Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
7

71Quando tento sarar Israel,

se descobre a iniquidade de Efraim

e a maldade de Samaria,

porque praticam a falsidade;

ladrões invadem as casas

e bandos assaltam nas ruas.

7.1
Os 4.2

2Não se dão conta de que

eu me lembro de todas

as suas maldades.

Agora estão rodeados

pelas suas más ações,

que estão sempre diante de mim.

7.2
Sl 90.8
Jr 14.10

3Alegram o rei

com as suas maldades,

e os príncipes,

com as suas mentiras.

4Todos eles são adúlteros.

São semelhantes ao forno

aceso pelo padeiro,

que não precisa atiçar o fogo

desde que sovou a massa

até que seja levedada.

5No dia da festa do nosso rei,

os príncipes adoeceram

de tanto beber vinho,

e o rei estendeu a mão

aos zombadores.

6Enquanto estão à espreita,

preparam o coração

como um forno:

durante a noite

o seu furor se abranda,

mas, pela manhã, queima

como um fogo abrasador.

7Todos eles são quentes

como um forno

e consomem os seus juízes.

Todos os seus reis caem,

mas não há ninguém entre eles

que me invoque.”

8“Efraim se mistura com os povos

e é um pão que não foi virado

na hora de assar.

9Estrangeiros sugam

as suas forças,

mas ele não percebe;

cabelos brancos

se espalham pela cabeça,

mas ele não o sabe.

10A arrogância de Israel

abertamente dá testemunho

contra eles,

7.10
Os 5.5

mas eles não voltam

para o Senhor, seu Deus,

nem o buscam em tudo isso.”

11“Porque Efraim é como

uma pomba ingênua,

sem entendimento:

chamam o Egito

e se voltam para a Assíria.

12Quando forem,

estenderei a minha rede sobre eles

e farei com que desçam

como as aves do céu.

Eu os castigarei de acordo

com o que ouviram

na sua congregação.

13— Ai deles!

Porque fugiram de mim.

Destruição sobre eles,

porque se rebelaram

contra mim!

Eu os remiria,

mas eles falam mentiras

contra mim.”

14“Não clamam a mim de coração,

mas dão uivos nas suas camas.

Eles se ajuntam para o trigo

e para o vinho,

mas se rebelam contra mim.

15Eu treinei e fortaleci

os seus braços,

mas eles planejam

o mal contra mim.

16Eles voltam,

mas não para o Altíssimo.

Fizeram-se

como um arco defeituoso.

Os seus príncipes

serão mortos à espada,

por causa da insolência

da sua língua.

Serão motivo de zombaria

na terra do Egito.”