Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
20

201Quem bebe demais fica barulhento e caçoa dos outros; o escravo da bebida nunca será sábio.

2A raiva do rei é como o rugido de um leão; quem provoca o rei arrisca a vida.

3Qualquer tolo pode começar uma briga; quem fica fora dela é que merece elogios.

4O lavrador preguiçoso, que não ara as suas terras no tempo certo, não terá nada para colher.

5Os pensamentos de uma pessoa são como água em poço fundo, mas quem é inteligente sabe como tirá-los para fora.

6Todos dizem que são bons e fiéis, mas tente achar alguém que realmente seja!

7Como são felizes os filhos de um pai honesto e direito!

8Quando o rei senta para julgar, ele logo vê o que está errado.

9Será que alguém pode dizer que tem a consciência limpa e que já se livrou dos seus pecados?

10O Senhor Deus detesta quem usa medidas e pesos desonestos.

11A criança mostra o que é pelo que faz; pelos seus atos a gente pode saber se ela é honesta e boa.

12O Senhor nos deu olhos para ver e ouvidos para ouvir.

13Se você gastar o seu tempo dormindo, acabará pobre; trabalhe e terá comida com fartura.

14Está muito caro — diz o comprador, mas depois sai e se gaba de ter feito um ótimo negócio.

15Há muito ouro e muitas pedras preciosas; mas falar com conhecimento, isso, sim, é uma joia de valor.

16Quem aceita ser fiador de um estranho deve dar a sua roupa como garantia de pagamento.

17A comida que se consegue desonestamente pode ser muito gostosa, mas depois será como areia na boca.

18Procure bons conselhos e você terá sucesso; não entre na batalha sem antes fazer planos.

19O mexeriqueiro espalha os segredos; por isso fique longe de quem fala demais.

20Se você amaldiçoar os seus pais, a sua vida terminará como uma lâmpada que se apaga na escuridão.

21A riqueza que é ganha facilmente não faz bem à gente.

22Não seja vingativo; confie em Deus, o Senhor, e ele fará justiça a você.

23O Senhor detesta quem usa medidas e pesos desonestos.

24Se é o Senhor quem dirige os nossos passos, como poderemos entender a nossa vida?

25Pense bem antes de prometer alguma coisa a Deus, pois você poderá se arrepender depois.

26O rei sábio descobre quem está fazendo o mal e o castiga sem piedade.

27O Senhor deu aos seres humanos inteligência e consciência; ninguém pode se esconder de si mesmo.

28Um governo continuará no poder enquanto for humano, justo e honesto.

29A beleza dos jovens está na sua força, e o enfeite dos velhos são os seus cabelos brancos.

30Os castigos curam a maldade da gente e melhoram o nosso caráter.

21

211Para o Senhor Deus, controlar a mente de um rei é tão fácil como dirigir a correnteza de um rio.

2Se você pensa que tudo o que faz é certo, lembre que o Senhor julga as suas intenções.

3Faça o que é direito e justo, pois isso agrada mais a Deus do que lhe oferecer sacrifícios.

4Os maus são dominados pelo orgulho e pela vaidade, e isso é pecado.

5Quem planeja com cuidado tem fartura, mas o apressado acaba passando necessidade.

6A riqueza que é ganha desonestamente acaba logo e é uma armadilha mortal.

7Os maus são destruídos pela sua própria violência porque se negam a fazer o que é direito.

8O culpado segue caminhos errados, mas o inocente faz o que é direito.

9É melhor morar no fundo do quintal do que dentro de casa com uma mulher briguenta.

10Os maus têm fome do mal; eles não têm pena de ninguém.

11Quando o zombador é castigado, as pessoas sem experiência aprendem uma lição. Quando se ensina o sábio, o seu conhecimento é aumentado.

12Deus, que é justo, observa os maus e os faz cair na desgraça.

13Quem recusar ouvir o grito do pobre também gritará e não será ouvido.

14Dê um presente em segredo a quem estiver zangado com você, e a raiva dele acabará.

15Quando se faz justiça, os bons ficam felizes, porém os maus ficam apavorados.

16Quem se afasta do bom senso está caminhando para a morte.

17Quem ama os prazeres passará necessidade; quem ama o vinho e a boa comida nunca ficará rico.

18As pessoas honestas ficam livres da angústia, e os maus sofrem em lugar dos bons.

19É melhor morar no deserto do que com uma mulher que vive resmungando e se queixando.

20O homem sensato tem o suficiente para viver na riqueza e na fartura, mas o insensato não, porque gasta tudo o que ganha.

21Quem é bondoso e direito terá uma vida longa e será tratado com respeito e justiça.

22Uma pessoa inteligente pode conquistar uma cidade defendida por homens fortes e destruir as muralhas em que eles confiavam.

23Se você não quer se meter em dificuldades, tome cuidado com o que diz.

24Chamamos de zombador o homem vaidoso que trata os outros com orgulho e desprezo.

25O preguiçoso morre desejando muitas coisas porque se nega a trabalhar; 26ele passa o dia inteiro pensando no que gostaria de ter. Mas a pessoa de caráter tem o que dar e dá com prazer.

27Deus detesta os sacrifícios que os maus lhe oferecem, especialmente quando oferecem com más intenções.

28A testemunha falsa será condenada à morte, mas a palavra da pessoa que costuma ouvir bem as coisas será aceita.

29O homem direito tem confiança em si mesmo, porém o mau só finge que tem.

30A sabedoria, a inteligência e o entendimento das pessoas não são nada na presença do Senhor.

31Os homens aprontam os cavalos para a batalha, mas quem dá a vitória é Deus, o Senhor.

22

221O bom nome vale mais do que muita riqueza; ser estimado é melhor do que ter prata e ouro.

2Não existe diferença entre o rico e o pobre porque foi o Senhor Deus quem fez os dois.

3A pessoa sensata vê o perigo e se esconde; mas a insensata vai em frente e acaba mal.

4Quem teme o Senhor e é humilde consegue riqueza, prestígio e vida longa.

5No caminho dos maus existem armadilhas e dificuldades; quem dá valor à vida se afasta deles.

6Eduque a criança no caminho em que deve andar, e até o fim da vida não se desviará dele.

7Os ricos mandam nos pobres, e quem toma emprestado é escravo de quem empresta.

8Quem semeia a maldade colhe a desgraça e será castigado pelo seu próprio ódio.

9Quem é bondoso será abençoado porque reparte a sua comida com os pobres.

10Mande embora a pessoa orgulhosa, e acabarão os desentendimentos, as discussões e os xingamentos.

11Quem ama a sinceridade e sabe falar bem terá a amizade do rei.

12O Senhor Deus está alerta para defender a verdade e atrapalhar os planos dos mentirosos.

13O preguiçoso fica em casa e diz: “Se eu sair, o leão me pega.”

14O adultério é uma armadilha onde caem as pessoas que o Senhor detesta.

15É natural que as crianças façam tolices, mas a correção as ensinará a se comportarem.

16Quem enriquece à custa dos pobres ou dando presentes aos ricos acabará ficando pobre.

Trinta provérbios dos sábios

17Preste atenção, e eu lhe ensinarei o que os sábios disseram. Estude os seus ensinamentos, 18e será um prazer para você lembrar deles e recitá-los. 19Vou lhe ensinar agora estes provérbios para que você ponha a sua confiança em Deus. 20Tomei nota de trinta provérbios para você. Eles contêm conhecimentos e bons conselhos, 21que o ajudarão a saber o que é certo e direito. E assim, quando lhe fizerem perguntas, você saberá dar a resposta certa.

— 1 —

22Não tire vantagem do pobre só porque ele é pobre, nem se aproveite daqueles que não tiverem quem os defenda no tribunal. 23Pois o Senhor defenderá a causa deles e ameaçará a vida de quem os ameaçar.

— 2 —

24Não faça amizade com pessoas grosseiras ou violentas; 25você poderá pegar os seus maus costumes e depois não conseguirá livrar-se deles.

— 3 —

26Não aceite ser fiador de ninguém 27porque, se você não puder pagar a dívida, levarão embora até a sua cama.

— 4 —

28Não mude de lugar os marcos de divisa de terras que os seus antepassados colocaram.

— 5 —

29Você conhece alguém que faz bem o seu trabalho? Saiba que ele é melhor do que a maioria e merece estar na companhia de reis.