Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
47

Babilônia é conquistada

471O Senhor diz:

“Babilônia, desça do seu trono

e sente-se no pó.

Você era como uma virgem,

bela, delicada e mimada;

mas nunca mais será assim.

2Agora, você é uma escrava:

pegue o moinho e comece a moer a farinha.

Tire o véu, levante a saia

e, de pernas de fora, atravesse os rios47.2 Possível referência à ida ao cativeiro..

3Todos a verão sem roupa,

completamente nua47.3 Naquele tempo a nudez em público era o cúmulo da vergonha e da desgraça..

Eu vou me vingar de você,

e ninguém poderá me impedir.”

4O nosso Salvador é o Senhor Todo-Poderoso,

o Santo Deus de Israel.

5Ele diz à Babilônia:

“Sente-se e fique calada;

vá para um lugar escuro,

pois nunca mais você será chamada

de ‘Rainha das Nações’.

6Eu estava irado com o meu povo,

o meu povo escolhido;

por isso, o humilhei

e o entreguei nas suas mãos.

Mas você não foi bondosa com ele;

pelo contrário, tratou até mesmo os velhos com crueldade.

7Você imaginou que seria rainha para sempre

e não levou a sério o que estava acontecendo,

nem pensou como tudo ia acabar.

8Você ama a imoralidade

e pensa que não corre nenhum perigo.

Você diz assim:

‘Não há ninguém tão importante como eu;

não há ninguém igual a mim.

Nunca ficarei viúva, nem perderei nenhum dos meus filhos.’

“Mas agora escute o que eu lhe digo:

9Eu sei que você sabe fazer despachos

e que as suas feitiçarias são poderosas;

mas tudo isso não adiantará nada.

De repente, no mesmo dia,

você vai ficar viúva e vai perder os filhos.

47.8-9
Ap 18.7-8

10Você se sentia segura na sua maldade

e imaginava que ninguém via o que você estava fazendo.

Foram a sua sabedoria e o seu conhecimento que a enganaram.

Você pensava assim:

‘Não há ninguém tão importante como eu.’

11Por isso, cairá a desgraça sobre você,

e as suas feitiçarias não valerão nada.

A sua destruição está chegando,

e não haverá jeito de escapar dela.

Será uma desgraça como você não imaginava

e virá quando você menos estiver esperando.

12Fique com os despachos e as feitiçarias

que você tem praticado desde que era jovem.

É possível que eles a ajudem

e que com eles você assuste os seus inimigos.

13Apesar de todos os conselheiros que tem,

você não poderá escapar.

Que os seus astrólogos se apresentem e a ajudem!

Eles estudam o céu e ficam olhando para as estrelas

a fim de dizer, todos os meses,

o que vai acontecer com você.

14Pois eles são como palha;

o fogo os destruirá,

e eles não poderão se salvar.

Pois este não é um foguinho

daqueles que a gente faz para se esquentar,

sentando-se bem perto dele.

15É isso o que acontecerá com os seus adivinhos,

com os quais você tem lidado toda a sua vida.

Todos eles irão embora,

cada um seguindo o seu próprio caminho;

nenhum deles poderá salvar você.”

47.1-15
Is 13.1—14.23
Jr 50.1—51.64