Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
11

O juízo de Deus contra os chefes do povo

111Então o Espírito me levantou e me levou ao portão leste da Casa do Senhor, a qual dá para o leste. À entrada do portão, estavam vinte e cinco homens. No meio deles, vi Jazanias, filho de Azur, e Pelatias, filho de Benaías, chefes do povo. 2E disse-me:

— Filho do homem, são estes os homens que planejam o mal e dão conselhos perversos nesta cidade. 3Eles dizem: “Não está próximo o tempo de construir casas. Esta cidade é a panela, e nós somos a carne.” 4Portanto, profetize contra eles, profetize, ó filho do homem.

5Então o Espírito do Senhor caiu sobre mim e me disse:

— Fale: Assim diz o Senhor: “É isso o que vocês estão dizendo, ó casa de Israel. Porque eu sei o que passa pela mente de vocês. 6Vocês multiplicaram os seus mortos nesta cidade e encheram as ruas de cadáveres. 7Portanto, assim diz o Senhor Deus: Os mortos que vocês largaram no meio da cidade são a carne, e a cidade é a panela; quanto a vocês, eu os expulsarei da cidade. 8Vocês ficaram com medo da espada, mas é a espada que trarei sobre vocês, diz o Senhor Deus. 9Levarei vocês para fora da cidade e os entregarei nas mãos de estrangeiros, e executarei juízos entre vocês. 10Vocês cairão à espada. Nos confins de Israel, eu os julgarei, e vocês saberão que eu sou o Senhor. 11Esta cidade não será uma panela para vocês, e vocês não serão a carne dentro dela. Nos confins de Israel, eu os julgarei, 12e vocês saberão que eu sou o Senhor. Pois vocês não andaram nos meus estatutos, nem executaram os meus juízos; pelo contrário, agiram segundo os juízos das nações que estão ao redor de vocês.”

13Enquanto eu profetizava, Pelatias, filho de Benaías, morreu. Então caí com o rosto em terra, clamei em alta voz e disse:

— Ah! Senhor Deus! Darás fim ao remanescente de Israel?

Promessa da restauração de Israel

14A palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

15— Filho do homem, os seus irmãos, os seus próprios irmãos, os seus parentes e toda a casa de Israel, todos eles são aqueles a quem os moradores de Jerusalém disseram: “Afastem-se do Senhor! A nós é que esta terra foi dada como herança.”

16— Portanto, diga: Assim diz o Senhor Deus: “Embora eu os tenha expulsado para o meio das nações e embora eu os tenha espalhado por outras terras, eu lhes servirei de santuário,

11.16
Is 8.14
por um pouco de tempo, nas terras para onde foram.”

17— Por isso, diga: Assim diz o Senhor Deus: “Eu os ajuntarei do meio dos povos, e os recolherei das terras por onde foram espalhados, e lhes darei a terra de Israel. 18Voltarão para ali e tirarão dela todos os seus ídolos detestáveis e todas as suas abominações. 19Eu lhes darei um só coração, e porei um espírito novo dentro deles; tirarei deles o coração de pedra e lhes darei coração de carne, 20para que andem nos meus estatutos e guardem os meus juízos, e os executem. Eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus.

11.19-20
Ez 36.26-27
21Mas, quanto àqueles cujo coração segue os seus ídolos detestáveis e as suas abominações, eu lhes darei o que merecem por seus atos”,
11.21
Ez 9.10
diz o Senhor Deus.

A glória de Deus se afasta de Jerusalém

22Então os querubins elevaram as suas asas, e as rodas os acompanhavam; e a glória do Deus de Israel estava no alto, sobre eles.

11.22
Ez 10.19
23A glória do Senhor subiu do meio da cidade e se pôs sobre o monte que está a leste da cidade. 24Depois, o Espírito me levantou e me levou à Caldeia, para junto dos exilados, numa visão pelo Espírito de Deus. E a visão que eu havia tido se afastou de mim. 25Então contei aos exilados todas as coisas que o Senhor me havia mostrado.

12

O profeta descreve o cativeiro

121A palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

2— Filho do homem, você mora no meio da casa rebelde, que tem olhos para ver e não vê, tem ouvidos para ouvir e não ouve,

12.2
Jr 5.21
Mt 13.13
porque é casa rebelde.

3— Filho do homem, prepare a bagagem de exílio e durante o dia, à vista deles, vá para o exílio. Do lugar onde você está, vá para outro lugar, à vista deles. Talvez eles entendam,

12.3
Jr 26.3
36.3
embora sejam casa rebelde. 4À vista deles, durante o dia, traga para fora a sua bagagem de exílio. Depois, à tarde, saia, à vista deles, como se estivesse indo para o exílio. 5Abra um buraco na parede, à vista deles, e saia por ali. 6À vista deles, ponha a bagagem nos ombros e saia com ela quando já for escuro. Cubra o rosto para que você não possa ver o chão, porque eu fiz de você um sinal para a casa de Israel.
12.6
Ez 4.3
24.24

7Como me foi ordenado, assim eu fiz: de dia, levei para fora a minha bagagem de exílio. Depois, à tarde, com as minhas mãos abri um buraco na parede. Saí quando já era escuro, levando nos ombros a bagagem, à vista deles.

8Pela manhã, a palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

9— Filho do homem, a casa de Israel, aquela casa rebelde, não lhe perguntou o que você estava fazendo? 10Pois diga-lhes: Assim diz o Senhor Deus: “Esta sentença refere-se ao que governa em Jerusalém e a toda a casa de Israel, que está no meio dela.” 11Diga: “Eu sou um sinal para vocês. Como eu fiz, assim será feito com eles; irão para o exílio, para o cativeiro. 12O príncipe que está no meio deles levará nos ombros a bagagem e, no escuro,

12.12
Jr 39.4
sairá. Abrirá um buraco na parede para sair por ele. Cobrirá o rosto para que os seus olhos não vejam o chão. 13Também estenderei a minha rede sobre ele, e será apanhado nas minhas malhas. Eu o levarei para a Babilônia,
12.13
2Rs 25.7
Jr 52.11
à terra dos caldeus, mas ele não a verá, ainda que venha a morrer ali. 14Espalharei aos quatro ventos todos os que, para o ajudarem, estão ao redor dele, e todas as suas tropas; irei atrás deles com a espada na mão. 15Saberão que eu sou o Senhor, quando eu os dispersar entre as nações e os espalhar por outras terras. 16Deixarei que alguns poucos escapem da espada, da fome e da peste, para que publiquem todas as suas coisas abomináveis entre as nações para onde forem; e saberão que eu sou o Senhor.”

17Então a palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

18— Filho do homem, você comerá o seu pão com tremor e beberá a sua água com estremecimento e ansiedade. 19E você dirá ao povo da terra: Assim diz o Senhor Deus a respeito dos moradores de Jerusalém, na terra de Israel: “Eles comerão o seu pão com ansiedade e beberão a sua água com espanto,

12.19
Ez 4.16
porque a terra deles será despojada de tudo o que contém, por causa da violência de todos os que nela habitam. 20As cidades habitadas cairão em ruínas, e a terra se tornará em desolação; e vocês saberão que eu sou o Senhor.”

Provérbios falsos a respeito da profecia verdadeira

21A palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

22— Filho do homem, que provérbio é esse que vocês têm na terra de Israel: “Os dias passam, e as profecias fracassam”? 23Portanto, diga-lhes: Assim diz o Senhor Deus: “Darei um basta nesse provérbio, e ele não será mais usado em Israel.” Mas diga-lhes: “Os dias vêm vindo, e as profecias vão se cumprindo.” 24Porque não haverá mais nenhuma profecia falsa nem adivinhação lisonjeira no meio da casa de Israel. 25Porque eu, o Senhor, falarei, e a palavra que eu falar se cumprirá e não será adiada. Porque falarei a palavra e a cumprirei,

12.25
Is 55.11
diz o Senhor Deus, enquanto vocês, que são casa rebelde, ainda estiverem vivos.

26A palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

27— Filho do homem, eis que os da casa de Israel dizem: “As visões que esse homem tem se referem a dias futuros, e as suas profecias tratam de tempos distantes.” 28Portanto, diga-lhes: Assim diz o Senhor Deus: “Nenhuma das minhas palavras será adiada, e a palavra que eu falar se cumprirá”, diz o Senhor Deus.

13

Profecia contra os falsos profetas

131A palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

2— Filho do homem, profetize contra os profetas de Israel. A esses que profetizam o que lhes vem do coração,

13.2
Jr 23.16
diga que ouçam a palavra do Senhor.

3— Assim diz o Senhor Deus: “Ai dos profetas insensatos, que seguem o seu próprio espírito sem nada terem visto! 4Os seus profetas, ó Israel, são como chacais entre as ruínas. 5Vocês não foram consertar as brechas, nem fizeram muralhas para a casa de Israel, para que ela permaneça firme na batalha do Dia do Senhor.

13.5
Is 13.9
Ez 7.19
6As visões que eles tiveram são falsas e as adivinhações são mentirosas. Dizem: ‘O Senhor disse’, quando o Senhor não os enviou.
13.6
Jr 14.14
E ainda esperam que a palavra se cumpra! 7Não é fato que vocês tiveram visões falsas e anunciaram adivinhações mentirosas, quando disseram: ‘O Senhor diz’, sendo que eu não disse nada?”

8— Portanto, assim diz o Senhor Deus: “Como vocês anunciam falsidades e têm visões mentirosas, por isso eu estou contra vocês”,

13.8
Ez 5.8
diz o Senhor Deus. 9“Minha mão será contra os profetas que têm visões falsas e que adivinham mentiras. Não estarão no conselho do meu povo, não serão inscritos nos registros da casa de Israel,
13.9
Sl 69.28
nem entrarão na terra de Israel. E vocês saberão que eu sou o Senhor Deus. 10Porque andam enganando, sim, enganando o meu povo, dizendo: ‘Paz’, quando não há paz.
13.10
Jr 6.14
8.11
E, quando se constrói uma parede sem argamassa, os profetas a cobrem com cal. 11Diga aos que estão aplicando a cal que a parede ruirá. Haverá chuva torrencial. Vocês, pedras de granizo, cairão, e um vento tempestuoso irromperá. 12Quando a parede cair, certamente vão perguntar: ‘Onde está a cal com que vocês a caiaram?’”

13— Portanto, assim diz o Senhor Deus: “No meu furor, mandarei um vento tempestuoso; na minha ira, haverá chuva torrencial; e, na minha indignação, pedras de granizo, para a destruir.

13.13
Is 30.30
Ap 16.21
14Derrubarei a parede que vocês cobriram com cal. Vou arrasá-la, para que apareçam os seus alicerces. Quando a parede cair, vocês serão destruídos no meio dela e saberão que eu sou o Senhor. 15Assim, cumprirei o meu furor contra a parede e contra os que a cobriram com cal. E direi a vocês: ‘Já não existe parede, como também não existem aqueles que a cobriram de cal, 16os profetas de Israel que profetizam a respeito de Jerusalém e para ela têm visões de paz, quando não há paz’”, diz o Senhor Deus.

Contra as falsas profetisas

17— Filho do homem, vire o seu rosto contra as filhas do seu povo que profetizam o que lhes vem do próprio coração.

13.17
Ez 13.2
Profetize contra elas 18e diga: Assim diz o Senhor Deus: “Ai das que costuram fitinhas mágicas para serem usadas em todas as articulações das mãos e fazem véus para cabeças de todo tamanho, para enredarem as pessoas! Vocês querem enredar a vida do meu povo para preservar a própria vida? 19Vocês me profanaram no meio do meu povo por punhados de cevada e por pedaços de pão, para matarem pessoas que não deveriam morrer e para deixarem com vida aqueles que não deveriam viver, mentindo, assim, ao meu povo, que escuta mentiras.”

20— Portanto, assim diz o Senhor Deus: “Eis que eu sou contra as fitinhas mágicas que vocês usam para enredar as pessoas como se fossem pássaros. Eu as arrancarei dos seus braços, e deixarei livres aqueles que vocês enredaram como se fossem pássaros. 21Também rasgarei os véus e livrarei o meu povo das mãos de vocês. Ele nunca mais estará ao alcance de vocês para ser caçado. E vocês, mulheres, saberão que eu sou o Senhor.”

22— “Visto que com mentiras vocês desanimaram o coração do justo, não o havendo eu entristecido, e fortaleceram as mãos do ímpio para que não se desviasse do seu mau caminho e vivesse,

13.22
Jr 23.14
23por isso vocês não terão mais visões falsas, e nunca mais farão adivinhações. Livrarei o meu povo das mãos de vocês, e vocês, mulheres, saberão que eu sou o Senhor.”