Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
35

Terceira fala de Eliú

Cap. 35

351Em seguida Eliú disse:

2“Jó, você não tem o direito de dizer

que para Deus você é inocente

3e também não pode perguntar assim:

‘Ó Deus, será que te sentes mal com o meu pecado?

E que vantagem tenho se não pecar?’

4Pois eu vou responder a você

e também aos seus amigos.

Suas faltas não prejudicam a Deus, mas os outros

5“Olhe para o céu e veja

como as nuvens estão muito acima de você.

6Se você peca, isso não atinge a Deus lá no alto;

as suas faltas, por muitas que sejam, não vão prejudicar a Deus.

7Se você faz o bem, não está ajudando a Deus;

ele não precisa de nada que é seu.

8São os outros que sofrem por causa dos pecados que você comete;

e também são eles que são ajudados quando você pratica o bem.

35.6-8
Jó 22.2-3

9“Os homens, quando são perseguidos por todos os lados,

gemem e gritam, pedindo que alguém os livre das mãos dos poderosos;

10porém não voltam para Deus, o seu Criador,

que dá forças nas horas mais escuras.

11Eles não voltam para Deus, que os torna sábios,

mais sábios do que as aves e os animais.

12Eles gritam por socorro, mas Deus não responde

porque são orgulhosos e maus.

13Mas é falso dizer que Deus não ouve

ou que o Todo-Poderoso não vê.

Você não sabe o que está dizendo

14“Jó, você diz que não pode ver a Deus;

mas espere com paciência, pois a sua causa está com ele.

15Você pensa que Deus não castiga,

que ele não presta muita atenção no pecado.

16Não adianta nada continuar o seu discurso;

você fala muito, porém não sabe o que está dizendo.”

36

Quarta fala de Eliú

Caps. 36—37

361Eliú continuou a falar. Ele disse:

2“Jó, tenha um pouco mais de paciência,

pois ainda vou lhe mostrar que tenho outras coisas a dizer a favor de Deus.

3Usarei os meus profundos conhecimentos

para mostrar que Deus, o meu Criador, é justo.

4Tudo o que vou dizer é verdade;

quem está falando com você é realmente um sábio.

Deus protege e Deus castiga

5“Como Deus é poderoso!

Ele não despreza ninguém.

Deus sabe todas as coisas.

6Ele não deixa que os maus continuem vivendo

e sempre trata os pobres com justiça.

7Deus protege os homens corretos,

deixa que eles governem como reis

e assim tenham uma alta posição para sempre.

8Mas, se alguns são presos com correntes

ou são amarrados com as cordas dos sofrimentos,

9então Deus lhes mostra que isso é por causa do que fizeram,

que é o castigo pelos seus pecados e pelo seu orgulho.

10Deus faz com que escutem os seus avisos

e manda que abandonem o pecado.

11Se obedecem a Deus e o adoram,

então têm paz e prosperidade até o fim da vida.

12Mas, se não se importam com Deus,

então morrem na ignorância,

atravessam o rio e entram no mundo dos mortos.

13“Aqueles que têm um coração perverso guardam raiva

e, mesmo quando são castigados, não clamam pedindo socorro.

14Desonram o seu corpo entre si

e morrem em plena mocidade.

15Mas Deus nos ensina por meio do sofrimento

e usa a aflição para abrir os nossos olhos.

Você está sofrendo por causa da sua maldade

16“Jó, Deus o livrou dos perigos

e o deixou viver em segurança.

À sua mesa sempre se comeu do bom e do melhor.

17Mas você foi julgado e condenado

e agora está recebendo o castigo que merece.

18Cuidado, não aceite dinheiro para torcer a justiça,

não deixe que as muitas riquezas o seduzam.

19Não adianta nada gritar pedindo socorro;

todo o seu poder não tem nenhum valor agora.

20Não fique desejando que chegue a noite

em que as nações serão destruídas.

21Você está sofrendo por causa da sua maldade;

cuidado, não se volte para ela!

Como é grande o poder de Deus!

22“Como é grande o poder de Deus!

Quem é capaz de governar tão bem como ele?

23Ninguém pode dar ordens a Deus,

nem acusá-lo de praticar o mal.

24O mundo inteiro o louva pelo que ele faz,

e você também não esqueça de louvá-lo.

25Mesmo de longe todos nós vemos e admiramos

o que Deus está fazendo.

26Ele é grande demais para que o possamos conhecer;

nós não podemos calcular quantos anos já viveu.

O poder e a majestade de Deus

27“Deus faz com que a água da terra suba para um depósito

e depois a transforma em gotas de chuva.

28As nuvens derramam a água,

que cai em aguaceiros sobre a terra.

29Quem entende o movimento das nuvens

ou o barulho dos trovões no céu, onde Deus mora?

30Deus espalha relâmpagos em volta de si,

mas o fundo do mar continua escuro.

31É assim que Deus alimenta os povos

e lhes dá comida à vontade.

32Ele pega o raio com as mãos

e manda que atinja o alvo.

33O gado sente que a tempestade está perto,

e o trovão avisa que ela vem aí.

37

371A tempestade me faz bater o coração,

como se ele fosse pular para fora do peito.

2Escutem o estrondo da voz de Deus,

o trovão que sai da sua boca.

3Ele solta relâmpagos por todos os lados do céu

e de uma ponta da terra até a outra.

4Então ouve-se o rugido da sua voz,

o forte barulho do trovão;

e durante todo o tempo os relâmpagos não param de cair.

5Deus troveja com a sua voz maravilhosa;

ele faz grandes coisas que não podemos compreender.

6Deus manda que caia neve sobre a terra

e também fortes pancadas de chuva.

7Assim, faz com que as pessoas fiquem em casa, sem poderem trabalhar,

para que todos saibam que é ele quem age.

8Os animais entram nas suas tocas

e ali ficam escondidos.

9As tempestades violentas vêm do Sul,

e o frio vem do Norte.

10O sopro de Deus congela as águas,

que assim ficam cobertas de gelo.

11Deus enche de água as nuvens,

e elas lançam os relâmpagos.

12Seguindo a ordem de Deus,

as nuvens se espalham em todas as direções.

Elas fazem tudo o que Deus manda,

em toda parte, no mundo inteiro.

13Deus faz cair chuva sobre a terra

ou para castigar a gente

ou para mostrar que tem amor por nós.

O infinito conhecimento de Deus

14“Jó, pare um instante e escute;

pense nas coisas maravilhosas que Deus faz.

15Será que você sabe como Deus dá a ordem

para que os relâmpagos saiam brilhando das nuvens?

16Você sabe como as nuvens ficam suspensas no ar?

Isso é uma prova do infinito conhecimento de Deus.

17Será que você, que fica sufocado de calor na sua roupa,

antes de vir a tempestade de areia trazida pelo vento sul,

18será que você pode ajudar Deus a estender o céu

e fazer com que fique duro como uma placa de metal fundido?

19Ensine-nos o que devemos dizer a ele,

pois não somos capazes de pensar com clareza.

20Eu não teria o atrevimento de discutir com Deus,

pois isso seria pedir que ele me destruísse.

21“Não é possível ver o sol quando está escondido pelas nuvens;

mas ele brilha de novo, depois que o vento passa e limpa o céu.

22No Norte vemos uma luz dourada,

e a glória de Deus nos enche de profunda admiração.

23Não podemos compreender o Todo-Poderoso,

o Deus de grande poder.

A sua justiça é infinita,

e ele não persegue ninguém.

24Por isso, as pessoas o temem,

e ele não dá importância aos que acham que são sábios.”

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]