Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
33

A bênção de Moisés

331Esta é a bênção que Moisés, homem de Deus, deu aos filhos de Israel, antes da sua morte. 2Ele disse:

“O Senhor veio do Sinai

e lhes alvoreceu de Seir;

33.2
Jz 5.4

resplandeceu desde o monte Parã.

Ele veio das miríades de santos;

à sua direita, havia para eles o fogo da lei.

3Na verdade, amas os povos;

todos os teus santos estão na tua mão;

eles se colocam a teus pés

e aprendem das tuas palavras.

4Moisés nos deu a Lei,

a herança da congregação de Jacó.

5O Senhor se tornou rei em Jesurum,33.5 Veja nota em Dt 32.15

quando se congregaram os chefes do povo

com as tribos de Israel.”

6“Que Rúben viva e não morra;

e que não sejam poucos os seus homens!”

7Isto é o que disse de Judá:

“Ouve, ó Senhor, a voz de Judá

e faze com que volte ao seu povo;

com as tuas mãos, luta por ele

e sê tu ajuda contra os seus inimigos.”

8De Levi disse:

“Dá, ó Deus, o teu Tumim e o teu Urim

33.8
Êx 28.30

para o homem fidedigno,

que tu provaste em Massá,

33.8
Êx 17.7

com quem discutiste nas águas de Meribá;

33.8
Êx 17.7
Nm 20.13

9aquele que disse a seu pai e a sua mãe:

‘Nunca os vi’;

e que não conheceu os seus irmãos

33.9
Êx 32.27-29

e não estimou os seus filhos,

pois guardou a tua palavra

e observou a tua aliança.

10Ensina os teus juízos a Jacó

e a tua lei, a Israel;

33.10
Lv 10.11

oferece incenso às tuas narinas

e holocausto, sobre o teu altar.

33.10
Lv 16.12-13

11Abençoa o seu poder, ó Senhor,

e aceita a obra das suas mãos;

fere os lombos dos que se levantam contra ele e o odeiam,

para que nunca mais se levantem.”

12De Benjamim disse:

“O amado do Senhor habitará seguro com ele;

todo o dia o Senhor o protegerá,

e ele descansará nos seus braços.”

13De José disse:

“Bendita do Senhor seja a sua terra,

com o que é mais excelente dos céus,

do orvalho e das profundezas;

14com o que é mais excelente daquilo que o sol amadurece

e daquilo que os meses produzem;

15com o que é mais excelente dos montes antigos

e mais excelente das colinas eternas;

16com o que é mais excelente da terra e da sua plenitude

e da bondade daquele que apareceu na sarça.

33.16
Êx 3.2

Que tudo isto venha sobre a cabeça de José,

sobre a cabeça do príncipe entre seus irmãos.

17Ele tem a imponência do primogênito de um touro,

e os seus chifres são como os de um boi selvagem;

com eles rechaçará todos os povos

até as extremidades da terra.

Tais, pois, são as miríades de Efraim,

e tais são os milhares de Manassés.”

18De Zebulom disse:

“Alegre-se, Zebulom, nas suas viagens,

e você, Issacar, nas suas tendas.

19Os dois chamarão os povos ao monte;

ali oferecerão sacrifícios aceitáveis,

porque sugam a abundância dos mares

e os tesouros escondidos da areia.”

20De Gade disse:

“Bendito aquele que expande o território de Gade!

Como leoa ele fica à espreita

e despedaça o braço e o alto da cabeça.

21Ficou com a melhor parte,

porque ali estava escondida a porção que cabe ao chefe;

ele veio com os chefes do povo,

executou a justiça do Senhor

e os seus juízos para com Israel.”

22De Dã disse:

“Dã é um leãozinho

que vem saltando de Basã.”

23De Naftali disse:

“Naftali receberá favores

e, cheio da bênção do Senhor,

possuirá o lago e o Sul.”

24De Aser disse:

“Bendito seja Aser entre os filhos de Jacó!

Que ele seja favorecido pelos seus irmãos

e banhe em azeite os seus pés.

25Sejam de ferro e de bronze os seus ferrolhos,

e que a sua paz dure como os seus dias.”

26“Não há ninguém como Deus, ó Jesurum!

Ele cavalga sobre os céus para ajudar você

e com a sua alteza, sobre as nuvens.

27O Deus eterno

33.27
Sl 90.2
é a sua habitação

e, por baixo de você, ele estende os braços eternos.

Ele expulsou os inimigos de diante de você

e disse: ‘Destrua-os’.

28Israel, pois, habitará seguro,

a fonte de Jacó habitará a sós

numa terra de cereal e de vinho;

e os seus céus destilarão orvalho.”

29“Feliz é você, ó Israel!

Quem é como você?

Povo salvo pelo Senhor,

que é o escudo que o socorre,

33.29
Gn 15.1
Sl 33.20

a espada que lhe dá alteza.

Assim, os seus inimigos se sujeitarão a você,

e você pisará os seus altos.”

34

A morte de Moisés

341Então Moisés subiu das campinas de Moabe ao monte Nebo, ao alto do monte Pisga, que está em frente de Jericó. E o Senhor lhe mostrou toda a terra de Gileade até Dã; 2e todo o Naftali, e a terra de Efraim e Manassés; e toda a terra de Judá até o mar ocidental; 3e o Neguebe e a campina do vale de Jericó, a cidade das palmeiras, até a região de Zoar. 4E o Senhor disse a Moisés:

— Esta é a terra que, sob juramento, prometi a Abraão,

34.4
Gn 12.7
a Isaque
34.4
Gn 26.3
e a Jacó,
34.4
Gn 28.13
dizendo que a daria à descendência deles. Estou permitindo que você a veja com os seus próprios olhos, mas você não entrará nela.
34.4
Dt 3.27

5Assim Moisés, servo do Senhor, morreu ali, na terra de Moabe, segundo a palavra do Senhor. 6Este o sepultou num vale, na terra de Moabe, diante de Bete-Peor, mas até hoje ninguém sabe o lugar da sua sepultura. 7Moisés tinha cento e vinte anos quando morreu, mas os seus olhos não se haviam enfraquecido, e ele não havia perdido o vigor. 8Os filhos de Israel prantearam Moisés durante trinta dias, nas campinas de Moabe; então se cumpriram os dias do pranto do luto por Moisés.

9Josué, filho de Num, estava cheio do espírito de sabedoria, porque Moisés havia imposto as mãos sobre ele.

34.9
Nm 27.18,23
Assim, os filhos de Israel lhe deram ouvidos e fizeram como o Senhor havia ordenado a Moisés.

10Nunca mais se levantou em Israel um profeta como Moisés, com quem o Senhor tratava face a face.

34.10
Êx 33.11
Nm 12.8
11Nunca houve ninguém que fizesse todos os sinais e maravilhas que, por ordem do Senhor, ele fez na terra do Egito, a Faraó, a todos os seus oficiais e a toda a sua terra. 12Nunca houve quem tivesse tanto poder e fizesse os grandes e terríveis feitos que Moisés realizou à vista de todo o Israel.