Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)

81Quem é como o sábio? E quem sabe a interpretação das coisas? A sabedoria faz reluzir o rosto de uma pessoa e muda a dureza do seu semblante.

A obediência ao rei

2Eu digo a você: observe o mandamento do rei,

8.2
Pv 24.21
e isso por causa do juramento que você fez diante de Deus. 3Não tenha pressa em sair da presença dele, nem insista em fazer o que é mau, porque ele faz o que bem entende. 4Porque a palavra do rei tem autoridade suprema. Quem pode lhe perguntar: “O que você está fazendo?” 5Quem guarda o mandamento não experimenta nenhum mal; e o coração do sábio conhece o tempo e o modo certo de agir. 6Porque há um tempo e um modo para todo propósito; porque é grande o mal que pesa sobre o ser humano.
8.6
Ec 3.1,17

7Ninguém sabe o que vai acontecer. Pois quem poderá lhe dizer o que vai acontecer?

8.7
Ec 6.12
8Não há ninguém que tenha domínio sobre o espírito8.8 Ou vento para o reter; nem tampouco quem tenha poder sobre o dia da morte.
8.8
Jó 14.5
Não há como escapar desse combate, e a maldade não poderá livrar os que a praticam. 9Tudo isso vi quando comecei a pensar no que se faz debaixo do sol. Há um tempo em que uma pessoa tem domínio sobre outra pessoa, para seu próprio mal.

As desigualdades da vida

10Assim também vi os ímpios serem sepultados com honra, ao passo que os que frequentavam o lugar santo foram esquecidos na cidade onde fizeram o bem. Também isto é vaidade. 11Como não se executa logo a sentença contra uma obra má, o coração humano está inteiramente disposto a praticar o mal. 12Ainda que o pecador faça o mal cem vezes, e a vida dele se prolongue, eu sei com certeza que tudo correrá bem para os que temem a Deus. 13Mas nada correrá bem para o ímpio, e ele não prolongará os seus dias; será como a sombra, visto que não teme a Deus.

14Ainda há outra vaidade sobre a terra: justos que são tratados segundo as obras dos ímpios, e ímpios que são tratados segundo as obras dos justos.

8.14
Ec 7.15
Digo que também isto é vaidade.

15Por isso exalto a alegria, porque para o ser humano não há nada melhor debaixo do sol do que comer, beber e alegrar-se;

8.15
Ec 2.24
3.12-13
5.18
pois isso o acompanhará no seu trabalho nos dias da vida que Deus lhe dá debaixo do sol.

16Quando me dediquei a conhecer a sabedoria e a ver o trabalho que há sobre a terra — pois nem de dia nem de noite se consegue conciliar o sono —, 17contemplei toda a obra de Deus e vi que o ser humano não pode compreender a obra que se faz debaixo do sol; por mais que se esforce para a descobrir, não a entenderá; e, ainda que o sábio diga que conseguirá conhecê-la, nem por isso a poderá achar.