Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
18

A divisão do resto da terra

181Agora a terra já estava conquistada. Então todo o povo de Israel se reuniu na cidade de Siló, e armaram ali a Tenda Sagrada. 2Sete tribos ainda não tinham recebido as suas terras. 3Nessa ocasião Josué disse ao povo de Israel:

— Até quando vão ficar esperando para tomar posse da terra que o Senhor, o Deus dos seus antepassados, deu a vocês? 4Escolham três homens de cada tribo, e eu os mandarei andar por toda esta terra. Eles farão por escrito uma descrição das terras que gostariam de ter como sua propriedade e depois voltarão para falar comigo. 5Esses homens dividirão a terra em sete partes. A tribo de Judá ficará nas suas terras, no Sul, e os descendentes de José nas suas, no Norte. 6Tragam a descrição da terra dividida em sete partes. Então eu farei o sorteio para consultar o Senhor, nosso Deus, por vocês. 7Os levitas não receberão, como os outros, uma parte da terra porque a parte deles é servir como sacerdotes de Deus, o Senhor. As tribos de Gade, de Rúben e de Manassés do Leste já receberam as suas terras a leste do rio Jordão, terras que foram dadas por Moisés, servo do Senhor.

8E os homens saíram para fazer a descrição daquela terra, depois de receberem de Josué esta ordem:

— Andem por toda esta terra, façam por escrito uma descrição dela e depois voltem para falar comigo. Então, aqui em Siló, eu farei o sorteio para consultar o Senhor Deus por vocês.

9Assim os homens foram, andaram por toda aquela terra e fizeram uma descrição dela num livro. Eles a dividiram em sete partes e prepararam uma lista das cidades. Depois voltaram ao acampamento de Siló, onde Josué estava. 10Então Josué fez o sorteio para consultar o Senhor por eles e deu a cada tribo do povo de Israel uma parte da terra.

As terras da tribo de Benjamim

11As famílias da tribo de Benjamim receberam terras que ficavam entre a tribo de Judá e as tribos de José.

12No Norte a sua divisa começava no rio Jordão. Daí subia pelo lado norte de Jericó, na direção oeste, seguindo pela região montanhosa até o deserto de Bete-Avém. 13Então ia para o sul na direção da cidade de Luz, até a subida de Luz (também chamada de Betel). Daí descia para Atarote-Adar, na montanha que fica ao sul de Bete-Horom-de-Baixo.

14Dali a divisa ia noutra direção e, do lado oeste da montanha que fica em frente de Bete-Horom, virava para o sul, indo até a cidade de Quiriate-Baal (ou Quiriate-Jearim), que é da tribo de Judá. Esta era a divisa a oeste.

15No Sul a divisa começava na ponta de Quiriate-Jearim e dali ia para o oeste até as fontes de Neftoa. 16Daí descia até o fim da montanha que está em frente do vale de Ben-Hinom, na ponta norte do vale dos Gigantes. A divisa seguia para o sul pelo vale de Hinom, no sul da subida dos jebuseus, até a fonte de Rogel. 17Virava para o norte, indo até a fonte de Semes, e daí a Gelilote, do outro lado da subida de Adumim. Então descia até a pedra de Boã (Boã era filho de Rúben), 18passava ao norte da subida defronte do vale do Jordão e depois descia até o vale. 19Seguia para o norte da subida de Bete-Hogla e terminava na ponta sul do rio Jordão, isto é, na baía onde este rio desemboca no mar Morto. Esta era a divisa no Sul.

20O rio Jordão era a divisa a leste.

São estas as divisas das terras que as famílias da tribo de Benjamim receberam como sua propriedade.

21As cidades que pertenciam às famílias da tribo de Benjamim eram Jericó, Bete-Hogla, Emeque-Quesis, 22Bete-Arabá, Zemaraim, Betel, 23Avim, Pará, Ofra, 24Quefar-Amonai, Ofni e Gaba. Ao todo doze cidades, mais os povoados vizinhos.

25Também eram da tribo de Benjamim as cidades de Gibeão, Ramá, Beerote, 26Mispa, Cefira, Mosa, 27Requém, Irpeel, Tarala, 28Zela, Elefe, Jebus (ou Jerusalém), Gibeá e Quiriate-Jearim. Ao todo catorze cidades, mais os seus povoados.

São estas as terras que as famílias da tribo de Benjamim receberam como sua propriedade.

19

As terras da tribo de Simeão

191A segunda distribuição de terras foi feita para as famílias da tribo de Simeão. A sua parte ficava no meio das terras da tribo de Judá. 2Eram da tribo de Simeão as cidades de Berseba, Seba, Molada, 3Hazar-Sual, Balá, Ezém, 4Eltolade, Betul, Horma, 5Ziclague, Bete-Marcabote, Hazar-Susa, 6Bete-Lebaote e Saruém. Ao todo treze cidades, mais os povoados vizinhos.

7Também eram dessa tribo Aim, Rimom, Eter e Asã. Ao todo quatro cidades com os seus povoados.

8Pertenciam ainda à tribo de Simeão todos os povoados vizinhos dessas cidades até Baalate-Ber, isto é, Ramá do Sul. Estas foram as terras que as famílias da tribo de Simeão receberam como sua propriedade.

19.2-8
1Cr 4.28-33
9A parte da tribo de Simeão foi tirada das terras de Judá. As terras dadas a Judá eram grandes demais para essa tribo, de modo que a de Simeão recebeu parte delas.

As terras da tribo de Zebulom

10A terceira distribuição de terras foi feita para as famílias da tribo de Zebulom. Elas receberam terras que iam até Saride. 11A sua divisa subia na direção oeste até Marala, passava por Dabasete e chegava ao riacho que fica a leste de Jocneão. 12Do outro lado de Saride, seguia para o leste até a divisa com Quislote-Tabor, passava por Daberate e, subindo, chegava até Jafia. 13Continuava na direção leste até Gate-Hefer e Ete-Cazim, virando para o lado de Neia, pelo caminho de Rimom. 14No Norte a divisa virava para o lado de Hanatom, terminando no vale de Iftael. 15Das terras de Zebulom também faziam parte Catate, Naalal, Sinrom, Idala e Belém. Ao todo doze cidades, mais os seus povoados. 16Essas cidades e povoados estavam nas terras que as famílias da tribo de Zebulom receberam como sua propriedade.

As terras da tribo de Issacar

17A quarta distribuição de terras foi feita para as famílias da tribo de Issacar. 18As suas terras incluíam as cidades de Jezreel, Quesulote, Suném, 19Hafaraim, Seom, Anacarate, 20Rabite, Quisião, Ebes, 21Remete, En-Ganim, En-Hada e Bete-Pasês. 22A divisa passava por Tabor, Saazima e Bete-Semes, terminando no rio Jordão. Faziam parte das terras de Issacar dezesseis cidades, mais os seus povoados. 23Essas cidades e os seus povoados estavam nas terras que as famílias da tribo de Issacar receberam como sua propriedade.

As terras da tribo de Aser

24A quinta distribuição de terras foi feita para as famílias da tribo de Aser. 25Essas terras incluíam as cidades de Helcate, Hali, Betém, Acsafe, 26Alameleque, Amade e Misal. No lado oeste a divisa chegava ao monte Carmelo e Sior-Libnate. 27Depois virava para o leste até Bete-Dagom, passava por Zebulom e pelo vale de Iftael e ia para o norte até Bete-Emeque e Neiel. Continuava para o norte até as cidades de Cabul, 28Ebrom, Reobe, Hamom e Caná, chegando até a grande Sidom. 29A divisa então virava para o lado de Ramá, chegando a Tiro, a cidade cercada de muralhas. Daí virava para o lado de Hosa e terminava no mar Mediterrâneo. Das terras de Aser também faziam parte Maalabe, Aczibe, 30Umá, Afeca e Reobe. Ao todo vinte e duas cidades, mais os seus povoados. 31Essas cidades e os seus povoados estavam nas terras que as famílias da tribo de Aser receberam como sua propriedade.

As terras da tribo de Naftali

32A sexta distribuição de terras foi feita para as famílias da tribo de Naftali. 33A sua divisa começava em Helefe, desde o carvalho de Zaananim, e ia de Adami-Nequebe e Jabneel até Lacum, terminando no rio Jordão. 34A divisa virava para o oeste e ia até Aznote-Tabor; daí seguia até Hucoque, chegando até Zebulom ao sul, até Aser a oeste e até Judá a leste, no rio Jordão. 35As cidades protegidas por muralhas eram Zidim, Zer, Hamate, Racate, Quinerete, 36Adamá, Ramá, Hazor, 37Quedes, Edrei, En-Hazor, 38Irom, Migdalel, Horém, Bete-Anate e Bete-Semes. Ao todo dezenove cidades, mais os seus povoados. 39Essas cidades e os seus povoados estavam nas terras que as famílias da tribo de Naftali receberam como sua propriedade.

As terras da tribo de Dã

40A sétima distribuição de terras foi feita para as famílias da tribo de Dã. 41As suas terras incluíam as cidades de Zora, Estaol, Ir-Semes, 42Saalabim, Aijalom, Itla, 43Elom, Timna, Ecrom, 44Elteque, Gibetom, Baalate, 45Jeúde, Benê-Beraque, Gate-Rimom, 46Me-Jarcom, Racom e as terras que ficam em frente da cidade de Jope. 47Quando os descendentes de Dã perderam as suas terras, eles foram a Laís e a atacaram. Tomaram a cidade e mataram os seus moradores. Então tomaram posse da terra e passaram a morar nela. Mudaram o nome da cidade de Laís para Dã, que era o nome do fundador da tribo.

19.47
Jz 18.27-29
48Essas cidades e os seus povoados estavam nas terras que as famílias da tribo de Dã receberam como sua propriedade.

As terras de Josué

49Quando os israelitas acabaram de fazer a divisão da terra, deram a Josué, filho de Num, uma parte para ser sua propriedade. 50Como o Senhor tinha ordenado, deram a Josué a cidade que ele havia pedido. Essa cidade ficava na região montanhosa de Efraim e se chamava Timnate-Sera. Josué construiu a cidade de novo e passou a morar nela.

51O sacerdote Eleazar, Josué e os chefes das famílias das tribos de Israel fizeram a divisão da terra. Para fazerem essa divisão, consultaram o Senhor, por sorteio, na entrada da Tenda Sagrada, em Siló.

E assim acabaram de repartir a terra.

20

As cidades para fugitivos

Números 35.6-28; Deuteronômio 4.41-43; 19.1-13

201O Senhor Deus ordenou a Josué:

2— Diga ao povo de Israel: “Escolham algumas cidades para fugitivos. Eu falei dessas cidades a vocês por meio de Moisés. 3A pessoa que, sem querer ou por engano, matar alguém poderá fugir para uma dessas cidades, para escapar do parente da vítima, que está procurando vingança. 4O fugitivo irá ao lugar de julgamento na entrada da cidade e explicará aos líderes o que aconteceu. Então eles o deixarão ficar na cidade e lhe darão um lugar para morar ali. 5O povo da cidade não entregará o fugitivo ao parente que está procurando vingança. Eles protegerão o fugitivo porque matou alguém sem querer e não por ódio. 6O fugitivo ficará na cidade até ser julgado na presença do povo dali e até que morra o Grande Sacerdote que estiver servindo naquele tempo. Aí poderá voltar para a sua cidade, a cidade de onde fugiu.”

7Como cidades para fugitivos escolheram Quedes, na Galileia, na região montanhosa de Naftali; Siquém, na região montanhosa de Efraim; e Quiriate-Arba (ou Hebrom), na região montanhosa de Judá. 8A leste do rio Jordão, no planalto a leste de Jericó, no deserto, escolheram Bezer, da tribo de Rúben; Ramote, em Gileade, da tribo de Gade; e Golã, em Basã, da tribo de Manassés. 9Estas foram as cidades para fugitivos escolhidas para todo o povo de Israel e para todos os estrangeiros que moravam no meio dos israelitas. Qualquer pessoa que, sem querer, matasse alguém podia encontrar proteção nessas cidades. Essa pessoa não podia ser morta pelo parente que procurava vingança. Ela era julgada ali na presença do povo da cidade.

20.1-9
Nm 35.6-32
Dt 4.41-43
19.1-13