Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
1

Salomão pede sabedoria a Deus

1Reis 3.4-15

11O rei Salomão, filho de Davi, conseguiu firmar o seu poder como rei de Israel, e o Senhor, seu Deus, o abençoou e fez o seu poder aumentar muito.

2Salomão ordenou a todos os comandantes de mil soldados, aos de cem soldados, às autoridades do governo, aos chefes de família, enfim, a todos os israelitas 3que fossem com ele até o lugar de adoração que ficava em Gibeão. Nessa cidade estava a Tenda da Presença de Deus, que Moisés, servo do Senhor, havia feito no deserto. 4(A arca da aliança estava em Jerusalém, numa barraca que Davi tinha armado quando havia levado a arca de Quiriate-Jearim para Jerusalém.)

1.4
2Sm 6.1-17
1Cr 13.5-14
15.25—16.1
5O altar de bronze, que havia sido feito por Bezalel, filho de Uri e neto de Hur, estava em frente da Tenda Sagrada. O rei Salomão e todo o povo de Israel foram lá para adorar a Deus.
1.5
Êx 38.1-7
6Ali, no altar de bronze, Salomão ofereceu a Deus em sacrifício mil animais, que foram completamente queimados.

7Naquela noite Deus apareceu a Salomão e perguntou:

— O que você quer que eu lhe dê?

8Ele respondeu:

— Tu sempre mostraste um grande amor por Davi, o meu pai, e deixaste que eu ficasse como rei no lugar dele. 9E agora, ó Senhor Deus, cumpre a promessa que fizeste ao meu pai. Já que me fizeste rei de um povo tão numeroso como o pó da terra,

1.9
Gn 13.16
28.14
10dá-me sabedoria e conhecimento para que eu possa governá-lo. Se não for assim, como poderei governar este teu grande povo?

11Deus disse a Salomão:

— Visto que você pediu sabedoria e conhecimento para governar o meu povo, de quem eu fiz você rei, em vez de pedir riquezas, bens, ou honras, ou a morte dos seus inimigos, ou vida longa, 12eu lhe darei sabedoria e conhecimento. E lhe darei também mais riquezas, bens e honras do que qualquer outro rei teve antes de você ou terá depois.

13Então Salomão saiu do lugar de adoração que ficava em Gibeão, onde estava a Tenda Sagrada, e voltou para Jerusalém, onde governou o povo de Israel.

As riquezas de Salomão

1Reis 10.26-29

14Salomão ajuntou mil e quatrocentos carros de guerra e doze mil cavalos de cavalaria. Espalhou uma parte deles por várias cidades e deixou o resto em Jerusalém.

1.14
1Rs 4.26
15Em Jerusalém, durante o seu reinado, a prata e o ouro eram tão comuns como as pedras, e havia tantos cedros como as figueiras bravas que existem nas planícies de Judá. 16Os agentes do rei controlavam a importação de cavalos de Musri e da Cilícia1.16 Musri e Cilícia eram dois antigos países localizados na região que agora faz parte da Turquia, onde havia centros de criação de cavalos.,
1.16
Dt 17.16
17e a importação de carros de guerra do Egito. Esses agentes forneciam cavalos e carros de guerra para os reis heteus e sírios, vendendo cada carro por seiscentas barras de prata e cada cavalo por cento e cinquenta barras de prata.

2

O acordo de Salomão com Hirão

1Reis 5.1-11; 7.13-14

21O rei Salomão resolveu construir um templo para a adoração de Deus, o Senhor, e também um palácio para si mesmo. 2Alistou setenta mil homens para carregarem o material e oitenta mil para cortarem pedras nas montanhas. E colocou três mil e seiscentos chefes para dirigirem o trabalho. 3Depois mandou a Hirão, rei de Tiro, a seguinte mensagem:

“Você vendeu ao meu pai, o rei Davi, cedros para que ele construísse o seu palácio. Agora faça o mesmo comigo. 4Estou pronto para construir um templo onde o Senhor, meu Deus, será adorado. Será um lugar santo, onde queimaremos incenso cheiroso em adoração a Deus e lhe apresentaremos sempre os pães sagrados. Todas as manhãs e todas as tardes, ofereceremos em sacrifício animais que serão completamente queimados; faremos a mesma coisa nos sábados, nas Festas da Lua Nova e nas outras festas em honra do Senhor, nosso Deus. É nossa obrigação fazer isso para sempre. 5Vou construir um Templo enorme, pois o nosso Deus é maior do que todos os outros deuses. 6Mas, se Deus não cabe nem mesmo no céu, que é tão grande, quem pode construir um templo para ele? E quem sou eu para levantar um templo digno de Deus, a não ser que seja um lugar onde se queime incenso em honra dele?

2.6
1Rs 8.27
2Cr 6.18
7Portanto, mande-me um homem que saiba trabalhar em ouro, prata, bronze e ferro; que saiba fazer tecidos de fios de lã púrpura, vermelha e azul e que saiba entalhar madeira. Ele trabalhará em Judá e em Jerusalém com os meus artesãos que foram contratados por Davi, o meu pai. 8Sei que os seus trabalhadores sabem cortar árvores; portanto, mande-me do Líbano madeira de cedro, de pinho e de sândalo. Os meus homens trabalharão junto com os seus, 9a fim de preparar muita madeira, pois o templo que vou construir será grande e maravilhoso. 10Para os seus trabalhadores que vão cortar as árvores eu fornecerei duas mil toneladas de trigo, duas mil toneladas de cevada, quatrocentos mil litros de vinho e quatrocentos mil litros de azeite.”

11Em resposta, o rei Hirão mandou a Salomão a seguinte carta:

“O Senhor Deus ama o seu povo e por isso fez com que você fosse o rei deles. 12Louvado seja o Senhor, o Deus de Israel, o Criador do céu e da terra! Louvado seja Deus, que deu ao rei Davi um filho tão cheio de sabedoria, tão inteligente e prudente, que vai construir um templo para Deus e um palácio para si mesmo! 13E agora eu vou lhe mandar Hurã, um mestre artesão inteligente e capaz. 14A sua mãe pertencia à tribo de Dã, e o seu pai era da cidade de Tiro. Ele trabalha em ouro, prata, bronze, ferro, pedra e madeira; sabe fazer tecidos de linho fino e de fios de lã púrpura, azul e vermelha. É perito também em obras de entalhe e sabe executar qualquer desenho que lhe seja apresentado. Ele trabalhará com os seus artesãos e com os artesãos do rei Davi, o seu ilustre pai. 15Eu peço que você nos mande o trigo, a cevada, o vinho e o azeite que prometeu. 16Nós cortaremos nos montes Líbanos todas as árvores que você precisar. Levaremos as toras até o mar, faremos jangadas com elas e as levaremos por mar até o porto de Jope. Dali você as levará para Jerusalém.”

Os preparativos para a construção do Templo

1Reis 5.13-16

17O rei Salomão fez uma contagem de todos os estrangeiros que moravam em Israel, como Davi, o seu pai, tinha feito. Havia no país cento e cinquenta e três mil e seiscentos estrangeiros. 18Salomão separou setenta mil deles para carregarem o material, oitenta mil para cortarem pedras nas montanhas e três mil e seiscentos como chefes para dirigirem o trabalho.