Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
19

Saul persegue Davi

191Saul contou ao seu filho Jônatas e a todos os seus oficiais que ele planejava matar Davi. Mas Jônatas era muito amigo de Davi 2e por isso lhe disse:

— O meu pai está planejando matar você. Amanhã cedo, tenha cuidado. Esconda-se em algum lugar secreto e fique lá. 3Eu vou esperar pelo meu pai no campo em que você estiver escondido e vou falar com ele a seu respeito. Se descobrir alguma coisa, eu aviso você.

4Então Jônatas elogiou Davi para Saul e disse:

— Meu pai, não faça nenhum mal ao seu servidor Davi, pois ele nunca lhe fez nenhum mal. Pelo contrário, tudo o que ele tem feito tem ajudado bastante o senhor. 5Ele arriscou a própria vida quando matou Golias, e por meio dele o Senhor Deus conquistou uma grande vitória para Israel. O senhor mesmo viu isso e ficou contente. Então, por que o senhor, meu pai, faria mal a um homem inocente, matando Davi sem nenhuma razão?

6Saul atendeu o pedido de Jônatas e jurou em nome do Senhor, o Deus vivo, que Davi não seria morto. 7Então Jônatas chamou Davi e lhe contou tudo. Aí o levou a Saul, e Davi continuou a servir o rei como antes.

8E novamente houve guerra contra os filisteus. Davi os atacou e derrotou tão completamente, que eles fugiram.

9Um dia um espírito mau mandado pelo Senhor dominou Saul. Ele estava sentado em casa, com a lança na mão, e Davi estava ali tocando lira. 10Saul tentou espetar Davi na parede com a sua lança, mas ele se desviou, e a lança ficou fincada na parede. Então Davi correu e escapou.

11Naquela mesma noite Saul mandou alguns homens vigiarem a casa de Davi, para o matarem na manhã seguinte. Mical, a mulher de Davi, o avisou:

— Se você não fugir esta noite, amanhã estará morto.

19.11
Sl 59

12Aí ela desceu Davi por uma janela, e ele correu e escapou. 13Então Mical pegou o ídolo protetor do lar e o deitou na cama. Pôs uma almofada feita de pelo de cabra na cabeça dele e o cobriu.

14Quando os homens de Saul foram pegar Davi, Mical disse que ele estava doente. 15Mas Saul mandou que voltassem lá e que eles mesmos vissem Davi.

— Tragam Davi aqui na sua cama, e eu o matarei! — disse Saul.

16Eles entraram e acharam o ídolo do lar na cama e a almofada de pelo de cabra na cabeça dele. 17Então Saul perguntou a Mical:

— Por que você me enganou assim e deixou o meu inimigo escapar?

Ela respondeu:

— Ele disse que me mataria se eu não o ajudasse a fugir.

18Davi escapou, foi para Ramá e contou a Samuel tudo o que Saul tinha feito contra ele. Depois ele e Samuel foram para a casa dos profetas e ficaram lá.

19Saul ficou sabendo que Davi estava na casa dos profetas, em Ramá, 20e mandou alguns homens lá para prendê-lo. Quando eles chegaram, viram um grupo de profetas profetizando19.20 Ver 1Sm 10.5, nota., e Samuel era o líder. Então o Espírito de Deus dominou os homens de Saul, e eles também começaram a profetizar. 21Quando Saul soube disso, mandou mais mensageiros, e eles também começaram a profetizar. Então mandou mensageiros pela terceira vez, e aconteceu a mesma coisa. 22Aí o próprio Saul foi a Ramá. Quando chegou a um poço grande na cidade de Seco, perguntou onde estavam Samuel e Davi, e lhe disseram que eles estavam na casa dos profetas. 23Enquanto Saul estava indo para lá, o Espírito de Deus o dominou também, e ele foi profetizando por todo o caminho, até chegar à casa dos profetas. 24Lá, tirou a roupa e profetizou na presença de Samuel. E ficou deitado no chão, nu, o dia inteiro e a noite inteira. E foi assim que surgiu o seguinte ditado: “Será que Saul também virou profeta?”

19.24
1Sm 10.11-12