Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
4

A nossa filiação em Cristo

41Digo, porém, o seguinte: durante o tempo em que o herdeiro é menor de idade, em nada difere de um escravo, mesmo sendo senhor de tudo. 2Mas está sob tutores e curadores até o tempo predeterminado pelo pai. 3Assim, também nós, quando éramos menores, estávamos escravizados aos rudimentos do mundo. 4Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus enviou o seu Filho,

4.4
Rm 8.3
1Jo 4.9
nascido de mulher, nascido sob a lei, 5para resgatar
4.5
1Co 6.20
os que estavam sob a lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos. 6E, porque vocês são filhos, Deus enviou o Espírito de seu Filho ao nosso coração, e esse Espírito clama: “Aba,4.6 Aba significa “Pai” em aramaico Pai!”
4.6
Rm 8.15
7Assim, você já não é mais escravo, porém filho; e, sendo filho, também é herdeiro por Deus.
4.7
Rm 8.17
Gl 3.29

A preocupação de Paulo pelos gálatas

8Mas, no passado, quando não conheciam a Deus, vocês eram escravos de deuses que, por natureza, não são deuses. 9Mas agora que vocês conhecem a Deus, ou melhor, agora que vocês são conhecidos por Deus, como é que estão voltando outra vez aos rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo querem servir como escravos? 10Vocês guardam dias, meses, tempos e anos.

4.10
Cl 2.16
11Receio que o meu trabalho por vocês tenha sido em vão.

12Sejam como eu sou, porque também eu sou como vocês. Isto é o que lhes peço, irmãos. Vocês não me ofenderam em nada. 13E vocês sabem que eu lhes preguei o evangelho a primeira vez por causa de uma enfermidade física. 14E, por mais que a minha enfermidade na carne lhes tenha sido uma provação, vocês não me trataram com desprezo nem desgosto. Pelo contrário, me receberam como anjo de Deus, como o próprio Cristo Jesus.

4.14
Mt 10.40
15O que aconteceu com a felicidade que vocês tinham? Porque posso dar testemunho de que, se fosse possível, vocês teriam arrancado os próprios olhos para me dar! 16Será que, por dizer a verdade, me tornei inimigo de vocês?

17Esses que se mostram tão zelosos em relação a vocês não estão sendo sinceros. O que eles querem é afastar vocês de mim, para que vocês se interessem por eles. 18É bom ser sempre zeloso pelo bem e não apenas quando estou com vocês, 19meus filhos, por quem, de novo, estou sofrendo as dores de parto, até que Cristo seja formado em vocês. 20Bem que eu gostaria de estar agora aí com vocês e falar em outro tom de voz, porque estou perplexo com vocês.

4.8-20
Cl 2.8-23

Sara e Agar, alegoria das duas alianças

21Digam-me vocês, os que querem estar sob a lei: será que vocês não ouvem o que a lei diz? 22Pois está escrito que Abraão teve dois filhos: um da mulher escrava

4.22
Gn 16.15
e outro da mulher livre.
4.22
Gn 21.2
23O filho da escrava nasceu segundo a carne; o filho da mulher livre nasceu mediante a promessa.
4.23
Gn 21.1
24Estas coisas são alegóricas, porque essas mulheres são duas alianças. Uma se refere ao monte Sinai, que gera para a escravidão; esta é Agar. 25Ora, Agar é o monte Sinai, na Arábia, e corresponde à Jerusalém atual, que está em escravidão com os seus filhos. 26Mas a Jerusalém lá de cima é livre e ela é a nossa mãe. 27Porque está escrito:

“Alegre-se, ó estéril,

você que não dá à luz;

exulte e grite,

você que não sente

dores de parto;

porque os filhos

da mulher abandonada

são mais numerosos do que

os filhos da que tem marido.”

4.27
Is 54.1

28Mas vocês, irmãos, são filhos da promessa, como Isaque. 29Como, porém, no passado, aquele que nasceu segundo a carne perseguia
4.29
Gn 21.9
o que nasceu segundo o Espírito, assim também acontece agora. 30Mas o que diz a Escritura? Ela diz: “Mande embora a escrava e seu filho, porque de modo nenhum o filho da escrava será herdeiro com o filho da mulher livre.”
4.30
Gn 21.10
31Portanto, irmãos, somos filhos não da escrava, mas da livre.