Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
16

O desespero dos moabitas

161Enviem cordeiros

ao dominador da terra,

desde Sela, pelo deserto,

até o monte da filha de Sião.

2Como pássaro espantado,

lançado fora do ninho,

assim são as filhas de Moabe

nos vaus do rio Arnom.

Elas dizem a Judá:

3“Dê-nos um conselho,

tome uma decisão.

Faça com que, em pleno meio-dia,

a sua sombra seja

como noite para nós.

Esconda os desterrados

e não revele onde estão os fugitivos.

4Que os desterrados de Moabe

possam morar em seu território;

sirva-lhes de esconderijo

contra o destruidor.”

Quando o homem violento tiver fim,

a destruição for desfeita

e o opressor deixar a terra,

5então um trono será estabelecido

em bondade,

e sobre ele se assentará

com fidelidade,

no tabernáculo de Davi,

alguém que julgue,

busque o juízo

e não tarde em fazer justiça.

16.5
Pv 20.28
Is 9.7

6Ouvimos falar da soberba de Moabe,

que de fato é extremamente

soberbo.

Ouvimos falar da sua arrogância,

do seu orgulho e do seu furor;

mas todo esse seu orgulho é vão.

7Por isso, Moabe pranteará

por Moabe;

todos prantearão.

Profundamente abatidos,

hão de suspirar

pelos bolos de passas

de Quir-Haresete.

8Porque os campos de Hesbom

estão murchos;

os senhores das nações destruíram

os melhores ramos

da vinha de Sibma,

que se estendiam até Jazer

e se perdiam no deserto,

ramos que se estendiam

e passavam além do mar.

16.8
Jr 48.32

9Por isso, prantearei,

com o pranto de Jazer,

pela vinha de Sibma.

Eu as regarei

com as minhas lágrimas,

ó Hesbom e Eleale,

pois sobre os seus frutos de verão

e sobre a sua colheita já caiu

o “eia” dos inimigos.

10Fugiu a alegria

e o regozijo dos pomares;

nas vinhas já não se canta,

nem há júbilo algum.

Já não se pisam as uvas nos lagares;

eu fiz cessar o “eia” dos pisadores.

11Por isso, o meu íntimo

vibra por Moabe

como se fosse harpa,

16.11
Is 15.5
Jr 48.36

e o meu coração estremece

por Quir-Heres.

12Quando Moabe se apresentar e se cansar nos lugares altos, quando entrar no seu santuário para orar, nada alcançará.

13Esta é a palavra que o Senhor há muito pronunciou contra Moabe. 14Agora, porém, o Senhor diz:

— Daqui a exatamente três anos, será humilhada a glória de Moabe, com toda a sua grande multidão; e o resto que ficar será pouco, pequeno e fraco.