Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
3

Os juízos de Deus sobre as nações inimigas

31— Eis que, naqueles dias e naquele tempo, em que mudarei a sorte de Judá e de Jerusalém,

3.1
Jr 30.3
2congregarei todas as nações e as farei descer ao vale de Josafá. E ali entrarei em juízo contra elas por causa do meu povo e da minha herança, Israel, a quem elas espalharam entre os povos, repartindo a minha terra entre si. 3Lançaram sortes sobre o meu povo, e deram meninos em troca de prostitutas, e venderam meninas por vinho, que beberam. 4O que vocês têm contra mim, Tiro,
3.4
Is 23.1-18
Ez 26.1—28.26
Am 1.9-10
Zc 9.2-4
Mt 11.21-22
Lc 10.13-14
Sidom, e todas as regiões da Filístia?
3.4
Is 14.29-31
Jr 47.1-7
Ez 25.15-17
Am 1.6-8
Sf 2.4-7
Zc 9.5-7
Estão querendo se vingar de mim? Se é isso que vocês querem, sem demora farei com que essa vingança caia sobre a cabeça de vocês. 5Visto que vocês levaram a minha prata e o meu ouro, e puseram as minhas joias preciosas nos seus templos, 6e venderam os filhos de Judá e os filhos de Jerusalém aos filhos dos gregos, para afastá-los da sua terra, 7eis que eu os trarei desse lugar
3.7
Is 43.5-6
para onde vocês os venderam e farei com que a vingança caia sobre a própria cabeça de vocês. 8Venderei os filhos e as filhas de vocês aos filhos de Judá, e estes os venderão aos sabeus, que são uma nação distante, porque o Senhor o disse.

9— Proclamem isto

entre as nações:

“Declarem guerra santa

e convoquem os valentes.

Que todos os homens de guerra

se apresentem e se preparem.

10Transformem as suas lâminas

de arado

3.10
Is 2.4
Mq 4.3
em espadas,

e as suas foices, em lanças.

Que o fraco diga: ‘Eu sou forte.’”

11“Todos vocês, povos vizinhos,

apressem-se e venham depressa,

e reúnam-se ali.”

Faze descer os teus valentes,

ó Senhor!

3.11
Is 13.3

12“Que todas as nações

se levantem

e sigam para o vale de Josafá,

porque ali me assentarei

para julgar todas

as nações vizinhas.

13Peguem a foice

e comecem a colher,

3.13
Ap 14.15-20
19.15

porque a plantação está madura.

Venham, pisem as uvas,

porque o lagar está cheio,

os seus compartimentos

transbordam.

Porque é grande a maldade

dessas nações!”

14“Multidões, multidões

no vale da Decisão!

Porque o Dia do Senhor

está perto,

3.14
Jl 1.15
2.1

no vale da Decisão.

15O sol e a lua se escurecem,

e as estrelas deixam de brilhar.

3.15
Jl 2.10

16O Senhor rugirá de Sião

e de Jerusalém fará ouvir

a sua voz.

3.16
Os 11.10
Am 1.2

Os céus e a terra tremerão,

mas o Senhor será o refúgio

do seu povo

e a fortaleza dos filhos de Israel.”

A restauração de Israel

17“Assim vocês saberão

que eu sou o Senhor,

o Deus de vocês,

que habito em Sião,

o meu santo monte.

Jerusalém será santa;

estranhos não passarão

mais por ela.

18E acontecerá que, naquele dia,

os montes destilarão vinho,

e as colinas manarão leite,

e todos os rios de Judá

estarão cheios de água.

Uma fonte

3.18
Ez 47.1
sairá

da Casa do Senhor

e regará o vale de Sitim.

19O Egito se tornará

uma desolação,

e Edom se fará

um deserto abandonado,

por causa da violência que fizeram

aos filhos de Judá,

3.19
Ob 10

em cuja terra derramaram

sangue inocente.

20Judá, porém, será habitada

para sempre,

e Jerusalém,

de geração em geração.

21Eu vingarei o sangue deles,

que ainda não foi vingado.”

E o Senhor habitará em Sião.