Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
4

A tentação de Jesus

Marcos 1.12-13; Lucas 4.1-13

41Então o Espírito Santo levou Jesus ao deserto para ser tentado pelo Diabo.

4.1
Hb 2.18
4.15
2E, depois de passar quarenta dias e quarenta noites sem comer, Jesus estava com fome. 3Então o Diabo chegou perto dele e disse:

— Se você é o Filho de Deus, mande que estas pedras virem pão.

4Jesus respondeu:

— As Escrituras Sagradas afirmam:

“O ser humano não vive só de pão,

mas vive de tudo o que Deus diz.”

4.4
Dt 8.3

5Em seguida o Diabo levou Jesus até Jerusalém, a Cidade Santa, e o colocou no lugar mais alto do Templo. 6Então disse:

— Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui, pois as Escrituras Sagradas afirmam:

“Deus mandará que os seus anjos

cuidem de você.

Eles vão segurá-lo com as suas mãos,

para que nem mesmo os seus pés

sejam feridos nas pedras.”

4.6
Sl 91.11-12

7Jesus respondeu:

— Mas as Escrituras Sagradas também dizem: “Não ponha à prova o Senhor, seu Deus.”

4.7
Dt 6.16

8Depois o Diabo levou Jesus para um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e as suas grandezas 9e disse:

— Eu lhe darei tudo isso se você se ajoelhar e me adorar.

10Jesus respondeu:

— Vá embora, Satanás! As Escrituras Sagradas afirmam:

“Adore o Senhor, seu Deus,

e sirva somente a ele.”

4.10
Dt 6.13

11Então o Diabo foi embora, e vieram anjos e cuidaram de Jesus.

Jesus começa o seu trabalho na Galileia

Marcos 1.14-15; Lucas 4.14-15

12Quando Jesus soube que João tinha sido preso, foi para a região da Galileia.

4.12
Mt 14.3
Mc 6.17
Lc 3.19-20
13Não ficou em Nazaré, mas foi morar na cidade de Cafarnaum, na beira do lago da Galileia, nas regiões de Zebulom e Naftali4.13 Zebulom e Naftali eram duas tribos de Israel cujo território ficava entre o lago da Galileia e o mar Mediterrâneo..
4.13
Jo 2.12
14Isso aconteceu para se cumprir o que o profeta Isaías tinha dito:

15“Terra de Zebulom e terra de Naftali,

na direção do mar,

do outro lado do rio Jordão,

Galileia, onde moram os pagãos!

16O povo que vive na escuridão

verá uma forte luz!

E a luz brilhará sobre os que vivem

na região escura da morte!”

4.15-16
Is 9.1-2

17Daí em diante Jesus começou a anunciar a sua mensagem. Ele dizia:

— Arrependam-se dos seus pecados porque o Reino do Céu está perto!

4.17
Mt 3.2

Jesus chama quatro pescadores

Marcos 1.16-20; Lucas 5.1-11

18Jesus estava andando pela beira do lago da Galileia quando viu dois irmãos que eram pescadores: Simão, também chamado de Pedro, e André. Eles estavam no lago, pescando com redes. 19Jesus lhes disse:

— Venham comigo, que eu ensinarei vocês a pescar gente.

20Então eles largaram logo as redes e foram com Jesus.

21Um pouco mais adiante Jesus viu outros dois irmãos, Tiago e João, filhos de Zebedeu. Eles estavam no barco junto com o pai, consertando as redes. Jesus chamou os dois, 22e, no mesmo instante, eles deixaram o pai e o barco e foram com ele.

Jesus ensina e cura muita gente

Lucas 6.17-19

23Jesus andou por toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, anunciando a boa notícia do Reino e curando as enfermidades e as doenças graves do povo.

4.23
Mt 9.35
Mc 1.39
24As notícias a respeito dele se espalharam por toda a região da Síria. Por isso o povo levava a Jesus pessoas que sofriam de várias doenças e de todos os tipos de males, isto é, epiléticos, paralíticos e pessoas dominadas por demônios; e ele curava todos. 25Grandes multidões o seguiam; eram gente da Galileia, das Dez Cidades, de Jerusalém, da Judeia e das regiões que ficam no lado leste do rio Jordão.

5

O Sermão do Monte

Caps. 5—7

51Quando Jesus viu aquelas multidões, subiu um monte e sentou-se. Os seus discípulos chegaram perto dele, 2e ele começou a ensiná-los.

A verdadeira felicidade

Lucas 6.20-23

Jesus disse:

3— Felizes as pessoas que sabem que são

espiritualmente pobres,

pois o Reino do Céu é delas.

4— Felizes as pessoas que choram,

pois Deus as consolará.

5.4
Is 61.2

5— Felizes as pessoas humildes,

pois receberão o que Deus

tem prometido.

5.5
Sl 37.11

6— Felizes as pessoas que têm fome e sede

de fazer a vontade de Deus,

pois ele as deixará

completamente satisfeitas.

5.6
Is 55.1-2

7— Felizes as pessoas que têm misericórdia

dos outros,

pois Deus terá misericórdia delas.

8— Felizes as pessoas que têm o coração puro,

pois elas verão a Deus.

5.8
Sl 24.3-4

9— Felizes as pessoas que trabalham pela paz,

pois Deus as tratará como seus filhos.

10— Felizes as pessoas que sofrem perseguições

por fazerem a vontade de Deus,

pois o Reino do Céu é delas.

5.10
1Pe 3.14

11— Felizes são vocês quando os insultam, perseguem e dizem todo tipo de calúnia contra vocês por serem meus seguidores.

5.11
1Pe 4.14
12Fiquem alegres e felizes, pois uma grande recompensa está guardada no céu para vocês. Porque foi assim mesmo que perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.
5.12
2Cr 36.16
Mt 23.34,37
At 7.52

O sal e a luz

Marcos 9.50; Lucas 14.34-35

13— Vocês são o sal para a humanidade; mas, se o sal perde o gosto, deixa de ser sal e não serve para mais nada. É jogado fora e pisado pelas pessoas que passam.

14— Vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.

5.14
Jo 8.12
9.5
15Ninguém acende uma lamparina para colocá-la debaixo de um cesto. Pelo contrário, ela é colocada no lugar próprio para que ilumine todos os que estão na casa.
5.15
Mc 4.21
Lc 8.16
11.33
16Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no céu.
5.16
1Pe 2.12

A Lei de Moisés

17— Não pensem que eu vim para acabar com a Lei de Moisés ou com os ensinamentos dos Profetas. Não vim para acabar com eles, mas para dar o seu sentido completo. 18Eu afirmo a vocês que isto é verdade: enquanto o céu e a terra durarem, nada será tirado da Lei — nem a menor letra, nem qualquer acento. E assim será até o fim de todas as coisas.

5.18
Lc 16.17
19Portanto, qualquer um que desobedecer ao menor mandamento e ensinar os outros a fazerem o mesmo será considerado o menor no Reino do Céu. Por outro lado, quem obedecer à Lei e ensinar os outros a fazerem o mesmo será considerado grande no Reino do Céu. 20Pois eu afirmo a vocês que só entrarão no Reino do Céu se forem mais fiéis em fazer a vontade de Deus do que os mestres da Lei e os fariseus.

O ódio

21— Vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados: “Não mate. Quem matar será julgado.”

5.21
Êx 20.13
Dt 5.17
22Mas eu lhes digo que qualquer um que ficar com raiva do seu irmão será julgado. Quem disser ao seu irmão: “Você não vale nada” será julgado pelo tribunal. E quem chamar o seu irmão de idiota estará em perigo de ir para o fogo do inferno. 23Portanto, se você estiver oferecendo no altar a sua oferta a Deus e lembrar que o seu irmão tem alguma queixa contra você, 24deixe a sua oferta ali, na frente do altar, e vá logo fazer as pazes com o seu irmão. Depois volte e ofereça a sua oferta a Deus.

25— Se alguém fizer uma acusação contra você e levá-lo ao tribunal, entre em acordo com essa pessoa enquanto ainda é tempo, antes de chegarem lá. Porque, depois de chegarem ao tribunal, você será entregue ao juiz, o juiz o entregará ao carcereiro, e você será jogado na cadeia. 26Eu afirmo a você que isto é verdade: você não sairá dali enquanto não pagar a multa toda.

O adultério

27— Vocês ouviram o que foi dito: “Não cometa adultério.”

5.27
Êx 20.14
Dt 5.18
28Mas eu lhes digo: quem olhar para uma mulher e desejar possuí-la já cometeu adultério no seu coração. 29Portanto, se o seu olho direito faz com que você peque, arranque-o e jogue-o fora. Pois é melhor perder uma parte do seu corpo do que o corpo inteiro ser atirado no inferno.
5.29
Mt 18.9
Mc 9.47
30Se a sua mão direita faz com que você peque, corte-a e jogue-a fora. Pois é melhor perder uma parte do seu corpo do que o corpo inteiro ir para o inferno.
5.30
Mt 18.8
Mc 9.43

O divórcio

Mateus 19.1-9; Marcos 10.1-12; Lucas 16.18

31— Foi dito também: “Quem mandar a sua esposa embora deverá dar a ela um documento de divórcio.”

5.31
Dt 24.1-4
Mt 19.7
Mc 10.4
32Mas eu lhes digo: todo homem que mandar a sua esposa embora, a não ser em caso de adultério, será culpado de fazer com que ela se torne adúltera, se ela casar de novo. E o homem que casar com ela também cometerá adultério.
5.32
1Co 7.10-11

Os juramentos

33— Vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados: “Não quebre a sua promessa, mas cumpra o que você jurou ao Senhor que ia fazer.”

5.33 a
Lv 19.12
34Mas eu lhes digo: não jurem de jeito nenhum. Não jurem pelo céu, pois é o trono de Deus;
5.34 a
Tg 5.12
35nem pela terra, pois é o estrado onde ele descansa os seus pés; nem por Jerusalém, pois é a cidade do grande Rei.
5.35 a
Is 66.1
36Não jurem nem mesmo pela sua cabeça, pois vocês não podem fazer com que um só fio dos seus cabelos fique branco ou preto. 37Que o “sim” de vocês seja sim, e o “não”, não, pois qualquer coisa a mais que disserem vem do Maligno5.37 O Diabo, chefe das forças do mal..

A vingança

Lucas 6.29-30

38— Vocês ouviram o que foi dito: “Olho por olho, dente por dente.”

5.38
Êx 21.24
Lv 24.20
Dt 19.21
39Mas eu lhes digo: não se vinguem dos que fazem mal a vocês. Se alguém lhe der um tapa na cara, vire o outro lado para ele bater também. 40Se alguém processar você para tomar a sua túnica, deixe que leve também a capa. 41Se um dos soldados estrangeiros forçá-lo a carregar uma carga um quilômetro, carregue-a dois quilômetros. 42Se alguém lhe pedir alguma coisa, dê; e, se alguém lhe pedir emprestado, empreste.

Amar os inimigos

Lucas 6.27-28,32-36

43— Vocês ouviram o que foi dito: “Ame os seus amigos e odeie os seus inimigos.” 44Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, 45para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu. Porque ele faz com que o sol brilhe sobre os bons e sobre os maus e dá chuvas tanto para os que fazem o bem como para os que fazem o mal. 46Se vocês amam somente aqueles que os amam, por que esperam que Deus lhes dê alguma recompensa? Até os cobradores de impostos amam as pessoas que os amam! 47Se vocês falam somente com os seus amigos, o que é que estão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso! 48Portanto, sejam perfeitos, assim como é perfeito o Pai de vocês, que está no céu.

5.48
Lv 19.2
Dt 18.13

6

A caridade

61— Tenham o cuidado de não praticarem os seus deveres religiosos em público a fim de serem vistos pelos outros. Se vocês agirem assim, não receberão nenhuma recompensa do Pai de vocês, que está no céu.

6.1
Mt 23.5

2— Quando você der alguma coisa a uma pessoa necessitada, não fique contando o que fez, como os hipócritas fazem nas sinagogas e nas ruas. Eles fazem isso para serem elogiados pelos outros. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eles já receberam a sua recompensa. 3Mas você, quando ajudar alguma pessoa necessitada, faça isso de tal modo que nem mesmo o seu amigo mais íntimo fique sabendo do que você fez. 4Isso deve ficar em segredo; e o seu Pai, que vê o que você faz em segredo, lhe dará a recompensa.

A oração

Lucas 11.2-4

5— Quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de orar de pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas para serem vistos pelos outros. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eles já receberam a sua recompensa.

6.5
Lc 18.10-14
6Mas você, quando orar, vá para o seu quarto, feche a porta e ore ao seu Pai, que não pode ser visto. E o seu Pai, que vê o que você faz em segredo, lhe dará a recompensa.

7— Nas suas orações, não fiquem repetindo o que vocês já disseram, como fazem os pagãos. Eles pensam que Deus os ouvirá porque fazem orações compridas. 8Não sejam como eles, pois, antes de vocês pedirem, o Pai de vocês já sabe o que vocês precisam. 9Portanto, orem assim:

“Pai nosso, que estás no céu,

que todos reconheçam

que o teu nome é santo.

10Venha o teu Reino.

Que a tua vontade seja feita aqui na terra

como é feita no céu!

11Dá-nos hoje o alimento que precisamos.

12Perdoa as nossas ofensas

como também nós perdoamos

as pessoas que nos ofenderam.

13E não deixes que sejamos tentados,

mas livra-nos do mal.

[Pois teu é o Reino, o poder e a glória,

para sempre. Amém!]”

14— Porque, se vocês perdoarem as pessoas que ofenderem vocês, o Pai de vocês, que está no céu, também perdoará vocês. 15Mas, se não perdoarem essas pessoas, o Pai de vocês também não perdoará as ofensas de vocês.

6.14-15
Mc 11.25-26

O jejum

16— Quando vocês jejuarem, não façam uma cara triste como fazem os hipócritas, pois eles fazem isso para todos saberem que eles estão jejuando. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eles já receberam a sua recompensa. 17Mas você, quando jejuar, lave o rosto e penteie o cabelo 18para os outros não saberem que você está jejuando. E somente o seu Pai, que não pode ser visto, saberá que você está jejuando. E o seu Pai, que vê o que você faz em segredo, lhe dará a recompensa.

Riquezas no céu

Lucas 12.33-34

19— Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde as traças e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam.

6.19
Tg 5.2-3
20Pelo contrário, ajuntem riquezas no céu, onde as traças e a ferrugem não podem destruí-las, e os ladrões não podem arrombar e roubá-las. 21Pois onde estiverem as suas riquezas, aí estará o coração de vocês.

A luz do corpo

Lucas 11.34-36

22— Os olhos são como uma luz para o corpo: quando os olhos de vocês são bons, todo o seu corpo fica cheio de luz. 23Porém, se os seus olhos forem maus, o seu corpo ficará cheio de escuridão. Assim, se a luz que está em você virar escuridão, como será terrível essa escuridão!

Deus e as riquezas

Lucas 16.13; 12.22-31

24— Um escravo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro; ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e também servir ao dinheiro.

25— Por isso eu digo a vocês: não se preocupem com a comida e com a bebida que precisam para viver nem com a roupa que precisam para se vestir. Afinal, será que a vida não é mais importante do que a comida? E será que o corpo não é mais importante do que as roupas? 26Vejam os passarinhos que voam pelo céu: eles não semeiam, não colhem, nem guardam comida em depósitos. No entanto, o Pai de vocês, que está no céu, dá de comer a eles. Será que vocês não valem muito mais do que os passarinhos? 27E nenhum de vocês pode encompridar a sua vida, por mais que se preocupe com isso.

28— E por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem as flores do campo: elas não trabalham, nem fazem roupas para si mesmas. 29Mas eu afirmo a vocês que nem mesmo Salomão, sendo tão rico, usava roupas tão bonitas como essas flores.

6.29
1Rs 10.4-7
2Cr 9.3-6
30É Deus quem veste a erva do campo, que hoje dá flor e amanhã desaparece, queimada no forno. Então é claro que ele vestirá também vocês, que têm uma fé tão pequena! 31Portanto, não fiquem preocupados, perguntando: “Onde é que vamos arranjar comida?” ou “Onde é que vamos arranjar bebida?” ou “Onde é que vamos arranjar roupas?” 32Pois os pagãos é que estão sempre procurando essas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso. 33Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhes dará todas essas coisas. 34Por isso, não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]