Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
11

Segurança em Deus

De Davi. Ao regente do coro.

111Com Deus, o Senhor, estou seguro.

Não adianta me dizerem:

“Fuja como um pássaro

para as montanhas

2porque os maus já armaram

os seus arcos

e de tocaia apontam as flechas

para atirar nas pessoas direitas.

11.2
Sl 37.14
64.3-4

3O que pode fazer a pessoa honesta

quando as leis e os bons costumes

são desprezados?”

11.3
Sl 82.5

4O Senhor Deus está

no seu santo Templo;

o seu trono está no céu.

Ele vê todas as pessoas

e sabe o que elas fazem.

5O Senhor examina

os que lhe obedecem

e também aqueles que são maus;

com todo o coração ele detesta

os que gostam de praticar violências.

6Deus faz cair enxofre e brasas

sobre os maus;

ele os castiga com ventos

que queimam como o fogo.

7O Senhor faz o que é certo

e ama a honestidade;

as pessoas que são obedientes a ele

viverão na sua presença.

12

Livra-nos dos maus

Salmo de Davi. Ao regente do coro — para instrumentos de oito cordas.

121Salva-nos, ó Senhor Deus,

pois já não há mais

pessoas de confiança,

e os que são fiéis a ti

desapareceram da terra.

2Todos dizem mentiras uns aos outros;

um engana o outro com bajulações.

3Ó Senhor, faze com que

esses bajuladores se calem!

Fecha a boca dessa gente convencida.

4Eles dizem:

“Com as nossas palavras venceremos;

ninguém vai tapar a nossa boca.

Quem é que manda em nós?”

5Mas o Senhor Deus diz:

“Agora eu vou agir

porque os necessitados

estão sendo oprimidos,

e os perseguidos gemem de dor.

Eu lhes darei a segurança

que tanto esperam.”

6As promessas do Senhor

merecem confiança;

elas são como a prata pura,

refinada sete vezes no fogo.

7Ó Senhor Deus, guarda-nos sempre

bem-protegidos

e livra-nos dos maus,

8pois eles andam por toda parte,

e todas as pessoas dão valor

àquilo que é mau.

13

Confiança no amor de Deus

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

131Ó Senhor Deus, até quando

esquecerás de mim?

Será para sempre?

Por quanto tempo esconderás de mim

o teu rosto?

2Até quando terei de suportar

este sofrimento?

Até quando o meu coração se encherá

dia e noite de tristeza?

Até quando os meus inimigos

me vencerão?

3Ó Senhor, meu Deus,

olha para mim e responde-me!

Dá-me forças novamente

para que eu não morra.

4Assim os meus inimigos não poderão

se alegrar com a minha desgraça,

nem poderão dizer:

“Nós o derrotamos!”

5Eu confio no teu amor.

O meu coração ficará alegre,

pois tu me salvarás.

6E, porque tens sido bom para mim,

cantarei hinos a ti, ó Senhor.