Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
4

O reinado de paz de Deus, o Senhor

Isaías 2.2-4

41No futuro, o monte do Templo do Senhor

será o mais alto de todos,

ficando acima de todos os montes.

Todas as nações irão correndo para lá,

2e esses povos dirão:

“Vamos subir o monte do Senhor,

vamos ao Templo do Deus de Israel.

Ele nos ensinará o que devemos fazer,

e nós andaremos nos seus caminhos.

Pois os ensinamentos do Senhor vêm de Jerusalém;

é do monte Sião que ele fala ao seu povo.”

3Ele será juiz entre muitos povos

e decidirá questões entre grandes nações distantes.

Os povos transformarão as suas espadas em arados

e as suas lanças em foices.

Nunca mais as nações farão guerra,

nem se prepararão novamente para batalhas.

4.3
Is 2.4
Jl 3.10

4Todos viverão seguros,

e cada um descansará calmamente

debaixo das suas figueiras e das suas parreiras.

Esta é a promessa do Senhor Todo-Poderoso.

4.4
Zc 3.10

5As outras nações adoram e obedecem aos seus deuses;

mas, quanto a nós, o Senhor é o nosso Deus,

e nós o adoraremos e lhe obedeceremos para sempre.

Deus salvará o seu povo

6O Senhor Deus diz:

— Virá o dia em que eu reunirei aqueles que sofrem, todos os que eu castiguei, quando os expulsei da sua pátria. 7Trarei de volta dos países distantes todos os que estiverem vivos e farei deles uma nação poderosa. Eu, o Senhor, reinarei no monte Sião, e, daquele tempo em diante e para sempre, eles serão novamente o meu povo. 8E Jerusalém, o lugar de onde eu, como pastor de ovelhas, olho e cuido do meu povo, voltará a ser a capital do país, a cidade mais importante de Israel.

9Jerusalém, por que é que você está chorando como uma mulher que está com dores de parto? Será que é porque você não tem rei e os seus conselheiros morreram? 10Jerusalém, torça-se de dor e grite como uma mulher que está dando à luz, pois os seus moradores vão sair e morar nos campos e depois irão até a Babilônia. Mas o Senhor os salvará e os livrará do poder dos inimigos.

11Muitas nações se reuniram para atacar Jerusalém. Essa gente diz: “Jerusalém deve ser destruída e profanada!” 12Mas eles não sabem o que o Senhor está pensando e planejando. Não sabem que ele os reuniu para os castigar, como se ajuntam as espigas para pisá-las e separar o trigo da palha.

13O Senhor Deus diz:

— Povo de Jerusalém, levante-se e ataque os inimigos! Eu darei a vocês a força de um touro com chifres de ferro e cascos de bronze. Vocês destruirão muitos povos e oferecerão a mim, o Senhor do mundo inteiro, as riquezas que eles conquistaram pela força.