

tu não rejeitarás um coração humilde

e arrependido.

18Ó Deus, com a tua bondade,

ajuda Jerusalém

e constrói de novo as suas muralhas!

19Então terás prazer em receber

os sacrifícios certos

e os animais que são

totalmente queimados.

E touros novos serão oferecidos

no teu altar.

52

A justiça e a bondade de Deus

Poesia de Davi. Ao regente do coro. Escrita por Davi depois que Doegue, o edomita, foi encontrar-se com Saul e lhe contou que Davi tinha ido à casa de Abimeleque.

52, título
1Sm 22.9-10

521Homem poderoso, por que você

se gaba da sua maldade?

O amor de Deus dura para sempre.

2Você faz planos para acabar

com os outros;

a sua língua caluniadora corta tanto

como uma navalha afiada.

3Você gosta mais do mal do que do bem

e prefere a mentira

em lugar da verdade.

4Seu mentiroso,

você gosta de ferir os outros

com palavras!

5Por isso, Deus acabará com você

para sempre;

ele o pegará e jogará para fora

da casa em que você mora.

Deus o tirará do mundo dos vivos.

6Os que obedecem a Deus verão isso

e ficarão com medo;

eles vão rir de você e dizer:

7“Vejam um homem que não pedia

a Deus que o protegesse.

Ele só confiava

na sua grande riqueza

e procurava segurança

na sua própria maldade.”

8Porém eu sou

como uma oliveira verde,

que cresce perto da casa de Deus;

eu confio no seu amor para sempre

e sempre.

9Ó Deus, eu sempre te louvarei

pelo que tens feito;

na presença dos que são fiéis a ti

anunciarei que tu és bom.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]