Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
1

Prefácio e saudação

11Paulo, servo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo, para promover a fé que é dos eleitos de Deus e o pleno conhecimento da verdade segundo a piedade. 2Escrevo na esperança da vida eterna

1.2
Tt 3.7
que o Deus que não pode mentir
1.2
Hb 6.18
prometeu antes dos tempos eternos 3e, no momento oportuno, manifestou a sua palavra mediante a pregação que me foi confiada por ordem de Deus, nosso Salvador,
1.3
1Tm 1.1
2.3
Tt 2.10
3.4
4a Tito,
1.4
2Co 8.23
Gl 2.3
verdadeiro filho, segundo a fé comum.
1.4
2Pe 1.1

Que a graça e a paz, da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Salvador, estejam com você.

Deveres e qualificações dos ministros

5Foi por esta causa que deixei você em Creta: para que pusesse em ordem as coisas restantes, bem como, em cada cidade, constituísse presbíteros,

1.5
At 14.23
conforme prescrevi a você: 6alguém que seja irrepreensível, marido de uma só mulher, que tenha filhos crentes que não são acusados de devassidão, nem são insubordinados.
1.6
1Tm 3.2

7Porque é indispensável que o bispo, por ser encarregado das coisas de Deus,

1.7
1Co 4.1
seja irrepreensível, não arrogante, alguém que não se irrita facilmente, não apegado ao vinho, não violento, nem ganancioso.
1.7
1Tm 3.3
1Pe 5.2
8Pelo contrário, o bispo deve ser hospitaleiro, amigo do bem, sensato, justo, piedoso, deve ter domínio de si, 9ser apegado à palavra fiel, que está de acordo com a doutrina, para que possa exortar pelo reto ensino e convencer os que contradizem este ensino.

Os falsos mestres e as falsas doutrinas

10Porque existem muitos, especialmente os da circuncisão, que são insubordinados, falam coisas sem sentido e enganam os outros. 11É preciso fazer com que se calem, porque andam pervertendo casas inteiras, ensinando o que não devem, movidos por vergonhosa ganância. 12Foi um dos cretenses, um próprio profeta deles, que disse: “Os cretenses são sempre mentirosos, feras terríveis, comilões preguiçosos.”1.12 Afirmação atribuída a Epimênides, poeta cretense do sexto século a.C. 13Este testemunho é verdadeiro. Portanto, repreenda-os severamente, para que sejam sadios na fé

1.13
Tt 2.2
14e não se ocupem com fábulas judaicas,
1.14
1Tm 1.4
4.7
2Tm 4.4
nem com mandamentos de gente que se desvia da verdade.
1.14
Mt 15.9
Cl 2.22
15Todas as coisas são puras para os puros;
1.15
Rm 14.14,20
mas, para os impuros e descrentes, nada é puro. Porque tanto a mente como a consciência deles estão corrompidas. 16Afirmam que conhecem a Deus, mas o negam por meio do que fazem;
1.16
1Jo 2.4
é por isso que são abomináveis, desobedientes e reprovados para qualquer boa obra.
1.16
Tt 2.7,14
3.1,8,14

2

Instruções para várias classes de pessoas crentes

21Mas você ensine o que está de acordo com a sã doutrina.

2.1
1Tm 1.10

2Quanto aos homens idosos, que sejam moderados, respeitáveis, sensatos, sadios na fé, no amor e na perseverança.

3Do mesmo modo, quanto às mulheres idosas, que tenham conduta reverente, não sejam caluniadoras, nem escravizadas a muito vinho. Que sejam mestras do bem, 4a fim de instruírem as jovens recém-casadas a amar o marido e os filhos, 5a serem sensatas, puras, boas donas de casa, bondosas, sujeitas ao marido,

2.5
Ef 5.22
Cl 3.18
para que a palavra de Deus não seja difamada.
2.5
1Tm 5.14

6Do mesmo modo, quanto aos mais jovens, exorte-os para que, em todas as coisas, sejam moderados.

7Seja você mesmo um exemplo de boas obras.

2.7
1Tm 4.12
No ensino, mostre integridade, reverência, 8linguagem sadia e irrepreensível, para que o adversário seja envergonhado, não tendo nada de mau a dizer a nosso respeito.
2.8
1Pe 2.12

9Quanto aos servos,

2.9
1Tm 6.1
1Pe 2.18
que sejam, em tudo, obedientes ao seu senhor, dando-lhe motivo de satisfação. Que não sejam respondões, 10nem furtem, mas que deem prova de toda a fidelidade, a fim de que, em todas as coisas, manifestem a beleza da doutrina de Deus, nosso Salvador.
2.10
1Tm 1.1
2.3
Tt 1.3
3.4

A graça salvadora de Deus

11Porque a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos.

2.11
1Tm 2.4
Tt 3.4
12Ela nos educa para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos neste mundo de forma sensata, justa e piedosa, 13aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória
2.13
1Co 1.7
Fp 3.20
1Tm 6.14
do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo.
2.13
2Pe 1.1
14Ele deu a si mesmo por nós,
2.14
Gl 1.4
1Tm 2.6
a fim de nos remir de toda iniquidade
2.14
Sl 130.8
e purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu,
2.14
Êx 19.5
Dt 7.6
14.2
dedicado à prática de boas obras.
2.14
Tt 1.16
2.7
3.1,8,14

15Ensine estas coisas. Também exorte e repreenda com toda a autoridade. Que ninguém despreze você.

2.15
1Tm 4.12

3

A salvação pela graça leva às boas obras

31Lembre a todos que se sujeitem aos governantes e às autoridades,

3.1
Rm 13.1-7
1Tm 2.1-2
1Pe 2.13
que sejam obedientes e estejam prontos para toda boa obra.
3.1
Tt 1.16
2.7,14
3.8,14
2Que não difamem ninguém. Que sejam pacíficos, cordiais,
3.2
Fp 4.5
dando provas de toda cortesia para com todos. 3Pois nós também, no passado,
3.3
Cl 3.7
éramos insensatos, desobedientes, desgarrados, escravos de todo tipo de paixões e prazeres, vivendo em maldade e inveja, sendo odiados e odiando-nos uns aos outros. 4Mas quando se manifestou
3.4
Tt 2.11
a bondade de Deus, nosso Salvador,
3.4
1Tm 1.1
2.3
Tt 1.3
2.10
e o seu amor por todos, 5ele nos salvou, não por obras de justiça praticadas por nós,
3.5
2Tm 1.9
mas segundo a sua misericórdia. Ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo,
3.5
Jo 3.5
Ef 5.26
1Pe 1.3
3.21
6que ele derramou sobre nós ricamente,
3.6
Jl 2.28
At 2.33
Rm 5.5
por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador, 7a fim de que, justificados por graça,
3.7
Rm 3.24
nos tornemos seus herdeiros,
3.7
Rm 8.17
segundo a esperança da vida eterna.

8Fiel é esta palavra, e quero que você fale ousadamente a respeito dessas coisas, para que os que creem em Deus se empenhem na prática de boas obras.

3.8
Tt 1.16
2.7,14
3.1,14
Estas coisas são excelentes e proveitosas para todas as pessoas. 9Evite discussões tolas, genealogias, controvérsias e debates sobre a lei; porque são inúteis e sem valor.
3.9
2Tm 2.23
10Evite a pessoa que provoca divisões,
3.10
Rm 16.17
depois de admoestá-la uma ou duas vezes, 11pois você sabe que tal pessoa está pervertida, vive pecando e por si mesma está condenada.

Recomendações particulares

12Quando eu lhe enviar Ártemas ou Tíquico,

3.12
At 20.4
Ef 6.21-22
Cl 4.7-8
2Tm 4.12
faça o possível para vir ao meu encontro em Nicópolis. Estou resolvido a passar o inverno ali. 13Ajude, da melhor maneira possível, Zenas, o intérprete da lei, e também Apolo,
3.13
At 18.24
1Co 16.12
para que não lhes falte nada para a viagem. 14E, quanto aos nossos, que aprendam também a se empenhar na prática de boas obras
3.14
Tt 1.16
2.7,14
3.1,8
a favor dos necessitados, para não se tornarem infrutíferos.

Saudações

15Todos os que estão comigo mandam saudações a você. Dê saudações àqueles que nos amam na fé.

Bênção

A graça esteja com todos vocês.