Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
12

121Quem ama a disciplina

ama o conhecimento,

mas o que odeia a repreensão

é tolo.

2Quem faz o bem

alcança o favor do Senhor,

mas aquele que tem más intenções,

este o Senhor condena.

3Ninguém se estabelece

pela maldade,

mas a raiz dos justos

não será removida.

12.3
Pv 10.25

4A mulher virtuosa

é a coroa do seu marido,

mas a que envergonha o marido

é como podridão

nos seus ossos.

5Os pensamentos dos justos

são retos;

os conselhos dos ímpios são falsos.

6As palavras dos ímpios

são emboscadas

para derramar sangue,

mas a boca dos retos

salva da morte.

7Os ímpios são derrubados

e desaparecem,

mas a casa dos justos

permanecerá.

12.7
Pv 10.25

8Cada um será louvado

segundo o seu entendimento,

mas quem tem coração perverso

será desprezado.

12.8
Pv 3.35

9Melhor é ser modesto

e fazer o seu trabalho

do que engrandecer a si mesmo

e não ter o que comer.

10O justo cuida dos seus animais,

mas o coração dos ímpios é cruel.

11O que lavra a sua terra

terá pão em abundância,

mas quem corre

atrás de coisas sem valor

não tem juízo.

12O ímpio quer viver

do que caçam os maus,

mas a raiz dos justos

produz o seu fruto.

13Os maus se enredam

na transgressão

daquilo que falam,

mas os justos escaparão

da angústia.

14Cada um se farta de bem

pelo fruto daquilo que diz,

e o que as suas mãos fizerem,

isso receberá de volta.

15O caminho do insensato

parece reto aos seus olhos,

mas o sábio ouve os conselhos.

16O insensato mostra logo

a sua ira,

mas o prudente ignora os insultos.

17Quem diz a verdade

favorece a justiça,

mas a testemunha falsa

está a serviço da fraude.

18Palavras precipitadas

são como pontas de espada,

mas as palavras dos sábios

são remédio.

19Os lábios que falam a verdade

permanecem para sempre,

mas a língua mentirosa desaparece

num instante.

20Há fraude no coração

dos que planejam o mal,

mas os que aconselham a paz

têm alegria.

12.20
Mt 5.9

21Nenhuma desgraça

sobrevirá ao justo,

12.21
Sl 91.10

mas os ímpios,

o mal os apanhará em cheio.

22O Senhor detesta

lábios mentirosos,

mas aqueles que praticam

a verdade são o seu prazer.

23Aquele que é prudente

oculta o conhecimento,

mas o coração dos insensatos

proclama a tolice.

24O homem esforçado dominará,

mas o preguiçoso ficará sujeito

a trabalhos forçados.

12.24
Pv 10.4

25A ansiedade no coração

pode abater alguém,

mas uma boa palavra traz alegria.

26O justo serve de guia

para o seu companheiro,

mas o caminho dos ímpios os leva

a andar errantes.

27O preguiçoso não assará

a sua caça,

mas o bem precioso do homem

é ser esforçado.

28Na vereda da justiça está a vida,

e neste caminho não há morte.

13

131O filho sábio ouve

a instrução do pai,

mas o zombador não dá ouvidos

à repreensão.

2Do fruto da boca

cada um comerá o bem,

mas os infiéis

só desejam a violência.

3Quem vigia as suas palavras

conserva a sua vida,

mas o que fala demais

arruína a si mesmo.

4O preguiçoso deseja e nada tem,

mas o desejo dos que se esforçam

será atendido.

5O justo odeia a mentira,

mas o ímpio traz vergonha

e desonra.

6A justiça guarda

o que anda com integridade,

mas a maldade

subverte o pecador.

13.6
Pv 11.5

7Uns se dizem ricos

sem terem nada;

outros se dizem pobres,

tendo muita riqueza.

8O resgate pela vida de alguém

são as riquezas que ele tem,

mas o pobre não corre o risco

de ser ameaçado.

9A luz dos justos

brilha intensamente,

mas a lâmpada dos ímpios

se apagará.

10Da soberba só resulta

a discórdia,

mas a sabedoria está

com os que se aconselham.

11A riqueza obtida com facilidade,

essa diminui,

mas quem a ajunta pelo trabalho,

esse a vê aumentar.

12Esperança adiada

faz adoecer o coração;

desejo cumprido é árvore de vida.

13Quem despreza a palavra

terá de pagar por isso,

mas o que teme o mandamento

será recompensado.

14O ensino do sábio

é fonte de vida

para evitar os laços da morte.

15O bom senso conquista favor,

mas o caminho dos infiéis

é intransitável.

16Quem é prudente

age com conhecimento,

mas o tolo espalha a sua tolice.

17O mensageiro perverso

se precipita no mal,

mas o embaixador fiel produz cura.

18Pobreza e vergonha sobrevêm

ao que rejeita a instrução,

mas o que aceita a repreensão

será honrado.

19O desejo que se cumpre

agrada a alma,

mas os tolos detestam

afastar-se do mal.

20Quem anda com os sábios

será sábio,

mas o companheiro dos tolos

acabará mal.

21A desgraça persegue

os pecadores,

mas os justos serão

recompensados com o bem.

22O homem bom deixa herança

aos filhos de seus filhos,

mas a riqueza do pecador

é depositada para o justo.

23As terras dos pobres

dão mantimento em abundância,

mas isso se perde

por falta de justiça.

24O que retém a vara

odeia o seu filho;

quem o ama, este o disciplina

desde cedo.

25O justo tem o bastante

para satisfazer o seu apetite,

mas o estômago dos ímpios

passa fome.

14

141A mulher sábia edifica a sua casa,

mas a insensata a derruba

com as próprias mãos.

2Quem anda na retidão

teme o Senhor,

mas o que anda

em caminhos tortuosos,

esse o despreza.

3Na boca do tolo

está a vara

para a sua própria soberba,

mas os lábios dos sábios

os protegerão.

4Quando não há bois,

o celeiro fica vazio,

mas pela força do boi

há abundância de colheitas.

5A testemunha verdadeira

não mente,

mas a testemunha falsa despeja mentiras.

6O zombador procura a sabedoria

e não a encontra,

mas o sábio adquire

o conhecimento com facilidade.

7Fuja da presença do insensato,

porque nele você não encontrará

palavras de conhecimento.

8A sabedoria do prudente

é entender

o seu próprio caminho,

mas a insensatez dos tolos

é enganadora.

9Os insensatos

zombam do pecado,

mas entre os retos há boa vontade.

10O coração conhece

a sua própria amargura,

e da alegria que ele sente

os estranhos

não poderão participar.

11A casa dos ímpios será destruída,

mas a tenda dos retos florescerá.

12Há caminho

14.12
Pv 16.25
que ao ser humano

parece direito,

mas o fim dele

é caminho de morte.

13Até no riso

o coração pode ter dor,

e o fim da alegria

pode ser a tristeza.

14O infiel de coração

sofre as consequências

dos seus próprios caminhos,

mas quem é de bem

é recompensado

pelo seu próprio proceder.

15O ingênuo dá crédito

a tudo o que se diz,

mas o prudente reflete

antes de dar um passo.

16O sábio é cauteloso

e se desvia do mal,

mas o tolo é afoito

e se dá por seguro.

17Quem logo se irrita

comete loucuras,

e aquele que tem más intenções

será odiado.

18Os ingênuos herdam a tolice,

mas os prudentes

se coroam de conhecimento.

19Os maus se inclinarão

diante dos bons,

e os ímpios farão súplicas

junto às portas do justo.

20O pobre é odiado

até pelo seu vizinho,

mas o rico tem muitos amigos.

21Quem despreza o seu vizinho

peca,

14.21
Pv 11.22

mas o que se compadece

dos pobres é feliz.

22Por acaso não se afastam

do caminho

os que planejam o mal?

Mas haverá amor e fidelidade

para os que planejam o bem.

23Em todo trabalho há proveito;

meras palavras, porém,

levam à pobreza.

24Para os sábios a riqueza é coroa,

mas a tolice dos insensatos

não passa de tolice.

25A testemunha verdadeira

salva vidas,

14.25
Pv 14.5

mas quem profere mentiras

é enganador.

26Quem teme o Senhor

tem forte amparo,

e isso é refúgio para os seus filhos.

27O temor do Senhor

é fonte de vida

para evitar os laços da morte.

14.27
Pv 13.14

28Na multidão do povo

está a glória do rei,

14.28
1Rs 4.20

mas na falta de povo

está a ruína do príncipe.

29Quem tarda em irar-se

é grande em entendimento,

mas o que facilmente

perde a calma

faz um elogio à loucura.

30O ânimo sereno

é a vida do corpo,

mas a inveja

é a podridão dos ossos.

31Quem oprime o pobre

insulta aquele que o criou,

mas o que se compadece

do necessitado honra a Deus.

32O ímpio é derrubado

pela sua maldade,

mas o justo, até na morte

tem esperança.

33No coração do prudente

repousa a sabedoria,

mas o que há no interior dos tolos

logo se manifesta.

34A justiça é a glória da nação,

mas o pecado é a vergonha

dos povos.

35O servo prudente

recebe o favor do rei,

mas o que causa vergonha

é objeto do seu furor.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]