Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
1

11Palavra do Senhor que veio a Sofonias, filho de Cusi, filho de Gedalias, filho de Amarias, filho de Ezequias, nos dias de Josias,

1.1
2Rs 22.1—23.30
2Cr 34.1—35.27
filho de Amom, rei de Judá.

Ameaças contra Judá e Jerusalém

2“Certamente consumirei

todas as coisas

sobre a face da terra”,

diz o Senhor.

3“Consumirei as pessoas

e os animais,

consumirei as aves do céu,

os peixes do mar,

e as ofensas

1.3
Ez 14.3-4
com os ímpios.

E exterminarei os seres humanos

da face da terra”,

diz o Senhor.

4“Estenderei a mão contra Judá

e contra todos os moradores

de Jerusalém.

Exterminarei deste lugar

o resto de Baal

e a lembrança

dos ministros dos ídolos

e seus sacerdotes.

5Exterminarei os que

sobre os terraços adoram

o exército do céu

1.5
Jr 19.13

e os que adoram o Senhor

e juram por ele

e também por Milcom.

6Farei desaparecer também

os que deixam de seguir o Senhor

e os que não buscam o Senhor,

1.6
Is 1.4
9.13

nem perguntam por ele.”

O dia da ira do Senhor

7“Calem-se diante

do Senhor Deus,

porque o Dia do Senhor está perto.

O Senhor preparou o sacrifício

1.7
Is 34.6
Jr 46.10

e santificou os seus convidados.

8No dia do sacrifício do Senhor,

hei de castigar as autoridades,

e os filhos do rei,

e todos os que se vestem

como estrangeiros.

9Castigarei também, naquele dia,

todos aqueles que sobem

o pedestal dos ídolos

e enchem de violência e engano

a casa dos seus senhores.”

1.9
Jr 5.27
Am 3.10

10“Naquele dia”,

diz o Senhor,

“se ouvirá um grito

desde o Portão dos Peixes,

e um uivo desde a parte nova da cidade,

e grande lamento desde as colinas.

11Lamentem, moradores

da cidade baixa,

porque todos os comerciantes

serão mortos

e todos os que pesam prata

serão destruídos.

12Naquele tempo, vasculharei

Jerusalém com lanternas

e castigarei aqueles

que estão apegados

à borra do vinho

e dizem no seu coração:

‘O Senhor não faz bem

nem faz mal.’

1.12
Ez 8.12

13Por isso, os bens deles

serão saqueados,

e as suas casas serão destruídas.

Eles construirão casas,

mas não habitarão nelas;

plantarão vinhas,

mas não beberão o vinho.”

1.13
Dt 28.30
Am 5.11
Mq 6.15

14“Está perto

o grande Dia do Senhor;

está perto

e vem chegando depressa.

Atenção!

O Dia do Senhor é amargo,

1.14
Jl 2.11

e nele clamarão até os poderosos.

15Aquele dia será um dia de ira,

dia de angústia e tribulação,

dia de ruína e destruição,

dia de trevas e escuridão,

dia de nuvens e densas trevas,

1.15
Jl 2.2

16dia de toque de trombeta

e gritos de guerra

1.16
Jr 4.19

contra as cidades fortificadas

e contra as torres altas.

17Trarei angústia

sobre as pessoas,

e elas andarão como se estivessem cegas,

1.17
Dt 28.29

porque pecaram contra o Senhor.

O sangue dessas pessoas

será derramado como pó,

e a sua carne será espalhada

como esterco.

1.17
Jr 9.22

18Nem a prata nem o ouro

poderão livrá-las

no dia da ira do Senhor,

1.18
Ez 7.19

mas, pelo fogo do seu zelo,

a terra será consumida.

Porque ele certamente fará

destruição total e repentina

de todos os moradores da terra.”

2

Convite ao arrependimento

21Reúna-se e concentre-se,

ó nação sem pudor,

2.1
Jr 3.3
6.15

2antes que saia o decreto

e o dia se vá como a palha,

antes que venha sobre você

o furor da ira do Senhor,

sim, antes que venha sobre você

o dia da ira do Senhor.

3Busquem o Senhor,

todos vocês,

os humildes da terra,

que cumprem

os seus mandamentos.

Busquem a justiça,

busquem a humildade.

Talvez assim vocês sejam poupados

no dia da ira do Senhor.

2.3
Am 5.6,14-15

Ameaças contra os filisteus

4Porque Gaza será abandonada,

e Asquelom ficará deserta;

Asdode, ao meio-dia, será expulsa,

e Ecrom será desarraigada.

5Ai dos que habitam no litoral,

do povo dos queretitas!

A palavra do Senhor

será contra você,

Canaã, terra dos filisteus.

“Farei com que

você seja destruída,

até que não reste

um morador sequer.”

6O litoral será de pastagens,

com refúgios para os pastores

e currais para os rebanhos.

7O litoral pertencerá

ao remanescente

da casa de Judá.

Ali apascentarão os seus rebanhos

e, ao anoitecer, se deitarão

nas casas de Asquelom;

porque o Senhor, seu Deus,

os visitará

e mudará a sorte deles.

2.4-7
Is 14.29-31
Jr 47.1-7
Ez 25.15-17
Jl 3.4-8
Am 1.6-8
Zc 9.5-7

Ameaças contra Moabe e Amom

8“Ouvi a zombaria de Moabe

e as palavras injuriosas

dos filhos de Amom,

2.8
Jr 49.1-6
Ez 21.28-32
25.1-7
Am 1.13-15

que zombaram do meu povo

e se gabaram

contra o seu território.

9Portanto, tão certo como eu vivo”,

diz o Senhor dos Exércitos,2.9 Em hebraico, Javé Sebaot

o Deus de Israel,

“Moabe será como Sodoma,

2.9
Gn 19.24

e os filhos de Amom,

como Gomorra,

campo de urtigas, poços de sal

e desolação perpétua.

O remanescente do meu povo

os saqueará,

e os sobreviventes da minha nação

tomarão posse

dos seus territórios.”

10Isso lhes sobrevirá

por causa do seu orgulho,

2.10
Is 16.6
Jr 48.29

porque zombaram e se gabaram

contra o povo

do Senhor dos Exércitos.

11O Senhor será terrível

contra eles,

porque aniquilará

todos os deuses da terra.

E todos os povos das nações,

cada um do seu lugar, o adorarão.

2.8-11
Is 15.1—16.14
25.10-12
Jr 48.1-47
Ez 25.8-11
Am 2.1-3

Ameaças contra a Etiópia e a Assíria

12Também vocês, ó etíopes,

2.12
Is 18.1-7

serão mortos pela

espada do Senhor.

13Ele estenderá também

a mão contra o Norte

e destruirá a Assíria;

e fará de Nínive uma desolação

e terra seca como o deserto.

2.13
Na 3.7

14No meio dessa cidade,

repousarão os rebanhos

e todo tipo de animais.

Nos capitéis das colunas

se alojarão

tanto o pelicano como o ouriço.

2.14
Is 34.11

A voz das aves ressoará nas janelas.

Haverá escombros

nos umbrais das portas,

porque o madeiramento de cedro

será arrancado.

15Esta é a cidade

alegre e confiante,

que dizia consigo mesma:

“Eu sou a única,

e não há outra além de mim.”

Como se tornou em desolação,

em pousada de animais!

Todos os que passarem por ela

hão de vaiar

2.15
Jr 19.8
49.17
50.13

e farão gestos de desprezo.

2.13-15
Is 10.5-34
Na 1.1—3.19

3

Ameaças contra Jerusalém

31Ai da cidade opressora,

rebelde e manchada!

2Não atende ninguém,

não aceita disciplina,

3.2
Jr 2.30
5.3

não confia no Senhor,

nem se aproxima do seu Deus.

3Os seus príncipes

são leões rugidores

no meio dela,

os seus juízes

são lobos do anoitecer,

que não deixam os ossos

para serem roídos no dia seguinte.

3.3
Ez 22.27
Hc 1.8

4Os seus profetas

são levianos e falsos.

Os seus sacerdotes

profanam o santuário

e fazem violência à lei.

3.4
Ez 22.26

5O Senhor é justo,

no meio da cidade;

ele não comete injustiça.

3.5
Dt 32.4

Manhã após manhã,

ele traz o seu juízo à luz;

não falha.

Mas o injusto não sabe

o que é vergonha.

3.5
Jr 6.15

6“Exterminei nações.

As suas torres estão destruídas.

Tornei desertas as suas praças,

a ponto de não haver

quem passe por elas.

As suas cidades foram destruídas,

de maneira que não há ninguém,

ninguém que as habite.

7Eu dizia:

‘Certamente você, Jerusalém,

viverá em temor diante de mim

e aceitará a disciplina,

e, assim, a sua morada

não seria destruída,

segundo o que eu

havia determinado.’

Mas eles se tornaram

cada vez mais corruptos

em todos os seus atos.”

A salvação da filha de Jerusalém

8“Portanto, esperem por mim”,

3.8
Sl 27.14
Is 30.18
Hc 2.3

diz o Senhor,

“esperem pelo dia

em que eu me levantar

para tomar o despojo.

Porque a minha resolução

é ajuntar as nações

e congregar os reinos,

para fazer cair sobre eles

a minha indignação

e todo o furor da minha ira.

Porque toda esta terra

será consumida

pelo fogo do meu zelo.”

3.8
Sf 1.18

9“Então darei lábios puros

aos povos,

para que todos invoquem

o nome do Senhor

e o sirvam de comum acordo.

3.9
Sl 22.27
86.9

10Dalém dos rios da Etiópia,

os meus adoradores,

que constituem

a filha da minha dispersão,

me trarão sacrifícios.

11Naquele dia, você não terá

de se envergonhar

de nenhuma das suas rebeliões

contra mim,

porque tirarei do meio de você,

Jerusalém,

os que exultam no seu orgulho,

e você nunca mais se orgulhará

no meu santo monte.

12Mas deixarei no meio de você

um povo modesto e humilde,

que confia no nome do Senhor.

13O remanescente

3.13
Sf 2.7
de Israel

não cometerá injustiça.

3.13
Sf 3.5

Eles não proferirão mentira,

e da sua boca não sairão palavras

enganosas,

3.13
Ap 14.5

porque serão apascentados,

se deitarão,

e não haverá quem os atemorize.”

14Cante, ó filha de Sião!

Grite de alegria, ó Israel!

Alegre-se e exulte

de todo o coração,

ó filha de Jerusalém.

3.14
Zc 9.9

15O Senhor retirou as sentenças

que eram contra você

e afastou os seus inimigos.

O Rei de Israel, o Senhor,

está no meio de você;

você não precisa mais temer

nenhum mal.

16Naquele dia, se dirá a Jerusalém:

“Não tenha medo, ó Sião,

não desfaleçam as suas mãos.”

3.16
Is 35.3-4

17O Senhor, seu Deus,

está no meio de você,

poderoso para salvar.

Ele ficará muito contente

com você.

3.17
Is 62.5
Jr 32.41

Ele a renovará no seu amor,

e se encherá de júbilo

por causa de você.

18“Congregarei

os que estão entristecidos

por se acharem afastados

das festas solenes,

estes que são do seu meio

e sobre os quais pesam afrontas.

19Eis que, naquele tempo,

agirei contra todos

os que a afligem.

Salvarei os que coxeiam

3.19
Mq 4.7

e recolherei os que foram expulsos.

Farei deles um louvor e um nome

em toda a terra

em que foram envergonhados.

20Naquele tempo,

farei com que vocês voltem

e os recolherei.

Certamente farei de vocês

um nome

3.20
Is 56.5
e um louvor

entre todos os povos

da terra,

quando eu restaurar

a sorte de vocês

3.20
Jr 29.14
Jl 3.1
Sf 2.7

diante dos seus próprios olhos”,

diz o Senhor.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]