Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)

Humildade e confiança em Deus

Cântico de peregrinação. De Davi

1311Senhor, não é orgulhoso

o meu coração,

nem arrogante o meu olhar.

Não ando à procura

de coisas grandes,

131.1
Jr 45.5

nem de coisas maravilhosas

demais para mim.

2Pelo contrário, fiz calar

e sossegar a minha alma.

Como a criança desmamada

se aquieta nos braços

de sua mãe,

assim é a minha alma

dentro de mim.

3Espere, ó Israel, no Senhor,

131.3
Sl 130.7

desde agora e para sempre.

132

Uma promessa antiga

Cântico de peregrinação

1321Lembra-te, Senhor, de Davi

e de todas as suas provações.

2Lembra-te de como ele jurou

ao Senhor

e fez votos ao Poderoso de Jacó,

dizendo:

3“Não entrarei na tenda

em que moro,

nem me deitarei

no leito em que repouso;

4não darei sono aos meus olhos,

nem repouso às minhas pálpebras,

5enquanto eu não encontrar

um lugar para o Senhor,

uma morada

para o Poderoso de Jacó.”

132.5
1Rs 8.17
1Cr 22.7

6Ouvimos dizer

que a arca estava em Efrata

e a encontramos no campo de Jaar.

7Entremos na sua morada,

adoremos diante do estrado

de seus pés.

8Levanta-te, Senhor,

e entra no lugar do teu repouso,

tu e a arca do teu poder.

9Vistam-se de justiça

os teus sacerdotes,

e exultem os teus fiéis.

10Por amor de Davi, teu servo,

não rejeites o teu ungido.

132.8-10
2Cr 6.41-42

11O Senhor jurou a Davi

com firme juramento

132.11
2Sm 7.12-16
1Cr 17.11-14
Sl 89.3-4
At 2.30

e dele não se desviará:

“Farei com que no seu trono

se assente

um dos seus descendentes.

12Se os filhos de você guardarem

a minha aliança

e o testemunho

que eu lhes ensinar,

também os filhos deles

se assentarão

para sempre no seu trono.”

13Pois o Senhor escolheu Sião,

preferiu-a por sua morada, dizendo:

14“Este é para sempre

o lugar do meu repouso;

aqui habitarei,

pois este é o meu desejo.

132.14
Sl 68.16

15Abençoarei com abundância

o seu mantimento

e de pão fartarei os seus pobres.

16Vestirei de salvação

os seus sacerdotes,

e de júbilo exultarão os seus fiéis.

17Ali, farei brotar o poder de Davi;

preparei uma lâmpada

132.17
1Rs 11.36
15.4
2Rs 8.19

para o meu ungido.

18Cobrirei de vexame

os seus inimigos,

mas sobre ele brilhará a sua coroa.”

133

A excelência da união fraternal

Cântico de peregrinação. De Davi

1331Oh! Como é bom e agradável

viverem unidos os irmãos!

133.1
Hb 13.1

2É como o óleo precioso

sobre a cabeça,

o qual desce pela barba,

a barba de Arão,

e desce para a gola de suas vestes.

133.2
Êx 30.25,30

3É como o orvalho do Hermom,

que desce sobre os montes de Sião.

Ali o Senhor ordena a sua bênção

e a vida para sempre.