Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
2

O castigo dos que exploram os pobres

21Ai daqueles que antes de se levantarem de manhã já fazem planos para explorar e maltratar os outros! E logo que se levantam fazem o que querem, pois são poderosos! 2Quando querem terrenos ou casas, eles os tomam. Maltratam os outros e não respeitam a família nem a propriedade de ninguém. 3Por isso, o Senhor diz:

— Vou fazer a desgraça cair sobre vocês, e vocês não escaparão. Será um tempo de sofrimento, e vocês não andarão mais tão cheios de orgulho. 4Quando aquele dia chegar, outros vão inventar um provérbio a respeito de vocês e cantarão esta canção triste:

“Estamos completamente arruinados!

O Senhor tirou a nossa terra,

ele tirou o que era nosso

e deu aos que nos conquistaram.”

5Portanto, quando a Terra Prometida for repartida de novo entre o povo do Senhor Deus, nenhum de vocês receberá nem uma parte dela.

6O povo me diz:

— Pare com essas profecias! Não diga isso! Não é possível que Deus faça a desgraça cair sobre a gente! 7Será que o povo de Israel está amaldiçoado? Será que o Senhor está irritado? É assim que ele age?

O Senhor Deus diz:

— De fato, as minhas palavras fazem bem aos que são bons. 8Mas vocês, como se fossem inimigos, atacaram o meu povo. Os homens voltam da guerra, pensando que estão sãos e salvos, mas vocês roubam as suas roupas. 9Vocês expulsam dos seus lares queridos as mulheres do meu povo, e assim os filhos delas perdem para sempre as bênçãos que prometi. 10Saiam daqui! Vão embora! Pois não é este o lugar onde vocês vão descansar em paz. Aqui há tanta gente desonesta e sem-vergonha, que a destruição vai ser total.

11O profeta que essa gente prefere é aquele que anda pregando mentiras e falsidades, prometendo vinho e cerveja para todos.

Deus promete salvar o povo

12O Senhor diz ao povo de Israel:

— Eu reunirei todos vocês que restarem e os trarei de volta para a Terra Prometida, como o pastor leva as ovelhas para o pasto ou as recolhe no curral. E mais uma vez as cidades do país ficarão movimentadas e cheias de gente.

13Deus abrirá caminho para o seu povo, e eles sairão livres pelos portões da cidade. O Rei, o Senhor, irá na frente, e todos o seguirão.