Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
18

Jetro visita Moisés

181Jetro, o sacerdote de Midiã e sogro de Moisés, soube de tudo o que Deus havia feito por Moisés e pelo povo de Israel. E soube também como o Senhor havia tirado do Egito os israelitas. 2Então ele foi para o lugar onde Moisés estava, levando Zípora, a mulher de Moisés. Moisés havia mandado Zípora e os dois filhos dela para a casa de Jetro. 3O nome de um deles era Gérson18.3 Ver Êx 2.22, nota., pois Moisés tinha dito: “Sou hóspede em terra estrangeira.”

18.2-3
Êx 2.21-22
4O nome do outro era Eliézer18.4 Eliézer em hebraico soa parecido com a sentença que quer dizer “Deus me ajuda”., pois Moisés tinha dito: “O Deus do meu pai me ajudou e não deixou que eu fosse morto pelo rei do Egito.”
18.3-4
At 7.29

5Jetro, o sogro de Moisés, foi com a mulher e os dois filhos de Moisés para o deserto onde Moisés estava acampado, no monte sagrado18.5 Ver Êx 4.27, nota.. 6Ele havia mandado um recado a Moisés, dizendo que estava chegando, com a mulher e os filhos dele. 7Então Moisés saiu para se encontrar com Jetro, curvou-se em sinal de respeito e o beijou. Cada um perguntou ao outro se ia bem de saúde, e depois eles entraram na barraca de Moisés. 8Ele contou ao sogro tudo o que o Senhor Deus, por causa do seu amor pelo povo de Israel, tinha feito com o rei do Egito e com os egípcios. Falou também a respeito das dificuldades que o povo havia tido no caminho e como o Senhor os havia socorrido. 9Jetro ficou muito contente com tudo o que o Senhor havia feito pelo povo de Israel, tirando-o do Egito. 10E disse:

— Louvado seja o Senhor Deus, que libertou vocês das mãos dos egípcios e do seu rei! 11Agora sei que o Senhor é mais poderoso do que todos os deuses, pois livrou os israelitas do poder dos egípcios, quando eles os trataram com tanto desprezo.

12Em seguida Jetro trouxe uma oferta para ser completamente queimada e animais para serem mortos como sacrifício a Deus. Arão e todos os líderes do povo de Israel foram com ele para comer a refeição sagrada.

Moisés escolhe ajudantes

Deuteronômio 1.9-18

13No dia seguinte Moisés sentou-se para julgar as questões do povo e ficou ocupado desde a manhã até a noite. 14Quando Jetro viu tudo o que Moisés estava fazendo, perguntou:

— Por que você está agindo assim? Por que está resolvendo sozinho os problemas do povo, com todas essas pessoas em pé ao seu redor, desde a manhã até a noite?

15Moisés respondeu:

— Eu tenho de fazer isso porque as pessoas vêm falar comigo para saber o que Deus quer. 16Quando duas pessoas têm uma questão, elas vêm falar comigo para que eu resolva quem está certo. E explico os mandamentos e as leis de Deus a todos.

17Então Jetro disse:

— O que você está fazendo não está certo. 18Desse jeito você vai ficar cansado demais, e o povo também. Isso é muito trabalho para você fazer sozinho. 19Agora escute o meu conselho, e Deus o ajudará. Está certo que você represente o povo diante de Deus e também que leve a ele os problemas deles. 20Você deve ensinar-lhes as leis de Deus e explicar o que devem fazer e como devem viver. 21Mas você deve escolher alguns homens capazes e colocá-los como chefes do povo: chefes de mil, de cem, de cinquenta e de dez. Devem ser homens que temam a Deus, que mereçam confiança e que sejam honestos em tudo. 22Serão eles que sempre julgarão as questões do povo. Os casos mais difíceis serão trazidos a você, mas os mais fáceis eles mesmos poderão resolver. Assim será melhor para você, pois eles o ajudarão nesse trabalho pesado. 23Se você fizer isso, e se for essa a ordem de Deus, você não ficará cansado, e todas essas pessoas poderão ir para casa com as suas questões resolvidas.

24Moisés aceitou o conselho de Jetro 25e escolheu homens capazes entre todos os israelitas. Ele os colocou como chefes de mil, de cem, de cinquenta e de dez. 26Eles sempre julgaram as questões do povo, resolvendo as mais fáceis e trazendo para Moisés as mais difíceis.

27Então Moisés se despediu de Jetro, e Jetro voltou para casa.

19

A aliança feita ao pé do monte Sinai

Êxodo 24.1-8

191-2Os israelitas partiram de Refidim. E, no dia primeiro do terceiro mês depois de terem saído do Egito, chegaram ao deserto do Sinai. Eles armaram o acampamento ao pé do monte Sinai. 3E Moisés subiu o monte para se encontrar com Deus.

E do monte o Senhor Deus o chamou e lhe disse:

— Diga aos descendentes de Jacó, os israelitas, o seguinte: 4“Vocês viram com os seus próprios olhos o que eu, o Senhor, fiz com os egípcios e como trouxe vocês para perto de mim como se fosse sobre as asas de uma águia. 5Agora, se me obedecerem e cumprirem a minha aliança vocês serão o meu povo. O mundo inteiro é meu, mas vocês serão o meu povo, escolhido por mim.

19.5
Dt 4.20
7.6
14.2
26.18
Tt 2.14
6Vocês são um povo separado somente para mim e me servirão como sacerdotes.” É isso o que você dirá aos israelitas.
19.5-6
1Pe 2.9
19.6
Ap 1.6
5.10

7Então Moisés foi, chamou os líderes do povo e contou tudo o que o Senhor lhe havia ordenado. 8Então todos responderam ao mesmo tempo:

— Nós faremos tudo o que o Senhor ordenou.

E Moisés levou essa resposta ao Senhor.

9Ele disse a Moisés:

— Eu vou falar com você numa nuvem escura para que o povo possa ouvir a nossa conversa e para que, daqui em diante, sempre confie em você.

Moisés contou a Deus, o Senhor, o que o povo havia respondido, 10e o Senhor lhe disse:

— Vá falar ao povo e mande que eles passem o dia de hoje e de amanhã purificando-se para me adorar. Eles devem lavar as suas roupas 11e se aprontar para depois de amanhã. Nesse dia eu descerei sobre o monte Sinai, onde todo o povo poderá me ver. 12Marque limites em volta da montanha, para que o povo não passe dali, e diga-lhes que não subam o monte, nem cheguem perto dele. Se alguma pessoa puser o pé nele, deverá ser morta. 13Ninguém deverá tocar nessa pessoa; ela será morta a pedradas ou com flechas. Isso deve ser feito tanto com pessoas como com animais. Porém, quando a trombeta tocar, o povo poderá subir o monte.

19.12-13
Hb 12.18-20

14Então Moisés desceu do monte e mandou que o povo se purificasse para adorar a Deus. E todos lavaram as suas roupas. 15Aí Moisés disse:

— Fiquem prontos para depois de amanhã e até lá não tenham relações sexuais.

16Na manhã do terceiro dia houve trovoadas e relâmpagos, uma nuvem escura apareceu no monte, e ouviu-se um som muito forte de trombeta. E todo o povo que estava no acampamento tremeu de medo.

19.16
Ap 4.5
17Moisés os levou para fora do acampamento a fim de se encontrarem com Deus, e eles ficaram parados ao pé do monte. 18Todo o monte Sinai soltava fumaça, pois o Senhor havia descido sobre ele no meio do fogo. A fumaça subia como se fosse a fumaça de uma fornalha, e todo o povo tremia muito.
19.16-18
Dt 4.11-12
19O som da trombeta foi ficando cada vez mais forte. Moisés falou, e Deus respondeu no barulho do trovão. 20O Senhor desceu no alto do monte Sinai e chamou Moisés para que fosse até lá. Moisés subiu, 21e o Senhor lhe disse:

— Desça e avise ao povo que não passe os limites para chegar perto a fim de me ver. Se passarem, muitos deles morrerão. 22Avise também os sacerdotes que eles devem se purificar a fim de poderem chegar perto de mim. Se não se purificarem, eu os matarei.

23Moisés disse a Deus, o Senhor:

— O povo não poderá subir o monte, pois tu nos mandaste respeitar este monte como lugar sagrado e mandaste também marcar limites em volta dele.

24Então o Senhor respondeu:

— Desça e depois volte com Arão. Porém os sacerdotes e o povo não devem passar os limites a fim de subir até o lugar onde estou. Se fizerem isso, eu os matarei.

25Aí Moisés desceu até o lugar onde o povo estava e contou o que Deus tinha dito.

20

Os dez mandamentos

Deuteronômio 5.1-21

201Deus falou, e foi isto o que ele disse:

2— Meu povo, eu, o Senhor, sou o seu Deus. Eu o tirei do Egito, a terra onde você era escravo.

3— Não adore outros deuses; adore somente a mim.

4— Não faça imagens de nenhuma coisa que há lá em cima no céu, ou aqui embaixo na terra, ou nas águas debaixo da terra20.4 Estas águas referem-se ao imenso oceano subterrâneo (ver Gn 1.6-8; 7.11).. 5Não se ajoelhe diante de ídolos, nem os adore, pois eu, o Senhor, sou o seu Deus e não tolero outros deuses. Eu castigo aqueles que me odeiam, até os seus bisnetos e trinetos.

20.4-5
Êx 34.17
Lv 19.4
26.1
Dt 4.15-18
27.15
6Porém sou bondoso com aqueles que me amam e obedecem aos meus mandamentos e abençoo os seus descendentes por milhares de gerações.
20.5-6
Êx 34.6-7
Nm 14.18
Dt 7.9-10

7— Não use o meu nome sem o respeito que ele merece; pois eu sou o Senhor, o Deus de vocês, e castigo aqueles que desrespeitam o meu nome.

20.7
Lv 19.12

8— Guarde o sábado, que é um dia santo.

20.8
Êx 16.23-30
31.12-14
9Faça todo o seu trabalho durante seis dias da semana; 10mas o sétimo dia da semana é o dia de descanso, dedicado a mim, o Senhor, seu Deus. Não faça nenhum trabalho nesse dia, nem você, nem os seus filhos, nem as suas filhas, nem os seus escravos, nem as suas escravas, nem os seus animais, nem os estrangeiros que vivem na terra de vocês.
20.9-10
Êx 23.12
31.15
34.21
35.2
Lv 23.3
11Em seis dias eu, o Senhor, fiz o céu, a terra, o mar e tudo o que há neles, mas no sétimo dia descansei. Foi por isso que eu, o Senhor, abençoei o sábado e o separei para ser um dia santo.
20.11
Gn 2.1-3
Êx 31.17

12— Respeite o seu pai e a sua mãe, para que você viva muito tempo na terra que estou lhe dando.

20.12 a
Dt 27.16
Mt 15.4
19.19
Mc 7.10
10.19
Lc 18.20
Ef 6.2

13— Não mate.

20.13
Gn 9.6
Lv 24.17
Mt 5.21
19.18
Mc 10.19
Lc 18.20
Rm 13.9
Tg 2.11

14— Não cometa adultério.

20.14
Lv 20.10
Mt 5.27
19.18
Mc 10.19
Lc 18.20
Rm 13.9
Tg 2.11

15— Não roube.

20.15
Lv 19.11
Mt 19.18
Mc 10.19
Lc 18.20
Rm 13.9

16— Não dê testemunho falso contra ninguém.

20.16
Êx 23.1
Mt 19.18
Mc 10.19
Lc 18.20

17— Não cobice a casa de outro homem. Não cobice a sua mulher, os seus escravos, o seu gado, os seus jumentos ou qualquer outra coisa que seja dele.

20.17
Rm 7.7
13.9

O povo fica com medo

Deuteronômio 5.23-33

18O povo ouviu os trovões e o som da trombeta e viu os relâmpagos e a fumaça que saía do monte. Então eles tremeram de medo e ficaram de longe. 19E disseram a Moisés:

— Se você falar, nós ouviremos; mas, se Deus falar conosco, nós seremos mortos.

20.18-19
Hb 12.18-19

20Então Moisés respondeu:

— Não tenham medo, pois Deus só quer pôr vocês à prova. Ele quer que vocês continuem a temê-lo a fim de que não pequem.

21E o povo ficou em pé de longe, e somente Moisés chegou perto da nuvem escura onde Deus estava.

Leis a respeito dos altares

22Então o Senhor ordenou que Moisés dissesse aos israelitas o seguinte:

— Vocês viram que lá do céu eu lhes falei. 23Não façam deuses de prata ou de ouro para adorá-los ao mesmo tempo que vocês adoram a mim. 24Façam um altar de terra para mim e em cima dele ofereçam as suas ovelhas e os seus bois como sacrifícios que serão completamente queimados e como ofertas de paz. Eu separarei lugares para que neles vocês me adorem, e nesses lugares eu me encontrarei com vocês e os abençoarei. 25Se fizerem um altar de pedras para mim, não usem pedras cortadas com ferramentas. Pois na construção do meu altar não poderão ser usadas pedras cortadas com ferramentas.

20.25
Dt 27.5-7
Js 8.31
26Não façam o meu altar com degraus; porque, se fizerem, a nudez de vocês vai aparecer ali.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]