Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
8

Elogio à Sabedoria

81Escutem! A Sabedoria está gritando:

a Compreensão está chamando em voz alta.

2A Sabedoria está no alto dos morros,

na beira da estrada e nas encruzilhadas dos caminhos.

3Está na entrada da cidade,

perto dos portões, gritando:

8.1-3
Pv 1.20-21

4“Eu estou falando com todos vocês

e faço um pedido a todos os moradores da terra.

5Você é jovem e sem experiência? Aprenda a ser prudente.

Você é tolo? Aprenda a ter juízo.

6Escutem, pois digo coisas importantes;

tudo o que eu digo é certo.

7O que eu digo é verdade,

pois odeio a mentira.

8Tudo o que afirmo é verdadeiro;

nada do que falo é enganoso ou falso.

9Para a pessoa que tem compreensão, tudo é claro;

tudo é fácil de entender para quem é bem-informado.

10Aceite os meus ensinamentos em vez de prata

e o meu conhecimento, em lugar de ouro puro.

11“Eu sou a Sabedoria; sou mais preciosa do que as joias.

Tudo o que você deseja não pode se comparar comigo.

12Eu sou a Sabedoria; tenho compreensão,

conhecimento e juízo.

13Temer o Senhor Deus é odiar o mal.

Eu odeio o orgulho e a falta de modéstia,

os maus caminhos e as palavras falsas.

14Faço planos e os ponho em prática;

tenho inteligência e sou forte.

15Eu ajudo os reis a governarem

e os governantes a fazerem boas leis.

16Os governadores governam com a minha ajuda,

e também todas as autoridades e pessoas importantes da terra.

17“Eu amo aquele que me ama;

e quem me procura acha.

18Tenho riquezas e honras,

prosperidade e justiça.

19O que eu ofereço vale mais do que o ouro fino

e é melhor do que a prata mais pura.

20Eu ando no caminho da honestidade

e sigo os passos da justiça,

21dando riqueza aos que me amam

e enchendo as suas casas de tesouros.

22“O Senhor Deus me criou antes de tudo,

antes das suas obras mais antigas.

8.22
Ap 3.14

23Eu fui formada há muito tempo,

no começo, antes do princípio do mundo.

24Nasci antes dos oceanos

quando ainda não havia fontes de água.

25Nasci antes das montanhas,

antes de os morros serem colocados nos seus lugares,

26antes de Deus ter feito a terra e os seus campos

ou mesmo o primeiro punhado de terra.

27Eu estava lá quando ele colocou o céu no seu lugar

e estendeu o horizonte sobre o oceano.

28Estava lá quando ele pôs as nuvens no céu

e abriu as fontes do mar,

29e quando ordenou às águas

que não subissem além do que ele havia permitido.

Eu estava lá quando ele colocou os alicerces da Terra.

30Estava ao seu lado como arquiteta

e era a sua fonte diária de alegria,

sempre feliz na sua presença —

31feliz com o mundo

e contente com a raça humana.

32“Agora, moços, escutem!

Façam o que eu digo e serão felizes.

33Aprendam o que é ensinado a vocês.

Sejam sábios; não abandonem esses ensinamentos.

34Aquele que me ouve será feliz:

aquele que fica todos os dias na minha porta,

esperando na entrada da minha casa.

35Pois quem me encontra encontra a vida,

e o Senhor Deus ficará contente com ele.

36Mas quem não me encontra prejudica-se a si mesmo;

todos os que me odeiam amam a morte.”

9

A Sabedoria e a falta de juízo

91A Sabedoria construiu a sua casa sobre sete colunas. 2Mandou matar animais para uma festa, preparou vinho e pôs a mesa. 3Aí mandou as suas empregadas gritarem do lugar mais alto da cidade: 4“Entre, gente tola!” E disse às pessoas sem juízo: 5“Venham, comam a minha comida e bebam o vinho que eu preparei. 6Deixem a companhia dos tolos e vivam. Sigam o caminho do conhecimento.”

7Se você repreender uma pessoa vaidosa, a única coisa que vai conseguir é ser insultado. Se tentar corrigir um homem mau, o que vai conseguir é ser humilhado. 8Nunca repreenda uma pessoa vaidosa; ela o odiará por isso. Mas, se você corrigir uma pessoa sábia, ela o respeitará. 9Qualquer coisa que você ensina a uma pessoa sábia torna-a mais sábia ainda. E tudo o que você diz a uma pessoa direita aumenta a sabedoria dela.

10Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Se você conhece o Deus Santo, então você tem compreensão das coisas.

9.10
Jó 28.28
Sl 111.10
Pv 1.7
11A sabedoria fará com que você viva uma vida mais longa. 12Se você for sábio, o lucro será seu; se zombar de tudo, você mesmo sofrerá as consequências.

13A falta de juízo é como uma mulher espalhafatosa, tola e sem-vergonha. 14Ela senta-se à porta da sua casa ou num banco no lugar mais alto da cidade 15e grita aos que passam preocupados com os seus negócios: 16“Entre, gente tola!” E diz às pessoas que não têm juízo: 17“A água roubada é mais gostosa; o pão furtado é mais saboroso.” 18Mas os convidados dela não sabem que aqueles que vão à sua casa morrem e que os que entraram já estão nas profundezas do mundo dos mortos.

10

Provérbios de Salomão

101O filho sábio é a alegria do seu pai, mas o filho sem juízo é a tristeza da sua mãe.

2Aquilo que se consegue com desonestidade não serve de nada, mas a honestidade livra da morte.

3O Senhor Deus não deixa que os bons passem fome, mas impede os maus de conseguirem o que tanto querem.

4O preguiçoso fica pobre, mas quem se esforça no trabalho enriquece.

5Quem tem juízo colhe no tempo certo, mas quem dorme na época da colheita passa vergonha.

6Os bons são abençoados. As palavras dos maus escondem a sua violência.

7Os bons serão lembrados como uma bênção, porém os maus logo serão esquecidos.

8Quem tem juízo aceita os bons conselhos; quem não tem cuidado com o que diz acaba na desgraça.

9A pessoa honesta anda em paz e segurança, mas a desonesta será desmascarada.

10Quem esconde a verdade causa problemas, mas quem critica com franqueza trabalha pela paz.

11As palavras dos bons são uma fonte de vida, mas as palavras dos maus escondem a sua violência.

12O ódio provoca brigas, mas o amor perdoa todas as ofensas.

10.12
Tg 5.20
1Pe 4.8

13A pessoa sábia diz palavras de sabedoria, mas aquela que não tem juízo precisa ser castigada.

14Os sábios guardam todo o conhecimento que podem, mas o tolo, quando fala, logo traz desgraça.

15A riqueza protege os ricos, e a pobreza destrói os pobres.

16O trabalho dos bons produz vida, mas o resultado do pecado é somente mais pecado.

17Aquele que aceita ser repreendido anda no caminho da vida, mas quem não aceita cai no erro.

18Com as suas palavras, o mentiroso esconde o seu ódio; quem espalha mexericos não tem juízo.

19Quanto mais você fala, mais perto está de pecar; se você é sábio, controle a sua língua.

20As palavras dos bons são como a prata pura; as ideias dos maus não têm valor.

21As palavras dos bons fazem bem a muita gente, mas a falta de juízo leva à morte.

22A bênção do Senhor Deus traz prosperidade, e nenhum esforço pode substituí-la.

23Para o malvado, fazer o mal é divertimento, mas a pessoa sensata encontra prazer na sabedoria.

24Quando o mau tem medo de alguma coisa, é isso mesmo o que lhe acontece, mas a pessoa direita consegue o que deseja.

25Vem a tempestade e acaba com os maus, porém os honestos continuam sempre firmes.

26Nunca mande um preguiçoso fazer alguma coisa; ele será tão irritante como vinagre nos dentes ou fumaça nos olhos.

27Quem teme o Senhor tem vida longa, porém os maus morrem antes do tempo.

28A esperança dos bons traz alegria, mas os planos dos maus dão em nada.

29O Senhor protege os bons, mas causa a desgraça dos que fazem o mal.

30As pessoas direitas estarão sempre em segurança, porém os maus não terão onde morar.

31As pessoas honestas dizem coisas sábias; quem diz coisas perversas recebe um terrível castigo.

32Os homens direitos sabem dizer coisas agradáveis, porém os maus estão sempre ofendendo os outros.