Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
23

Pessoas que não podem fazer parte do povo de Deus

231Moisés disse ao povo:

— Nenhum homem castrado ou que tenha o membro cortado poderá fazer parte do povo de Deus, o Senhor.

2— Nenhum filho ilegítimo fará parte do povo do Senhor, nem ele nem os seus descendentes até dez gerações.

3— Nenhum amonita ou moabita, até a décima geração, fará parte do povo de Deus, o Senhor. Eles ficarão de fora 4porque, quando vocês estavam saindo do Egito, eles não lhes deram comida nem água. E também porque pagaram Balaão, filho de Beor, da cidade de Petor, na Mesopotâmia, para amaldiçoar vocês.

23.4
Nm 22.1-6
5Mas o Senhor, nosso Deus, não atendeu o pedido de Balaão; pelo contrário, Deus virou a maldição em bênção porque ama vocês.
23.3-5
Ne 13.1-2
23.5
Nm 23.7—24.9
6Nunca façam coisa alguma para o bem ou proveito desses povos.

7— Não desprezem os edomitas, pois eles são seus parentes23.7 Ver Dt 2.4, nota.; nem desprezem os egípcios, pois vocês viveram como estrangeiros na terra deles. 8Dos netos em diante, os descendentes dos edomitas e dos egípcios que morarem na terra de vocês poderão fazer parte do povo de Deus.

Limpeza no acampamento

9— Quando estiverem acampados durante uma guerra, procurem evitar qualquer coisa que os torne impuros. 10Se durante a noite alguém ficar impuro por causa da perda de esperma, sairá do acampamento de manhã. 11À tarde tomará um banho e ao pôr do sol poderá voltar ao acampamento.

12— Arranjem um lugar fora do acampamento onde poderão fazer necessidade. 13Junto com as suas armas levem uma pá e, antes de fazer necessidade, cavem um buraco e depois cubram as fezes com terra.

14— O Senhor, nosso Deus, está presente no acampamento com vocês, para protegê-los e para fazer com que vocês derrotem os inimigos. Portanto, conservem o acampamento puro a fim de que Deus não encontre nele nenhuma coisa que o ofenda, para que ele não os abandone e vá embora.

Diversas leis

15— Se um escravo fugir do dono e vier pedir que você lhe dê proteção, não o entregue ao dono. 16Ele deverá ficar morando em qualquer cidade israelita que quiser e não poderá ser maltratado.

17— Nenhum israelita, mulher ou homem, praticará a prostituição nos templos pagãos23.17 Pensava-se que a prostituição em honra dos deuses da fertilidade nos templos cananeus faria que as terras dessem boas colheitas e que os animais tivessem muitas crias..

23.17
Lv 19.29
18O dinheiro ganho desse modo não poderá ser levado ao Templo do Senhor para pagamento de uma promessa feita ao Senhor, nosso Deus. Deus detesta esse dinheiro.

19— Não cobrem juros quando emprestarem dinheiro, comida ou qualquer outra coisa a um israelita. 20Vocês poderão cobrar juros dos estrangeiros; mas não cobrem de outro israelita, para que o Senhor, nosso Deus, abençoe tudo o que vocês fizerem na terra que vai ser de vocês.

23.19-20
Êx 22.25
Lv 25.36-37
Dt 15.7-11

21— Quando você fizer uma promessa ao Senhor, nosso Deus, não demore a cumpri-la. Deus exige que a promessa seja cumprida; e é pecado deixar de fazer aquilo que você prometeu.

23.21
Nm 30.1-16
Mt 5.33
22Não é pecado deixar de fazer uma promessa a Deus; 23mas, se você, por vontade própria, fizer uma promessa, então deverá cumpri-la sem falta.

24— Quando estiver andando num caminho que atravessa a plantação de uvas de outro israelita, você poderá comer todas as uvas que quiser, porém não carregue uvas num cesto. 25E, quando estiver atravessando o campo de trigo ou de cevada que pertence a outro israelita, você poderá comer todas as espigas que puder colher com as mãos; porém não use uma foice para colher as espigas.

24

A mulher divorciada

241Moisés disse ao povo:

— Pode acontecer que um homem case, mas depois de algum tempo não goste mais da esposa porque há nela alguma coisa que não agrada a ele. Nesse caso ele deve preparar um documento de divórcio, entregá-lo à esposa e mandá-la embora.

24.1
Mt 5.31
19.7
Mc 10.4
2Ela irá, e então poderá acontecer que case com outro homem 3e que este também não goste mais dela e se divorcie; ou então poderá acontecer que ele morra. 4Em qualquer um desses casos, o primeiro marido não poderá casar de novo com essa mulher; ela é impura para ele. Casar de novo com ela seria uma ofensa contra Deus, o Senhor. Portanto, não deixem que se cometa um pecado tão grave assim na terra que o Senhor, nosso Deus, lhes está dando para ser de vocês.

Diversas leis

5— Um homem que tenha casado há pouco tempo ficará livre por um ano do serviço militar e de qualquer outro serviço público. Ele tem o direito de ficar em casa um ano, fazendo com que a sua esposa se sinta feliz.

6— Quando você emprestar alguma coisa a alguém, não aceite como garantia de pagamento as duas pedras de moinho que ele usa para moer o trigo e não pegue nem mesmo só a pedra de cima; pois, se ele não tiver as duas, não poderá moer o trigo e assim morrerá de fome.

7— Se alguém raptar outro israelita e obrigá-lo a ser seu escravo ou o vender, esse criminoso será morto. Assim vocês tirarão o mal do meio do povo de Israel.

24.7
Êx 21.16

8— Se você ficar com uma doença contagiosa da pele, siga com todo o cuidado as instruções dos sacerdotes levitas. Obedeça a todas as ordens que eu dei a eles.

24.8
Lv 13.1—14.54
9Não esqueça aquilo que o Senhor, nosso Deus, fez com Míriam quando estávamos saindo do Egito.
24.9
Nm 12.10

10— Quando você emprestar alguma coisa a outro israelita, e ele prometer como garantia de pagamento a capa de dormir, não entre na casa dele a fim de pegar a capa, 11mas espere lá fora até que ele a traga para você. 12Se ele for pobre, não fique com a capa durante a noite; 13devolva-a ao dono antes do pôr do sol, para que a use como cobertor. Ele ficará agradecido, e você terá feito aquilo que o Senhor, nosso Deus, acha certo.

24.10-13
Êx 22.26-27

14— Não explore o empregado pobre e humilde, que é pago por dia, seja ele israelita ou um estrangeiro que mora na cidade onde você vive. 15Pague o salário dele no mesmo dia, antes do pôr do sol, pois ele é pobre e espera ansioso pelo dinheiro. Se você não pagar, ele gritará a Deus, o Senhor, contra você, e você será culpado de pecado.

24.14-15
Lv 19.13

16— Os pais não serão mortos por causa de crimes cometidos pelos filhos, nem os filhos por causa de crimes cometidos pelos pais; uma pessoa será morta somente como castigo pelo crime que ela mesma cometeu.

24.16
2Rs 14.6
2Cr 25.4
Ez 18.20

17— Respeitem os direitos dos órfãos e dos estrangeiros que moram nas cidades de vocês. Não aceitem como garantia de pagamento de uma dívida a roupa da viúva a quem vocês emprestaram alguma coisa. 18Lembrem que vocês foram escravos no Egito e que o Senhor, nosso Deus, os tirou dali. Por isso eu exijo que obedeçam a essa lei.

24.17-18
Êx 23.9
Lv 19.33-34
Dt 27.19

19— Pode acontecer que na colheita do trigo ou da cevada você esqueça de pegar um feixe de espigas; nesse caso, não volte para pegá-lo, mas deixe-o lá no campo para os estrangeiros, para os órfãos e para as viúvas. Assim o Senhor, nosso Deus, abençoará tudo o que você fizer. 20Na colheita das azeitonas, depois que você sacudir as oliveiras, não volte para pegar as azeitonas que ficaram nas árvores; deixe-as para os estrangeiros, para os órfãos e para as viúvas. 21E faça só uma colheita de uvas nas suas plantações; as uvas que ficarem nos pés serão deixadas para os estrangeiros, para os órfãos e para as viúvas.

24.19-21
Lv 19.9-10
23.22
22Lembrem que vocês foram escravos no Egito; é por isso que eu exijo que obedeçam a essa lei.

25

251— Quando dois israelitas tiverem uma questão, levem o caso para ser julgado pelos juízes. Um dos dois será julgado culpado, e o outro, inocente. 2Se o culpado for condenado a receber chicotadas, o juiz o fará deitar-se no chão, e na sua presença o homem será chicoteado, recebendo o número de chicotadas que ele merece, de acordo com o crime que cometeu. 3O máximo que alguém pode receber são quarenta chicotadas; mais do que isso seria humilhar um israelita em público.

25.3
2Co 11.24

4— Não amarre a boca do boi quando ele estiver pisando o trigo25.4 As espigas de trigo eram espalhadas num terreiro, e fazia-se um boi andar sobre elas a fim de tirar os grãos das espigas. Este mandamento permitia ao boi comer das espigas enquanto trabalhava..

25.4
1Co 9.9
1Tm 5.18

O dever de casar com a viúva do irmão

5Moisés disse ao povo:

— Se dois irmãos morarem juntos, e um deles morrer e deixar a esposa sem filhos, a viúva só deverá casar de novo com alguém que seja da família do morto. O irmão do falecido deve casar com a viúva, cumprindo assim o dever de cunhado. 6O primeiro filho que ela lhe der será considerado filho do falecido, para que o seu nome não desapareça de Israel.

25.5-6
Mt 22.24
Mc 12.19
Lc 20.28
7Mas, se o cunhado não quiser casar com a viúva, ela irá ao lugar de julgamento para falar com os líderes da cidade. Ela dirá: “Meu cunhado não quer cumprir o seu dever, casando comigo; ele não quer que o nome do seu irmão fique vivo em Israel.” 8Aí os líderes devem chamar o homem e procurar fazê-lo mudar de ideia. Mas, se ele insistir, dizendo que não quer casar com a cunhada, 9ela chegará perto dele e ali na presença dos líderes tirará uma das sandálias dele, cuspirá no seu rosto e dirá: “É assim que se faz com o homem que não dá ao seu irmão descendentes em Israel.” 10E dali em diante a família dele será chamada de “família do homem que foi descalçado.”
25.7-10
Rt 4.7-8

Outras leis

11— Quando dois homens estiverem lutando, a esposa de um deles não deve chegar e agarrar o membro do outro, a fim de ajudar o marido. 12Não tenham dó nem piedade; cortem a mão da mulher que fizer isso.

13— Não levem na bolsa dois pesos diferentes, um maior do que o outro, 14nem tenham em casa duas medidas diferentes25.13-14 dois pesos diferentes… duas medidas diferentes: O peso e a medida menores seriam usados na venda de produtos; os maiores, na compra., uma maior do que a outra. 15Usem pesos e medidas certos, para que vocês vivam muito tempo na terra que o Senhor, nosso Deus, lhes está dando. 16Ele detesta todos aqueles que fazem essas coisas desonestas.

25.13-16
Lv 19.35-36

Ordem para destruir os amalequitas

17— Lembrem daquilo que os amalequitas fizeram quando vocês estavam saindo do Egito. 18Eles não temeram a Deus e, quando vocês estavam cansados e desanimados, eles os atacaram de surpresa e mataram os mais fracos, que estavam vindo atrás dos outros. 19Portanto, quando o Senhor, nosso Deus, lhes tiver dado a terra que vai ser de vocês e tiver feito com que derrotem todos os inimigos ao seu redor, acabem com os amalequitas. Matem todos, para que ninguém lembre mais deles. Não esqueçam essa ordem!

25.17-19
Êx 17.8-14
1Sm 15.2-9