Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
1

Josué fica no lugar de Moisés

11Depois que Moisés, servo do Senhor, morreu, Deus disse ao ajudante de Moisés, chamado Josué, filho de Num:

2— O meu servo Moisés está morto. Agora você e todo o povo de Israel se preparem para atravessar o rio Jordão e entrar na terra que vou dar a vocês. 3Como disse a Moisés, eu lhes darei toda a terra que pisarem. 4Os limites dessa terra serão os seguintes: ao sul, o deserto; e, ao norte, os montes Líbanos; a leste, o grande rio Eufrates e toda a terra dos heteus; e, a oeste, o mar Mediterrâneo. 5Você nunca será derrotado. Eu estarei com você como estive com Moisés. Nunca o abandonarei.

1.3-5
Dt 11.24-25
1.5
Dt 31.6,8
Hb 13.5
6Seja forte e corajoso porque você vai comandar este povo quando eles tomarem posse da terra que prometi aos antepassados deles.
1.6
Dt 31.6,7,23
7Seja forte e muito corajoso. Tome cuidado e viva de acordo com toda a Lei que o meu servo Moisés lhe deu. Não se desvie dela em nada e você terá sucesso em qualquer lugar para onde for. 8Fale sempre do que está escrito no Livro da Lei. Estude esse livro dia e noite e se esforce para viver de acordo com tudo o que está escrito nele. Se fizer isso, tudo lhe correrá bem, e você terá sucesso. 9Lembre da minha ordem: “Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque eu, o Senhor, seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você for!”

Preparativos para atravessar o rio Jordão

10Então Josué ordenou aos líderes israelitas:

11— Vão pelo meio do acampamento, dando esta ordem ao povo: “Arranjem comida porque daqui a três dias vocês vão atravessar o rio Jordão para tomar posse da terra que o Senhor, nosso Deus, lhes dará.”

12E Josué disse às tribos de Rúben, de Gade e de Manassés do Leste:

13— Lembrem da ordem de Moisés, servo do Senhor: “O Senhor, nosso Deus, dará esta terra a vocês para morarem nela e ali viverem em segurança. 14As suas mulheres, as crianças e o gado ficarão aqui na terra que Moisés lhes deu a leste do rio Jordão. Mas que os homens peguem as suas armas e atravessem o rio na frente dos seus irmãos israelitas e estejam prontos para ajudá-los na batalha! 15Eles tomarão posse da terra que o Senhor, nosso Deus, lhes dará e ficarão morando nela. Quando isso acontecer, vocês voltarão para viver na terra que Moisés, servo de Deus, deu a vocês aqui, a leste do Jordão.”

1.12-15
Nm 32.28-32
Dt 3.18-20
Js 22.1-6

16Então eles responderam a Josué:

— Faremos tudo o que você mandou e iremos aonde nos enviar. 17Assim como sempre obedecemos a Moisés, também obedeceremos a você. Que o Senhor, seu Deus, esteja com você como esteve com Moisés! 18Quem se revoltar e desobedecer a qualquer ordem sua será morto. Acima de tudo seja forte e corajoso!

2

Josué envia espiões a Jericó

21Do acampamento do vale das Acácias, Josué mandou secretamente dois espiões com a seguinte ordem:

— Examinem bem a terra, especialmente a cidade de Jericó.

Então eles foram, entraram na casa de uma prostituta chamada Raabe e se hospedaram ali.

2.1
Hb 11.31
Tg 2.25
2E chegou aos ouvidos do rei de Jericó a seguinte notícia:

— Alguns israelitas chegaram aqui de noite para espionar a terra.

3Então o rei mandou para Raabe o seguinte recado:

— Os homens que estão na sua casa vieram para espionar toda a terra! Traga esses dois para fora!

4Mas Raabe já os havia escondido. Ela respondeu aos mensageiros do rei:

— É verdade que alguns homens vieram à minha casa, mas eu não sabia de onde eram. 5Quando já estava escuro, e o portão da cidade ia ser fechado, eles saíram. Eu não sei para onde foram. Mas, se vocês forem depressa atrás deles, ainda poderão pegá-los.

6Acontece que Raabe tinha levado os espiões ao terraço e os havia escondido debaixo das varas de linho amontoadas ali.

7Os mensageiros do rei foram e, logo que saíram da cidade, o portão foi fechado. Eles procuraram os espiões até o lugar onde a estrada atravessa o rio Jordão.

8Antes que os espiões fossem dormir, Raabe subiu ao terraço e disse a eles:

9— Eu sei que o Senhor deu esta terra a vocês, os israelitas. Para dizer a verdade, todos nós estamos morrendo de medo. 10Soubemos que o Senhor secou o mar Vermelho diante de vocês quando saíram do Egito. Também ficamos sabendo como, a leste do rio Jordão, vocês mataram Seom e Ogue, os reis dos amorreus, e destruíram os seus exércitos.

2.10 a
Êx 14.21
11Quando ouvimos essas coisas, perdemos a coragem e todos nós ficamos com muito medo por causa de vocês. O Deus de vocês, o Senhor, é Deus lá em cima no céu e aqui em baixo na terra. 12Então agora jurem em nome do Senhor e prometam que vão ser bons para a minha família porque eu também tratei vocês com bondade. Para isso peço que me deem um sinal que não deixe dúvida. 13Salvem o meu pai, a minha mãe, os meus irmãos e as minhas irmãs e as famílias deles. Não deixem que nos matem.

14Os homens responderam:

— Nós prometemos. E, se não cumprirmos a nossa palavra, nós é que deveremos morrer, e não você! Se você não contar a ninguém o que estamos fazendo, fique certa de que cumpriremos a nossa promessa. Quando o Senhor nos der esta terra, seremos bons para você e mostraremos que somos homens de palavra.

15Raabe morava numa casa construída na muralha da cidade. Por isso ela pôde fazer os espiões descerem pela janela, usando uma corda. 16Ela disse:

— Vão para as montanhas. Se não, os homens que estão procurando vocês vão achá-los. Escondam-se lá três dias, até que eles voltem. Depois vocês podem ir embora.

17Os espiões disseram:

— Cumpriremos o juramento que você nos pediu que fizéssemos, mas com as seguintes condições: 18quando invadirmos a sua terra, amarre este cordão vermelho na janela de onde você nos fez descer. Junte, dentro da sua casa, o seu pai, a sua mãe, os seus irmãos e todos os parentes do seu pai. 19Se alguém sair da casa, será culpado da sua própria morte, e nós não seremos responsáveis. Mas, se alguém que estiver com você for ferido dentro de casa, a culpa será nossa. 20E, se você contar o que estamos fazendo, não seremos obrigados a cumprir o nosso juramento.

21Raabe respondeu:

— Eu concordo.

Então ela deixou que eles fossem embora. E Raabe amarrou o cordão vermelho na janela.

22Os espiões foram para as montanhas e se esconderam lá três dias enquanto os soldados do rei os procuravam por toda aquela região. Os soldados não acharam ninguém e voltaram para Jericó. 23Aí os dois espiões desceram da montanha, atravessaram o rio Jordão e foram se encontrar com Josué. Contaram tudo o que havia acontecido 24e terminaram assim:

— Estamos certos de que o Senhor nos deu toda esta terra. Todo mundo aqui está morrendo de medo de nós.

3

A travessia do rio Jordão

31Josué e todo o povo de Israel se levantaram de madrugada, saíram do acampamento do vale das Acácias e foram até o rio Jordão. Antes de atravessarem o rio, eles acamparam ali. 2Três dias depois os líderes passaram pelo meio do acampamento, 3dizendo ao povo:

— Quando vocês virem os sacerdotes levitas carregando a arca da aliança do Senhor, nosso Deus, arrumem as suas coisas e sigam a arca. 4Assim vocês ficarão sabendo para onde ir, pois nunca passaram por esse caminho. Porém não cheguem perto da arca; fiquem longe dela mais ou menos um quilômetro.

5Josué disse ao povo:

Purifiquem-se porque amanhã o Senhor fará grandes coisas entre vocês.

6Depois disse aos sacerdotes:

— Peguem a arca da aliança e vão na frente do povo.

E eles fizeram o que Josué mandou.

7Aí o Senhor disse a Josué:

— Por causa daquilo que vou fazer hoje, todo o povo de Israel vai saber que você é um grande homem. Eles saberão que, assim como estive com Moisés, também estarei com você. 8Dê aos sacerdotes que estão carregando a arca a seguinte ordem: “Quando chegarem ao rio, parem dentro da água, perto da margem.”

9Então Josué disse ao povo:

— Venham cá e prestem atenção naquilo que o Senhor, nosso Deus, vai dizer. 10Pelo que vai acontecer, vocês ficarão sabendo que o Deus vivo está entre vocês e que sem falta expulsará os cananeus, os heteus, os heveus, os perizeus, os girgaseus, os amorreus e os jebuseus. 11A arca da aliança do Senhor de toda a terra vai atravessar o rio Jordão na frente de vocês. 12Agora escolham doze homens, um de cada tribo de Israel. 13Quando os sacerdotes que estão carregando a arca da aliança do Senhor Deus, o Senhor de toda a terra, puserem os pés dentro da água, o Jordão vai parar de correr, e as águas da parte de cima ficarão amontoadas num lugar.

14-15Era o tempo da colheita, e as águas do rio haviam coberto as margens. Foi nessa ocasião que o povo saiu do acampamento para atravessar o Jordão. Os sacerdotes iam na frente, levando a arca da aliança. Quando chegaram ao Jordão e puseram os pés dentro da água, 16ela parou de correr e ficou amontoada na parte de cima do rio até Adã, cidade que fica ao lado de Sartã. Na parte de baixo, o rio secou completamente até o mar Morto. Então o povo passou para o outro lado, perto de Jericó. 17Enquanto os israelitas atravessavam, pisando terra seca, os sacerdotes que levavam a arca ficaram parados no seco, no meio do rio Jordão. E ficaram ali até que todo o povo acabou de passar.