Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
12

A revolta das tribos do Norte

2Crônicas 10.1-19

121Roboão foi até Siquém, onde todo o povo de Israel se havia reunido para fazê-lo rei. 2Jeroboão, filho de Nebate, que havia fugido do rei Salomão e ido para o Egito, soube disso e voltou de lá. 3O povo das tribos do Norte mandou buscá-lo, e foram todos juntos falar com Roboão. Eles disseram:

4— Salomão, o seu pai, nos tratou com dureza e nos fez carregar cargas pesadas. Se o senhor tornar essas cargas mais leves e a nossa vida mais fácil, nós seremos seus servidores.

5Roboão respondeu:

— Voltem daqui a três dias, e aí eu darei a minha resposta.

Então eles foram embora.

6O rei Roboão foi falar com os homens mais velhos, que haviam sido os conselheiros do seu pai, e perguntou:

— Que resposta vocês me aconselham a dar a este povo?

7Eles disseram:

— Se o senhor quiser servir bem a este povo, dê uma resposta favorável ao pedido deles, que eles serão seus servidores para sempre.

8Mas Roboão não seguiu o conselho dos homens mais velhos e foi falar com os jovens que haviam crescido junto com ele e que agora eram os seus conselheiros.

9— Que conselho vocês me dão? — perguntou ele. — O que é que eu digo a este povo que está pedindo que eu torne as suas cargas mais leves?

10Eles responderam:

— Você deve dizer o seguinte: “O meu dedinho é mais grosso do que a cintura do meu pai! 11Ele fez vocês carregarem cargas pesadas; eu vou aumentar o peso ainda mais. Ele castigou vocês com chicotes; eu vou surrá-los com correias.”

12Três dias depois, Jeroboão e todo o povo foram falar de novo com o rei Roboão, como ele havia mandado. 13O rei desprezou o conselho dos homens mais velhos e falou duramente com o povo, 14como os jovens haviam aconselhado. Ele disse:

— O meu pai fez vocês carregarem cargas pesadas; eu vou aumentar o peso ainda mais. Ele castigou vocês com chicotes; eu vou surrá-los com correias.

15Assim o rei Roboão não atendeu o povo. O Senhor Deus fez com que isso acontecesse para confirmar aquilo que ele, por meio do profeta Aías, de Siló, tinha dito a Jeroboão, filho de Nebate.

16Quando os israelitas viram que o rei não ia atender o seu pedido, começaram a gritar:

— Abaixo Davi e a sua família! O que foi que eles já fizeram por nós? Homens de Israel, vamos para casa! Que Roboão cuide de si mesmo!

E assim os israelitas foram para as suas casas,

12.16
2Sm 20.1
17deixando Roboão como rei somente do povo que morava no território da tribo de Judá.

18Então o rei Roboão mandou que Adonirão, o encarregado dos trabalhadores forçados, fosse falar com os israelitas, mas eles o mataram a pedradas. Porém Roboão saltou depressa para o seu carro de guerra e fugiu para Jerusalém.

19Desde aquela época até hoje, o povo de Israel, o Reino do Norte, está revoltado contra os reis descendentes de Davi.

20O povo de Israel soube que Jeroboão havia voltado do Egito. Então eles o convidaram para uma reunião com todo o povo e o fizeram rei de Israel. Somente a tribo de Judá ficou fiel aos descendentes de Davi.

A profecia de Semaías

2Crônicas 11.1-4

21Quando Roboão chegou a Jerusalém, reuniu cento e oitenta mil dos melhores soldados das tribos de Judá e de Benjamim, pois tinha a intenção de sair para lutar contra as tribos do Norte de Israel e ser o rei delas de novo. 22Mas o Senhor falou ao profeta Semaías e mandou 23que desse a Roboão e a todo o povo das tribos de Judá e de Benjamim o seguinte recado: 24“Não ataquem os seus próprios irmãos, o povo de Israel. Voltem todos para casa! Se tudo aconteceu assim, foi porque eu quis.”

Então eles obedeceram à ordem de Deus, o Senhor, e voltaram para casa.

Jeroboão afasta-se de Deus

25O rei Jeroboão, de Israel, cercou de muralhas a cidade de Siquém, na região montanhosa de Efraim, e morou um pouco de tempo ali. Depois saiu e cercou de muralhas a cidade de Penuel. 26-27Então pensou: “Do jeito que as coisas estão, se o meu povo for a Jerusalém oferecer no Templo sacrifícios ao Senhor Deus, os corações deles vão cair para o lado de Roboão, rei de Judá, e eles me matarão.”

28Por isso, ele fez dois touros de ouro e disse ao seu povo:

— Já chega de ir a Jerusalém para adorar a Deus. Povo de Israel, aqui estão os seus deuses, que tiraram vocês do Egito!

12.28
Êx 32.4

29Ele colocou um dos touros de ouro em Betel e o outro em Dã. 30E assim o povo pecou, indo adorar em Betel e em Dã. 31Jeroboão também construiu lugares de adoração no alto dos morros e escolheu para sacerdotes homens que não eram da tribo de Levi.

A adoração em Betel é condenada

32Jeroboão também deu ordem para que houvesse uma festa religiosa no dia quinze do oitavo mês, como a festa12.32 A Festa das Barracas (ver Vocabulário). que se realizava no Reino de Judá. No altar de Betel ele ofereceu sacrifícios aos touros de ouro que havia feito e pôs ali em Betel os sacerdotes que serviam nos lugares de adoração que ele havia construído nos morros. 33No dia quinze do oitavo mês, dia que ele mesmo havia escolhido, foi a Betel e ofereceu um sacrifício no altar, celebrando a festa que havia criado para o povo de Israel.

12.32-33
Lv 23.33-34