Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
17

Leis a respeito do derramamento de sangue

171O Senhor disse a Moisés:

2— Fale a Arão, a seus filhos e aos filhos de Israel e diga-lhes: Isto é o que o Senhor ordenou, dizendo:

3— Qualquer homem da casa de Israel que matar um boi, um cordeiro ou uma cabra, no arraial ou fora dele, 4e não os trouxer à porta da tenda do encontro, como oferta ao Senhor diante do seu tabernáculo, a tal homem será atribuída a culpa do sangue; ele derramou sangue e por isso será eliminado do seu povo. 5Isto é assim para que os filhos de Israel, trazendo os seus sacrifícios, que oferecem em campo aberto, os apresentem ao Senhor, à porta da tenda do encontro, ao sacerdote, e os ofereçam por sacrifícios pacíficos ao Senhor. 6O sacerdote aspergirá o sangue sobre o altar do Senhor, à porta da tenda do encontro, e queimará a gordura de aroma agradável ao Senhor. 7Nunca mais oferecerão os seus sacrifícios aos demônios, com os quais eles se prostituem; isso lhes será por estatuto perpétuo nas suas gerações.

8— Diga-lhes também: Qualquer homem da casa de Israel ou dos estrangeiros que peregrinam entre vocês que oferecer holocausto ou sacrifício 9e não o trouxer à porta da tenda do encontro, para oferecê-lo ao Senhor, esse homem será eliminado do seu povo.

A proibição de comer sangue

10— Qualquer homem da casa de Israel ou dos estrangeiros que peregrinam entre vocês que comer sangue, contra ele me voltarei e o eliminarei do seu povo. 11Porque a vida da carne está no sangue. Eu o tenho dado a vocês sobre o altar, para fazer expiação

17.11
Hb 9.22
pela vida de vocês, porque é o sangue que fará expiação pela vida. 12Portanto, tenho dito aos filhos de Israel: nenhum de vocês comerá sangue, nem o estrangeiro que peregrina entre vocês o comerá.

13— Qualquer homem dos filhos de Israel ou dos estrangeiros que peregrinam entre vocês que caçar animal ou ave que se pode comer derramará o sangue e o cobrirá com pó. 14Porque a vida de toda carne é o seu sangue. Por isso, tenho dito aos filhos de Israel que não comam o sangue de nenhuma carne, porque a vida de toda carne é o seu sangue; todo o que comer será eliminado.

17.10-14
Gn 9.4
Lv 7.26-27
19.26
Dt 12.16,23
15.23

15— Qualquer pessoa, natural da terra ou estrangeira, que comer carne de um animal que morre por si ou que é dilacerado por feras lavará as suas roupas, se banhará em água e ficará impura até a tarde; depois, estará pura. 16Mas, se não lavar a roupa, nem banhar o corpo, levará sobre si a sua iniquidade.

18

Relações ilícitas

181O Senhor disse a Moisés:

2— Fale aos filhos de Israel e diga-lhes: Eu sou o Senhor, o Deus de vocês. 3Não façam como se faz na terra do Egito, onde vocês moraram, nem façam como se faz na terra de Canaã, para onde eu os estou levando. Não andem segundo os estatutos desses povos. 4Cumpram os meus juízos e guardem os meus estatutos, para andarem neles. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês. 5Portanto, guardem os meus estatutos e os meus juízos. Aquele que os cumprir, por eles viverá.

18.5
Ne 9.29
Ez 20.13
Lc 10.28
Rm 10.5
Gl 3.12
Eu sou o Senhor.

6— Nenhum homem se aproximará de qualquer parenta próxima, para ter relações sexuais com ela. Eu sou o Senhor. 7Não envergonhe o seu pai, tendo relações com a própria mãe. Ela é a sua mãe; não tenha relações com ela. 8Não tenha relações com a mulher de seu pai; este é um direito que somente o seu pai tem. 9Não tenha relações com a sua irmã, filha de seu pai ou filha de sua mãe, nascida em casa ou fora de casa. 10Não tenha relações com a filha do seu filho ou com a filha de sua filha; não faça isso, porque seria uma vergonha para você. 11Não tenha relações com a filha da mulher de seu pai, gerada por seu pai; ela é a sua irmã. 12Não tenha relações com a irmã do seu pai; ela é parenta de seu pai. 13Não tenha relações com a irmã de sua mãe, pois ela é parenta de sua mãe. 14Não envergonhe o irmão de seu pai, tendo relações com a mulher dele; ela é a sua tia. 15Não tenha relações com a sua nora; ela é a mulher de seu filho; não tenha relações com ela. 16Não tenha relações com a mulher de seu irmão; este é um direito que somente o seu irmão tem. 17Não tenha relações com uma mulher e com a filha dela; não tenha relações com a filha do filho dela, nem com a filha da filha dela; são parentes; é perversidade. 18E não case com a irmã de sua mulher, de modo que se torne rival dela, nem tenha relações com a outra, enquanto a sua mulher estiver viva.

19— Não se aproxime da mulher, para ter relações com ela, durante a sua menstruação. 20Nem se deite com a mulher do seu próximo, para ter relações sexuais, porque isso torna você impuro. 21E não entregue nenhum

18.21
Lv 20.1-5
dos seus descendentes para que se dedique a Moloque.18.21 Outra tradução possível: “para que seja sacrificado a Moloque” Não profane o nome do seu Deus. Eu sou o Senhor.

22— Não se deite com outro homem para ter relações com ele como se fosse mulher; é abominação. 23Nem tenha relações com um animal,

18.23
Êx 22.19
para se contaminar com ele; e também a mulher não se porá diante de um animal, para ajuntar-se com ele; é confusão.
18.6-23
Lv 20.10-21
Dt 27.20-23

24— Não se contaminem com nenhuma destas coisas, porque com todas estas coisas se contaminaram as nações que eu vou expulsar da presença de vocês. 25A terra se contaminou; eu a castiguei por sua iniquidade, e ela vomitou os seus moradores. 26Vocês, porém, guardarão os meus estatutos e os meus juízos, e não farão nenhuma dessas abominações, nem o natural da terra, nem o estrangeiro que peregrina entre vocês. 27Porque os moradores desta terra que nela estavam antes de vocês fizeram todas essas abominações, e a terra se contaminou. 28Que não aconteça que a terra vomite vocês também, por terem se contaminado, como vomitou o povo que nela estava antes de vocês. 29Todo aquele que fizer alguma dessas abominações, sim, aqueles que as cometerem serão eliminados do seu povo.

30— Portanto, vocês devem guardar a obrigação que têm para comigo, não praticando nenhum dos costumes abomináveis que foram praticados antes de vocês, e não se contaminem com eles. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.

A repetição de diversas leis

191O Senhor disse a Moisés:

2— Fale a toda a congregação dos filhos de Israel e diga-lhes: Sejam santos,

19.2
Lv 11.44-45
1Pe 1.16
porque eu, o Senhor, o Deus de vocês, sou santo. 3Cada um respeite a sua mãe
19.3
Êx 20.12
Dt 5.16
e o seu pai e guarde os meus sábados.
19.3
Êx 20.8
Dt 5.12
Eu sou o Senhor, o Deus de vocês. 4Não se voltem para os ídolos,
19.4
Lv 26.1
nem façam para si deuses de metal.
19.4
Êx 20.4
34.17
Dt 5.8
27.15
Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.

5— Quando oferecerem um sacrifício pacífico ao Senhor, ofereçam-no para que vocês sejam aceitos. 6Podem comer dele no dia em que o oferecerem e no dia seguinte; mas o que sobrar, no terceiro dia, será queimado. 7Se uma parte dele for comida no terceiro dia, é abominação; não será aceita. 8Quem dele comer levará a sua iniquidade, porque profanou coisa santa do Senhor; por isso, será eliminado do seu povo.

9— Quando você fizer a colheita

19.9
Lv 23.22
Dt 24.19,22
da sua terra, não colha totalmente o canto do seu campo, nem volte para recolher as espigas caídas. 10Não seja rigoroso demais ao fazer a colheita da sua vinha, nem volte para recolher as uvas que tiverem caído no chão; deixe-as para os pobres e estrangeiros. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.

11— Não furtem,

19.11
Êx 20.15
Dt 5.19
não mintam, nem usem de falsidade
19.11
Êx 20.16
Dt 5.20
uns com os outros. 12Não façam juramentos falsos pelo meu nome,
19.12
Êx 20.7
Dt 5.11
Mt 5.33
pois vocês estariam profanando o nome do seu Deus. Eu sou o Senhor.

13— Não oprima

19.13
Dt 24.14-15
nem roube o seu próximo. Que o pagamento do trabalhador diarista não fique com você até a manhã seguinte.

14— Não amaldiçoe o surdo, nem ponha tropeço diante do cego, mas tema o seu Deus. Eu sou o Senhor.

15— Não seja injusto

19.15
Êx 23.6-8
Dt 16.18-20
ao julgar uma causa, nem favorecendo o pobre, nem agradando o rico; julgue o seu próximo com justiça.

16— Não ande como mexeriqueiro no meio do seu povo, nem atente contra a vida do seu próximo. Eu sou o Senhor.

17— Não guarde ódio no coração contra o seu próximo, mas repreenda-o e não incorra em pecado por causa dele.

18— Não procure vingança, nem guarde ira contra os filhos do seu povo, mas ame o seu próximo

19.18
Mt 5.43
19.19
22.39
Mc 12.31
Lc 10.27
Rm 13.9
Gl 5.14
Tg 2.8
como você ama a si mesmo. Eu sou o Senhor.

19— Guarde os meus estatutos. Não permita que os seus animais se ajuntem com os de espécie diversa. Não plante semente

19.19
Dt 22.9-11
de duas espécies em seu campo, nem use roupa de dois tipos diferentes de tecido.

20— Se um homem tiver relações com uma mulher, e esta for escrava prometida a outro homem, mas que não foi resgatada nem posta em liberdade, então deverá haver punição; não serão mortos, pois ela ainda não havia sido libertada. 21O homem, como oferta pela sua culpa, trará um carneiro ao Senhor, à porta da tenda do encontro. 22Com o carneiro da oferta pela culpa, o sacerdote fará expiação, diante do Senhor, pelo pecado que o homem cometeu, e o pecado lhe será perdoado.

23— Quando entrarem na terra e plantarem todo tipo de árvore frutífera, os frutos dessas árvores lhes serão vedados; nos primeiros três anos serão impuros para vocês; não poderão comê-los. 24Porém, no quarto ano, todo fruto dessas árvores será santo, será oferta de louvores ao Senhor. 25No quinto ano, vocês poderão comer os frutos para que as árvores aumentem a sua produção. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.

26— Não comam

19.26
Gn 9.4
Lv 7.26-27
17.10-14
Dt 12.16,23
15.23
nada que tenha sangue. Não façam adivinhações nem pratiquem magia.

27— Não cortem o cabelo nas têmporas, nem danifiquem as pontas da barba. 28Pelos mortos não façam cortes no corpo, nem ponham marca nenhuma sobre vocês. Eu sou o Senhor.

19.27-28
Lv 21.5
Dt 14.1

29— Não desonre

19.29
Dt 23.17-18
a sua filha, fazendo dela uma prostituta, para que a terra não se prostitua, nem se encha de maldade. 30Guardem os meus sábados e reverenciem o meu santuário.
19.30
Lv 26.2
Eu sou o Senhor.

31— Não se voltem para os necromantes, nem para os adivinhos; não os procurem, pois vocês serão contaminados por eles. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.

32— Fique em pé na presença dos idosos, honre a presença do ancião e tema o seu Deus. Eu sou o Senhor.

33— Não oprimam o estrangeiro que peregrinar na terra de vocês. 34Tratem o estrangeiro que peregrina entre vocês como tratam quem é natural da terra; amem o estrangeiro como amam a vocês mesmos, pois vocês foram estrangeiros na terra do Egito. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.

19.33-34
Êx 22.21
Dt 24.17-18
27.19

Pesos e medidas justos

Dt 25.13-16

35— Não cometam injustiça no juízo, nem na vara para medir, nem no peso, nem na quantidade. 36Tenham balanças justas, pesos justos e medidas de cereais e de líquidos que sejam justas. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês, que os tirei da terra do Egito.

19.35-36
Dt 25.13-16
37Guardem todos os meus estatutos e cumpram todos os meus juízos. Eu sou o Senhor.