Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
115

Louvor ao verdadeiro Deus

1151Não a nós, Senhor, não a nós,

mas ao teu nome dá glória,

115.1
Is 48.11
Ez 36.22

por amor da tua misericórdia

e da tua fidelidade.

2Por que diriam as nações:

“Onde está o Deus deles?”

115.2
Sl 42.3
79.10

3O nosso Deus está no céu

115.3
Sl 103.19

e faz tudo como lhe agrada.

4Os ídolos das nações

são prata e ouro,

obra de mãos humanas.

5Têm boca e não falam;

têm olhos e não veem;

6têm ouvidos e não ouvem;

têm nariz e não cheiram;

7têm mãos e não apalpam;

têm pés e não andam;

som nenhum lhes sai da garganta.

8Tornem-se semelhantes a eles

os que os fazem

e todos os que neles confiam.

115.4-8
Sl 135.15-18
Ap 9.20

9Ó Israel, confie no Senhor!

Ele é o seu amparo e o seu escudo.

10Casa de Arão, confie no Senhor!

Ele é o seu amparo e o seu escudo.

11Vocês que temem o Senhor,

confiem no Senhor!

Ele é o seu amparo e o seu escudo.

12O Senhor lembrou-se de nós;

ele nos abençoará;

abençoará a casa de Israel,

abençoará a casa de Arão.

13Ele abençoa

os que temem o Senhor,

tanto pequenos como grandes.

115.13
Ap 11.18
19.5

14O Senhor os abençoe

mais e mais,

a vocês e aos seus filhos.

15Que vocês sejam abençoados

pelo Senhor,

que fez os céus e a terra.

16Os céus são os céus do Senhor,

mas a terra ele deu

aos filhos dos homens.

115.16
Gn 1.28
Sl 8.6

17Os mortos não louvam o Senhor,

115.17
Sl 6.5
Is 38.18

nem os que descem

à região do silêncio

podem fazer isso.

18Nós, porém,

bendiremos o Senhor,

desde agora e para sempre.

115.18
Sl 113.2

Aleluia!

116

Salmo de gratidão

1161Amo o Senhor, porque ele ouve

a minha voz e as minhas súplicas.

2Porque inclinou para mim

os seus ouvidos,

eu o invocarei por toda a minha vida.

3Laços de morte me cercaram,

e angústias do inferno

se apoderaram de mim;

116.3
Sl 18.4-5

fiquei aflito e triste.

4Então invoquei

o nome do Senhor:

“Ó Senhor, livra a minha alma.”

116.4
Sl 18.6

5Compassivo e justo é o Senhor;

o nosso Deus é misericordioso.

116.5
Sl 86.15
103.8

6O Senhor vela pelos simples;

quando eu estava prostrado,

ele me salvou.

7Ó minha alma,

volte ao seu sossego,

pois o Senhor tem sido bom

para você.

8Pois livraste da morte

a minha alma,

das lágrimas, os meus olhos,

da queda, os meus pés.

116.8
Sl 56.13

9Andarei na presença do Senhor,

na terra dos viventes.

116.9
Sl 27.13

10Eu cria,

116.10
2Co 4.13
mesmo quando eu disse:

“Estou muito aflito.”

11Eu disse na minha perturbação:

“Todas as pessoas são mentirosas.”

12Que darei ao Senhor

por todos os seus benefícios

para comigo?

13Erguerei o cálice da salvação

e invocarei o nome do Senhor.

14Cumprirei os meus votos

ao Senhor,

na presença de todo o seu povo.

116.14
Sl 50.14

15Preciosa é aos olhos do Senhor

a morte dos seus santos.

116.15
Sl 72.14

16Senhor, eu sou de fato teu servo;

eu sou teu servo, filho da tua serva;

quebraste as correntes

que me prendiam.

17A ti oferecerei sacrifícios

de ações de graças

e invocarei o nome do Senhor.

18Cumprirei os meus votos

ao Senhor,

na presença de todo o seu povo,

19nos átrios da Casa do Senhor,

em seu meio, ó Jerusalém.

Aleluia!

117

Salmo de louvor

1171Louvem o Senhor,

117.1
Rm 15.11
todos os gentios;

que todos os povos o louvem!

2Porque grande é a sua misericórdia

para conosco,

e a fidelidade do Senhor

dura para sempre.

117.2
Sl 100.5

Aleluia!