Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
35

O sábado

351Moisés convocou toda a congregação dos filhos de Israel e lhes disse:

— São estas as palavras que o Senhor ordenou que se cumprissem: 2Seis dias vocês trabalharão, mas o sétimo dia lhes será santo, o sábado do repouso solene ao Senhor; quem nele trabalhar morrerá. 3Não acendam fogo em nenhuma das suas moradas no dia do sábado.

35.2-3
Êx 20.8-11
23.12
31.15
34.21
Lv 23.3
Dt 5.12-15

Deus manda trazer ofertas para o tabernáculo

Êx 25.1-9

4Moisés disse a toda a congregação dos filhos de Israel:

— Esta é a palavra que o Senhor ordenou, dizendo: 5Separem do que vocês têm uma oferta ao Senhor. Cada um, de coração disposto, voluntariamente a trará por oferta ao Senhor: ouro, prata, bronze, 6pano azul, púrpura, carmesim, linho fino, pelos de cabra, 7peles de carneiro tingidas de vermelho, peles finas, madeira de acácia, 8azeite para a iluminação, especiarias para o óleo da unção e para o incenso aromático, 9pedras de ônix e pedras de engaste para a estola sacerdotal e para o peitoral.

Os utensílios do tabernáculo

Êx 39.32-43

10— Venham todos os homens hábeis entre vocês e façam tudo o que o Senhor ordenou: 11o tabernáculo com a sua tenda e a sua cobertura, os seus ganchos, as suas tábuas, as suas vigas superiores, as suas colunas e as suas bases; 12a arca e os seus cabos, o propiciatório e o véu do cortinado; 13a mesa e os seus cabos, todos os seus utensílios e os pães da proposição; 14o candelabro da iluminação, os seus utensílios, as suas lâmpadas e o azeite para a iluminação; 15o altar do incenso e os seus cabos, o óleo da unção, o incenso aromático e o cortinado da porta à entrada do tabernáculo; 16o altar do holocausto e a sua grelha de bronze, os seus cabos e todos os seus utensílios, a bacia e o seu suporte; 17as cortinas do átrio, as suas colunas, as suas bases e o cortinado da porta do átrio; 18as estacas do tabernáculo, as estacas do átrio e as suas cordas; 19as vestes do ministério para ministrar no santuário, as vestes santas do sacerdote Arão e as vestes de seus filhos, para oficiarem como sacerdotes.

A prontidão do povo em trazer ofertas

20Então toda a congregação dos filhos de Israel saiu da presença de Moisés. 21Todo aquele cujo coração o moveu e cujo espírito o impeliu veio e trouxe a oferta ao Senhor para a obra da tenda do encontro, para todo o seu serviço e para as vestes sagradas. 22Vieram homens e mulheres, todos dispostos de coração. Trouxeram fivelas, pendentes, anéis, braceletes, todos os objetos de ouro; todo homem fazia oferta de ouro ao Senhor. 23E todos os que tinham pano azul, púrpura, carmesim, linho fino, pelos de cabra, peles de carneiro tingidas de vermelho e peles de animais marinhos trouxeram isso também. 24Todo aquele que fazia oferta de prata ou de bronze trazia isso como oferta ao Senhor; e todo aquele que possuía madeira de acácia para toda obra do serviço a trazia também. 25Todas as mulheres hábeis traziam o que, por suas próprias mãos, tinham fiado: pano azul, púrpura, carmesim e linho fino. 26E todas as mulheres cujo coração as moveu em habilidade fiavam os pelos de cabra. 27Os chefes traziam pedras de ônix, pedras de engaste para a estola sacerdotal e para o peitoral, 28as especiarias e o azeite para a iluminação, para o óleo da unção e para o incenso aromático. 29Os filhos de Israel trouxeram oferta voluntária ao Senhor, a saber, todo homem e mulher cujo coração os dispôs para trazerem uma oferta para toda a obra que o Senhor havia ordenado que se fizesse por meio de Moisés.

Deus chama Bezalel e Aoliabe

Êx 31.1-11

30Moisés disse aos filhos de Israel:

— Eis que o Senhor chamou por nome Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, 31e o Espírito de Deus o encheu de habilidade, inteligência e conhecimento em todo artifício, 32para elaborar desenhos e trabalhar em ouro, em prata, em bronze, 33para lapidação de pedras de engaste, para entalho de madeira e para todo tipo de trabalho artesanal. 34Também lhe dispôs o coração para ensinar os outros, tanto a ele como a Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã. 35Encheu-os de habilidade para fazer toda obra de mestre, até a mais engenhosa, e a do bordador em pano azul, em púrpura, em carmesim e em linho fino, e a do tecelão, sim, todo tipo de trabalho e a elaborar desenhos.

36

361Assim, trabalharam Bezalel, Aoliabe e todos os homens hábeis a quem o Senhor tinha dado habilidade e inteligência para saberem fazer toda obra para o serviço do santuário, segundo tudo o que o Senhor havia ordenado.

Moisés entrega as ofertas do povo

2Moisés chamou Bezalel, Aoliabe e todos os homens hábeis em cujo coração o Senhor tinha posto sabedoria, isto é, todos os homens cujo coração os impeliu a vir e fazer a obra. 3Estes receberam de Moisés todas as ofertas que os filhos de Israel haviam trazido para a obra do serviço do santuário, para fazê-la; e, ainda, cada manhã o povo trazia a Moisés ofertas voluntárias. 4Então todos os homens sábios que se ocupavam em toda a obra do santuário deixaram o que faziam, vieram 5e disseram a Moisés:

— O povo traz muito mais do que é necessário para o serviço da obra que o Senhor ordenou que se fizesse.

6Então Moisés ordenou e a ordem foi proclamada no arraial:

— Nenhum homem ou mulher faça mais obra alguma para a oferta do santuário.

Assim, o povo foi proibido de trazer mais. 7Porque o material que tinham era suficiente para toda a obra que se devia fazer e ainda sobrava.

As cortinas do tabernáculo

Êx 26.1-13

8Assim, todos os homens hábeis, entre os que faziam a obra, fizeram o tabernáculo com dez cortinas de linho fino retorcido, pano azul, púrpura e carmesim com querubins; de obra de artista as fizeram. 9O comprimento de cada cortina era de doze metros e meio, e a largura era de um metro e oitenta; todas as cortinas tinham a mesma medida.

10Cinco cortinas eram ligadas umas às outras; e as outras cinco também eram ligadas umas às outras. 11Fizeram laçadas de pano azul na borda da cortina que estava na extremidade do primeiro agrupamento; e fizeram o mesmo com a borda da cortina que estava na extremidade do segundo agrupamento. 12Fizeram cinquenta laçadas numa cortina, e cinquenta laçadas na outra cortina na extremidade do segundo agrupamento; as laçadas eram contrapostas uma à outra. 13Fizeram cinquenta colchetes de ouro, com os quais prenderam as cortinas uma à outra; e o tabernáculo passou a ser um todo.

14Fizeram também de pelos de cabra cortinas para servirem de tenda sobre o tabernáculo; fizeram onze cortinas. 15O comprimento de cada cortina era de treze metros e trinta, e a largura era de um metro e oitenta; as onze cortinas tinham a mesma medida. 16Juntaram cinco cortinas entre si e, de igual modo, as seis restantes. 17Fizeram cinquenta laçadas na borda da cortina que estava na extremidade do primeiro agrupamento e cinquenta laçadas na borda da cortina que estava na extremidade do segundo agrupamento. 18Fizeram também cinquenta colchetes de bronze para ajuntar a tenda, para que viesse a ser um todo. 19Fizeram também de peles de carneiro tingidas de vermelho uma cobertura para a tenda e outra cobertura de peles finas.

A cobertura de peles e as tábuas

Êx 26.14-30

20Fizeram também de madeira de acácia as tábuas para o tabernáculo, as quais eram colocadas verticalmente. 21Cada uma das tábuas tinha quatro metros e meio de comprimento e sessenta e sete centímetros de largura. 22Cada tábua tinha dois encaixes, para que se pudesse unir uma tábua à outra; assim fizeram com todas as tábuas do tabernáculo. 23No preparar as tábuas para o tabernáculo, colocaram vinte delas para o lado sul. 24Fizeram também quarenta bases de prata debaixo das vinte tábuas: duas bases debaixo de uma tábua para os seus dois encaixes e duas bases debaixo de outra tábua para os seus dois encaixes. 25Também fizeram vinte tábuas ao outro lado do tabernáculo, para o lado norte, 26com as suas quarenta bases de prata: duas bases debaixo de uma tábua e duas bases debaixo de outra tábua. 27Para o lado posterior do tabernáculo, o lado oeste, fizeram seis tábuas. 28Fizeram também duas tábuas para os cantos do tabernáculo, na parte posterior, 29as quais, por baixo, estavam separadas, mas, em cima, se ajustavam à primeira argola; assim se fez com as duas tábuas nos dois cantos. 30Assim eram as oito tábuas com as suas bases de prata, dezesseis bases: duas bases debaixo de uma tábua e duas debaixo de outra tábua.

31Fizeram também travessas de madeira de acácia; cinco para as tábuas de um lado do tabernáculo, 32cinco para as tábuas do outro lado do tabernáculo e cinco para as tábuas do tabernáculo ao lado posterior, que olha para o oeste. 33A travessa do meio passava ao meio das tábuas, de uma extremidade à outra. 34Revestiram de ouro as tábuas e de ouro fizeram as suas argolas, pelas quais passavam as travessas, que também foram revestidas de ouro.

O véu, o cortinado e as colunas

Êx 26.31-37

35Fizeram também um véu de pano azul, púrpura, carmesim e linho fino retorcido; fizeram-no com querubins, obra de artista. 36Penduraram esse véu em quatro colunas de madeira de acácia, revestidas de ouro; os seus colchetes eram de ouro, sobre quatro bases de prata. 37Fizeram também para a porta da tenda um cortinado de pano azul, púrpura, carmesim e linho fino retorcido, obra de bordador, 38e as suas cinco colunas, e os seus colchetes. Revestiram de ouro as suas cabeças e as suas molduras, mas as suas cinco bases eram de bronze.

37

A arca da aliança

Êx 25.10-15

371Bezalel fez também a arca de madeira de acácia, de um metro e dez de comprimento, sessenta e seis centímetros de largura e sessenta e seis de altura. 2Ele a revestiu de ouro puro, por dentro e por fora, e pôs um remate de ouro ao redor. 3Fundiu para ela quatro argolas de ouro e fixou-as nos quatro cantos da arca: duas argolas num lado dela e duas argolas no outro lado. 4Fez também cabos grossos de madeira de acácia e os revestiu de ouro. 5Passou os cabos pelas argolas nos lados da arca, para que ela pudesse ser carregada por meio deles.

O propiciatório

Êx 25.17-22

6Fez também o propiciatório de ouro puro, de um metro e dez de comprimento e sessenta e seis centímetros de largura. 7Fez também dois querubins de ouro, nas duas extremidades do propiciatório. 8Um querubim, na extremidade de uma parte, e o outro, na extremidade da outra parte; de uma só peça com o propiciatório fez os querubins nas duas extremidades dele. 9Os querubins estendiam as asas por cima, cobrindo com elas o propiciatório. Estavam de frente um para o outro, olhando para o propiciatório.

A mesa dos pães da proposição

Êx 25.23-30

10Fez também a mesa de madeira de acácia. Tinha o comprimento de oitenta e oito centímetros, a largura de quarenta e quatro centímetros, e a altura de sessenta e seis centímetros. 11Revestiu-a de ouro puro e pôs um remate de ouro ao redor. 12Também lhe fez uma borda ao redor, da largura de quatro dedos, e pôs um remate ao redor da borda. 13Também fez quatro argolas de ouro e fixou-as nos quatro cantos que estavam nos quatro pés da mesa. 14Perto da borda estavam as argolas, como lugares para os cabos, para carregar a mesa. 15Fez os cabos de madeira de acácia e revestiu-os de ouro, para que a mesa pudesse ser carregada por meio deles. 16Também fez de ouro puro os utensílios que deveriam estar sobre a mesa: os seus pratos, os seus recipientes para incenso, as suas jarras e as suas taças em que seriam oferecidas as libações.

O candelabro

Êx 25.31-39

17Fez também o candelabro de ouro puro; de ouro batido o fez. O seu pedestal, a sua haste, os seus cálices, as suas maçanetas e as suas flores formavam com ele uma só peça. 18Seis hastes saíam dos lados do candelabro; três de um lado e três do outro. 19Numa haste havia três cálices com formato de amêndoas, uma maçaneta e uma flor; na outra haste havia três cálices com formato de amêndoas, uma maçaneta e uma flor; assim eram as seis hastes que saíam do candelabro. 20Mas no candelabro mesmo havia quatro cálices com formato de amêndoas, com suas maçanetas e com suas flores. 21Havia uma maçaneta sob duas hastes que saíam dele; e ainda uma maçaneta sob duas outras hastes que saíam dele; e ainda mais uma maçaneta sob duas outras hastes que saíam dele; assim se fez com as seis hastes que saíam do candelabro. 22As maçanetas e as hastes do candelabro formavam uma só peça com o mesmo; tudo era de uma só peça, obra batida de ouro puro. 23Fez também as sete lâmpadas do candelabro. As suas tesouras de cortar pavios e os seus apagadores eram de ouro puro. 24Com trinta e quatro quilos de ouro puro se fez o candelabro com todos os seus utensílios.

O altar do incenso

Êx 30.1-10

25Fez de madeira de acácia o altar do incenso. Era quadrado, tendo quarenta e cinco centímetros de comprimento e quarenta e cinco de largura; a altura era de noventa centímetros. Os chifres formavam uma só peça com ele. 26Revestiu-o de ouro puro, a parte superior, as paredes ao redor e os chifres; pôs também um remate de ouro ao redor. 27Fez também duas argolas de ouro e colocou-as debaixo do remate, de ambos os lados. Por essas argolas foram passados os cabos, para que se pudesse levar o altar. 28Fez esses cabos de madeira de acácia, revestindo-os de ouro.

O óleo sagrado e o incenso santo

Êx 30.22-38

29Fez também o óleo sagrado para a unção e o incenso aromático, puro, segundo a arte do perfumista.