Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
33

Canção de louvor

331Todos vocês que obedecem

a Deus, o Senhor,

alegrem-se por causa daquilo

que ele tem feito!

Louvem a Deus,

todas as pessoas honestas.

2Toquem lira em louvor ao Senhor,

cantem louvores com acompanhamento

de harpas de dez cordas.

3Cantem a Deus uma nova canção,

toquem harpa e gritem bem alto.

4As palavras do Senhor

são verdadeiras;

tudo o que ele faz merece confiança.

5O Senhor Deus ama

tudo o que é certo e justo;

a terra está cheia do seu amor.

6Por meio da sua palavra,

o Senhor fez os céus;

pela sua ordem, ele criou o sol,

a lua e as estrelas.

7Deus juntou os mares num lugar só

e guardou os oceanos

em reservatórios.

8Que toda a terra tema

a Deus, o Senhor!

Que todos os habitantes do mundo

o temam!

9Pois ele falou,

e o mundo foi criado;

ele deu ordem, e tudo apareceu.

10O Senhor acaba

com os planos das nações,

ele não deixa que eles se realizem.

11Mas o que o Senhor planeja

dura para sempre,

as suas decisões

permanecem eternamente.

12Feliz a nação

que tem o Senhor como o seu Deus!

Feliz o povo que Deus escolheu

para ser dele!

13O Senhor Deus olha do céu

e vê toda a humanidade.

14Do lugar onde mora, ele observa

todos os que vivem na terra.

15É Deus quem forma a mente deles

e quem sabe tudo o que fazem.

16Nenhum rei vence

por ter um exército poderoso,

nem os soldados conseguem a vitória

por causa da sua força.

17Não são os cavalos de guerra

que ganham a batalha;

a sua grande força

não pode salvar ninguém.

18É o Senhor Deus quem protege

aqueles que o temem,

é ele quem guarda aqueles

que confiam no seu amor.

19Ele os salva da morte

e nos tempos de fome

os conserva com vida.

20Nós pomos a nossa esperança

em Deus, o Senhor;

ele é a nossa ajuda

e o nosso escudo.

21O nosso coração se alegra

por causa do que o Senhor tem feito;

nós confiamos nele

porque ele é santo.

22Ó Senhor Deus, que o teu amor

nos acompanhe,

pois nós pomos em ti

a nossa esperança!

34

A bondade de Deus

Na presença do rei Abimeleque, Davi fingiu que estava louco, e por isso Abimeleque o mandou embora. Depois de sair, Davi escreveu este salmo.

34, título
1Sm 21.13-15

341Eu sempre darei graças

a Deus, o Senhor;

o seu louvor estará nos meus lábios

o dia inteiro.

2Eu o louvarei por causa

das coisas que ele tem feito;

os que são perseguidos ouvirão isso

e se alegrarão.

3Anunciem comigo a sua grandeza;

louvemos juntos o Senhor.

4Eu pedi a ajuda do Senhor,

e ele me respondeu;

ele me livrou de todos os meus medos.

5Os que são perseguidos olham para ele

e se alegram;

eles nunca ficarão desapontados.

6Eu, um pobre sofredor, gritei;

o Senhor me ouviu

e me livrou das minhas aflições.

7O Anjo do Senhor fica em volta

daqueles que o temem

e os protege do perigo.

8Procure descobrir, por você mesmo,

como o Senhor Deus é bom.

Feliz aquele que encontra segurança

nele!

34.8
1Pe 2.3

9Que todos os que se dedicam a Deus

o temam,

pois aqueles que o temem

não têm falta de nada!

10Até os leões não têm comida

e passam fome,

porém não falta nada aos que

procuram a ajuda do Senhor.

11Venham, meus jovens amigos,

e escutem,

que eu os ensinarei

a temer a Deus, o Senhor.

12Vocês querem aproveitar a vida?

Querem viver muito e ser felizes?

13Então procurem não dizer coisas más

e não contem mentiras.

14Afastem-se do mal e façam o bem;

procurem a paz

e façam tudo para alcançá-la.

15Deus cuida das pessoas honestas

e ouve os seus pedidos.

16Mas ele é contra os que fazem o mal;

e assim, quando morrem,

eles são logo esquecidos.

34.12-16
1Pe 3.10-12

17Quando as pessoas honestas chamam

o Senhor,

ele as ouve

e as livra de todas as suas aflições.

18Ele fica perto

dos que estão desanimados

e salva os que perderam a esperança.

19Os bons passam por muitas aflições,

mas o Senhor os livra de todas elas.

20Ele os protege completamente;

nenhum dos seus ossos é quebrado.

34.20
Jo 19.36

21Os maus serão mortos

por causa das suas maldades;

aqueles que odeiam os bons

serão castigados.

22O Senhor Deus salva a vida

dos seus servos;

aqueles que procuram a sua proteção

não serão condenados.

35

Oração pedindo a ajuda de Deus

De Davi.

351Ó Senhor Deus,

ataca os que me atacam

e combate os que me combatem!

2Pega o teu escudo

e a tua armadura

e vem me ajudar.

3Pega a tua lança

e o teu machado de guerra

e luta contra os que me perseguem.

Dá-me a certeza de que vais

me salvar.

4Que sejam derrotados e humilhados

aqueles que me querem matar!

Que fujam envergonhados

os que fazem planos contra mim!

5Que sejam como a palha

soprada pelo vento,

quando o Anjo do Senhor

os atacar!

6Que o caminho deles

fique escuro e escorregadio

quando o Anjo do Senhor

os perseguir!

7Pois, sem motivo nenhum,

armaram uma armadilha para mim;

cavaram uma cova funda

para me pegar.

8Porém, quando menos esperarem,

virá a destruição.

Eles serão apanhados

pelas suas próprias armadilhas;

cairão nelas e serão destruídos.

9Então eu me alegrarei

por causa do que o Senhor Deus

tem feito;

ficarei feliz porque ele me salvou

da morte.

10Com todo o coração eu lhe direi:

“Não há ninguém como tu,

ó Senhor!

Tu proteges os fracos

quando são atacados pelos fortes

e livras os pobres e os necessitados

das mãos dos exploradores.”

11Homens maus testemunham contra mim

e me acusam de crimes que não cometi.

12O bem que faço

eles me pagam com o mal,

e por isso estou desesperado.

13Mas, quando eles estavam doentes,

eu vesti roupas de luto

e até deixei de comer.

Curvei a cabeça e orei por eles.

14Orei como se fosse

por um amigo ou um irmão.

Eu andava curvado, de luto,

como quem chora por sua própria mãe.

15Porém, quando eu estava aflito,

eles se alegravam

e ficavam em volta de mim, zombando.

Pessoas desconhecidas me bateram

e me feriram várias vezes.

16Como homens que zombam de um coxo,

eles zombaram de mim

e me olharam feio, com ódio.

17Ó Senhor, até quando

ficarás apenas olhando?

Livra-me dos ataques deles;

salva a minha vida desses leões.

18Então eu te agradecerei em público;

eu te louvarei no meio da multidão.

19Não deixes que os meus inimigos,

aqueles mentirosos,

se alegrem com a minha derrota!

Não permitas

que os que me odeiam sem motivo

fiquem rindo, felizes,

por causa da minha desgraça!

35.19
Sl 69.4
Jo 15.25

20Eles não falam como amigos;

pelo contrário, inventam

acusações falsas

contra as pessoas que amam a paz.

21Eles me acusam e gritam:

“Nós vimos o que você fez!”

22Mas tu, ó Senhor Deus,

tens visto isso.

Então não te cales, Senhor,

e não fiques longe de mim!

23Acorda, Senhor,

para me fazeres justiça!

Levanta-te, meu Deus,

e defende a minha causa!

24Ó Senhor Deus, tu és justo;

por isso, declara que estou inocente.

Ó meu Deus, não deixes

que os meus inimigos

se alegrem à minha custa!

25Não deixes que eles digam:

“Nós acabamos com ele.

Era isso mesmo o que queríamos.”

26Que sejam completamente

derrotados e envergonhados

aqueles que se alegram

com o meu sofrimento!

Que fiquem cobertos

de vergonha e de desgraça

os que dizem que são melhores

do que eu!

27Porém que gritem de alegria

os que desejam

que eu seja declarado inocente!

Que eles digam sempre:

“Como é grande o Senhor!

Ele está contente porque tudo

vai bem com o seu servo.”

28Então anunciarei a tua fidelidade

e te louvarei o dia inteiro.