Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
9

O castigo de Israel

91“Não se alegre, Israel,

nem exulte como os outros povos.

Porque você se prostituiu,

abandonando o seu Deus.

Você gostou de receber

o pagamento de prostituta

em todas as eiras de cereais.

2A eira e o lagar

não os alimentarão;

e o vinho novo lhes faltará.

9.2
Os 2.9

3Não permanecerão

na terra do Senhor;

Efraim voltará para o Egito,

e na Assíria comerão

comida impura.”

4“Não oferecerão

libações de vinho ao Senhor,

nem os seus sacrifícios

lhe serão agradáveis.

O pão que comerem será

como pão de pranteadores,

e todos os que dele comerem

ficarão impuros.

Esse pão será exclusivamente

para eles;

não entrará na Casa do Senhor.”

5“O que vocês farão

no dia da solenidade

e no dia da festa do Senhor?

6Porque eis que eles fugiram

por causa da destruição.

O Egito os reunirá,

e Mênfis os sepultará.

Os seus tesouros de prata

ficarão para as urtigas;

espinhos tomarão conta

das suas moradas.”

7“Chegaram os dias do castigo,

9.7
Lc 21.22

chegaram os dias da retribuição.

Israel ficará sabendo.

O profeta é um tolo,

e o homem de espírito é um louco,

por causa da abundância

da sua iniquidade,

ó Israel, e do seu imenso ódio.

8O profeta é sentinela

contra Efraim,

ao lado de meu Deus,

mas o laço do passarinheiro

se encontra

em todos os seus caminhos,

e inimizade no templo

do seu Deus.

9Eles se afundaram na corrupção,

como nos dias de Gibeá.

9.9
Jz 19.1-30

O Senhor se lembrará

das suas injustiças

e castigará os pecados

que eles cometeram.”

10“Encontrei Israel

como uvas no deserto;

vi os pais de vocês como

as primícias da figueira nova.

Mas eles foram para Baal-Peor,

9.10
Nm 25.1-5

consagraram-se

à vergonhosa idolatria

e se tornaram tão abomináveis

como aquilo que amaram.

11Quanto a Efraim,

a sua glória voará como ave;

não haverá nascimento,

nem gravidez, nem concepção.

12Ainda que venham

a criar os seus filhos,

eu os privarei deles,

para que não fique nem um sequer.

Ai deles,

9.12
Os 7.13
quando deles

eu me afastar!

13Aos meus olhos,

Efraim era como Tiro,

plantado num lugar agradável;

mas Efraim levará os seus filhos

ao matador.

14Dá-lhes, ó Senhor!

O que lhes darás?

Dá-lhes um ventre estéril

e seios sem leite.”

15“Toda a maldade deles

se acha em Gilgal;

foi ali que comecei a odiá-los.

Por causa da maldade

das suas ações,

eu os expulsarei da minha casa.

Não os amarei mais.

Todos os seus príncipes

são rebeldes.”

16“Efraim está ferido.

Secaram-se as suas raízes;

não dará fruto.

E mesmo que as mulheres

voltem a dar à luz,

eu matarei esses filhos queridos.

17O meu Deus os rejeitará,

porque não lhe dão ouvidos;

e andarão sem rumo

entre as nações.”

10

Israel semeou maldade e colherá destruição

101“Israel era uma videira

de ramagem viçosa,

que dava o seu fruto.

10.1
Is 5.1

Quanto mais abundantes os frutos,

maior o número de altares;

10.1
Os 8.11

quanto mais a terra produzia,

tanto mais embelezavam

as colunas sagradas.

2O coração deles está dividido

e agora terão de pagar por isso.

O Senhor quebrará os altares deles

e destruirá as colunas sagradas.”

10.2
Mq 5.13

3“Agora eles vão dizer:

‘Não temos rei,

porque não tememos o Senhor.

E o rei, que poderia fazer por nós?’

4Falam palavras vãs,

juram falsamente e fazem alianças;

por isso, o juízo brota

como erva venenosa

nos sulcos dos campos.

5Os moradores de Samaria

ficarão com medo

por causa do bezerro

10.5
1Rs 12.28-29

de Bete-Áven;

o seu povo se lamentará

por causa dele,

e os sacerdotes idólatras tremerão

por causa da sua glória,

que já se foi.

6Também o bezerro

será levado à Assíria

como presente para o grande rei.

Efraim se cobrirá de vexame,

e Israel ficará com vergonha

do seu ídolo de madeira.”

7“O rei de Samaria será

como lasca de madeira

na superfície da água.

8Os lugares altos de Áven,

que são o pecado de Israel,

serão destruídos;

espinhos e ervas daninhas

crescerão sobre os seus altares.

E o povo dirá aos montes:

‘Cubram-nos!’

E às colinas:

‘Caiam em cima de nós!’”

10.8
Lc 23.30
Ap 6.16

Deus dá a sentença contra Israel

9“Desde os dias de Gibeá,

10.9
Jz 19.1-30
Os 9.9

você pecou, ó Israel,

e nesse pecado você permaneceu.

Será que a batalha

contra os filhos da perversidade

não há de alcançá-los em Gibeá?

10Eu os castigarei

na medida do meu desejo.

Os povos se ajuntarão contra eles,

quando eu os punir por causa

de sua dupla transgressão.

11Porque Efraim

era uma bezerra domada,

que gostava de pisar

o trigo na eira.

Coloquei o jugo

sobre o seu belo pescoço;

atrelei Efraim ao carro.

Judá lavrará,

Jacó lhe desfará os torrões.

12Então eu disse:

‘Semeiem a justiça

e colham a misericórdia.

Lavrem o campo não cultivado,

10.12
Jr 4.3

porque é tempo

de buscar o Senhor,

até que ele venha,

e chova a justiça sobre vocês.’”

13“Vocês lavraram para a maldade,

colheram a injustiça

10.13
Os 8.7

e comeram os frutos da mentira.

Vocês confiaram

nos seus carros de guerra

e na multidão dos seus valentes,

10.13
Sl 33.16

14e por isso entre o seu povo

se levantará o tumulto de guerra,

e todas as suas fortalezas

serão destruídas,

como Salmã destruiu Bete-Arbel

no dia da batalha.

As mães foram despedaçadas

com os seus filhos.

15Assim se fará com você, ó Betel,

por causa da sua grande maldade.

Ao amanhecer, o rei de Israel

será totalmente destruído.”

11

O amor de Deus e a ingratidão de Israel

111“Quando Israel era menino,

eu o amei;

e do Egito chamei o meu filho.

11.1
Mt 2.15

2Quanto mais eu os chamava,

tanto mais se afastavam de mim;

sacrificavam a baalins

e queimavam incenso

às imagens de escultura.

11.2
Os 2.13
4.13

3Mas fui eu que ensinei

Efraim a andar;

11.3
Dt 1.31

tomei-os nos meus braços,

mas eles não entenderam

que era eu que os curava.

4Atraí-os com cordas humanas,

com laços de amor;

11.4
Jr 31.3

fui para eles como quem alivia

o jugo de sobre o pescoço

11.4
Lv 26.13

e me inclinei

para dar-lhes de comer.”

11.4
Êx 16.32

5“Não voltarão

para a terra do Egito,

mas o assírio será o seu rei,

porque se recusam

a voltar para mim.

6A espada cairá

sobre as suas cidades,

consumirá os seus ferrolhos,

11.6
Lm 2.9

e as devorará,

por causa dos seus caprichos.

7Porque o meu povo é inclinado

a rebelar-se contra mim;

11.7
Jr 8.5

se são chamados a dirigir-se

para o alto, ninguém o faz.

8Como poderia eu abandoná-lo,

Efraim?

Como poderia entregá-lo, Israel?

Como faria com você

o que fiz com Admá?

11.8
Dt 29.23

Como poderia fazer de você

outra Zeboim?

Meu coração se comove

dentro de mim;

toda a minha compaixão

se manifesta.

9Não executarei o furor

da minha ira;

não voltarei para destruir Efraim.

Porque eu sou Deus e não homem;

sou o Santo no meio de vocês.

Não virei com ira.”

10“Seguirão o Senhor,

que rugirá como leão.

11.10
Jl 3.16
Am 1.2

E, quando ele rugir,

os filhos, tremendo,

virão do Ocidente;

11tremendo, como passarinhos,

virão os do Egito,

e, como pombas,

os da terra da Assíria.

11.11
Is 11.11

Eu os farei habitar

em suas próprias casas”,

diz o Senhor.

A condenação de Israel e de Judá

12“Efraim me cercou com mentiras,

e a casa de Israel, com engano;

mas Judá ainda está

do lado de Deus

e permanece fiel ao Santo.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]