Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
7

A visão dos gafanhotos

71O Senhor Deus me mostrou numa visão o seguinte: eu vi Deus criar uma praga de gafanhotos. Isso aconteceu quando já começava a crescer o capim que brota depois da colheita que pertence ao rei. 2Quando os gafanhotos acabaram de comer todas as plantas, eu disse a Deus, o Senhor:

— Eu te peço, ó Deus, que nos perdoes. O teu povo é fraco; como poderemos resistir?

3Então ele mudou de ideia e respondeu:

— O que você viu não acontecerá.

A visão do fogo

4O Senhor Deus me mostrou numa visão outra coisa: eu vi que ele estava pronto para castigar o seu povo com fogo. O fogo secou o grande mar que fica debaixo da terra7.4 Referência ao mar subterrâneo de onde, segundo Gn 7.11, brotou grande parte das águas do dilúvio. e estava acabando com as plantações. 5Aí eu disse a Deus, o Senhor:

— Ó Deus, para! O teu povo é fraco; como poderemos resistir?

6Então ele mudou de ideia e respondeu:

— Isso também não acontecerá.

A visão do prumo

7O Senhor me mostrou numa visão isto também: ele estava perto de um muro construído direito, a prumo, e tinha um prumo7.7 Instrumento composto de um pedaço de metal suspenso por um cordão, usado para se levantar um muro na direção vertical. na mão. 8Ele me perguntou:

— Amós, o que é que você está vendo?

— Um prumo! — respondi.

Então ele me disse:

— Eu vou mostrar que o meu povo não anda direito: é como um muro torto, construído fora de prumo. E nunca mais vou perdoar o meu povo. 9Todos os templos e os outros lugares de adoração da terra de Israel serão destruídos, e eu vou acabar com o rei Jeroboão e com os seus descendentes.

Amós e Amazias

10Amazias, o sacerdote de Betel, mandou o seguinte recado a Jeroboão, o rei de Israel:

— Amós está planejando uma revolta contra o senhor no meio do povo. O que ele está dizendo põe o país em perigo. 11Ele anda falando assim: “Jeroboão morrerá numa guerra, e o povo de Israel será levado como prisioneiro para fora do seu país.”

12Depois Amazias disse a Amós:

— Fora daqui, seu profeta! Volte para a sua terra de Judá e ganhe a vida por lá com as suas profecias. 13Pare de profetizar aqui em Betel, pois este é o santuário onde o rei adora, este é o templo principal do país.

14Amós respondeu:

— Não sou profeta por profissão; não ganho a vida profetizando. Sou pastor de ovelhas e também cuido de figueiras. 15Mas o Senhor Deus mandou que eu deixasse os meus rebanhos e viesse anunciar a sua mensagem ao povo de Israel. 16Portanto, escute a mensagem de Deus, o Senhor. Você, Amazias, diz que eu não devo continuar profetizando contra o povo de Israel. 17Mas o Senhor diz a você: “A sua mulher virará prostituta aqui na cidade, e os seus filhos e as suas filhas morrerão na guerra. O seu país será dividido entre outros países, e você morrerá numa terra pagã. E o povo de Israel vai ser levado como prisioneiro para fora da sua terra.”