Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
2

O interesse de Paulo pelos colossenses

21Quero que saibam quão grande tem sido a nossa luta por vocês, pelos que moram em Laodiceia

2.1
Cl 4.13
Ap 3.14
e por muitos outros que não me viram face a face. 2Faço isto para que o coração deles seja consolado e para que eles, vinculados em amor, tenham toda a riqueza da plena convicção do entendimento, para conhecimento do mistério
2.2
Cl 1.26
de Deus, que é Cristo, 3em quem estão ocultos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento. 4Digo isso a vocês para que ninguém os engane com argumentos falaciosos. 5Porque, embora ausente em pessoa, em espírito estou com vocês, alegrando-me e verificando a boa ordem de vocês e a firmeza da fé que têm em Cristo.

A plenitude da vida em Cristo

6Portanto, assim como vocês receberam Cristo Jesus, o Senhor, continuem a viver nele, 7estando enraizados e edificados nele,

2.7
Ef 3.17
e confirmados na fé, como foi ensinado a vocês, crescendo em ação de graças.

8Tenham cuidado para que ninguém venha a enredá-los com sua filosofia e vãs sutilezas,

2.8
Ef 5.6
conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo
2.8
Gl 4.3
e não segundo Cristo. 9Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade.
2.9
Jo 1.14
2Co 5.19
Cl 1.19
10Também, nele, vocês receberam a plenitude. Ele é o cabeça de todo principado e potestade.
2.10
Ef 1.21
11Nele também vocês foram circuncidados,
2.11
Rm 2.29
Fp 3.3
não com uma circuncisão feita por mãos humanas, mas pela remoção do corpo da carne, que é a circuncisão de Cristo, 12tendo sido sepultados juntamente com ele no batismo,
2.12
Rm 6.4
no qual vocês também foram ressuscitados por meio da fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos.
2.12
Ef 1.20
13E quando vocês estavam mortos nos seus pecados e na incircuncisão da carne, ele lhes deu vida juntamente com Cristo, perdoando todos os nossos pecados.
2.13
Ef 2.1,5
14Cancelando o escrito de dívida que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, cravando-o na cruz. 15E, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando
2.15
2Co 2.14
sobre eles na cruz.

16Portanto, que ninguém julgue vocês por causa de comida e bebida,

2.16
Rm 14.3,17
ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados, 17porque tudo isso tem sido sombra
2.17
Hb 10.1
das coisas que haviam de vir; porém o corpo é de Cristo. 18Não deixem que ninguém se faça de árbitro para desqualificar vocês, com pretexto de humildade e culto de anjos, baseando-se em visões, estando cheio de orgulho, sem motivo algum, na sua mente carnal, 19e não retendo a cabeça, a partir da qual todo o corpo, suprido e bem-vinculado por suas juntas e ligamentos, cresce o crescimento que vem de Deus.
2.19
Ef 4.16

A nova vida em Cristo

20Se vocês morreram

2.20
Rm 6.2
com Cristo para os rudimentos do mundo, por que se sujeitam a regras, como se ainda vivessem no mundo? 21“Não toque nisto”, “não coma disso”, “não pegue naquilo”. 22Todas estas coisas se destroem com o uso; são preceitos e doutrinas dos homens.
2.22
Mc 7.7
23De fato, essas coisas têm aparência de sabedoria, ao promoverem um culto que as pessoas inventam, falsa humildade e tratamento austero do corpo. Mas elas não têm valor algum na luta contra as inclinações da carne.
2.23
Rm 13.14

3

As coisas do alto

31Portanto, se vocês foram ressuscitados juntamente com Cristo,

3.1
Cl 2.12
busquem as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus.
3.1
Sl 110.1
Rm 8.34
2Pensem nas coisas lá do alto, e não nas que são aqui da terra.
3.2
Fp 3.19
3Porque vocês morreram, e a vida de vocês está oculta juntamente com Cristo, em Deus. 4Quando Cristo, que é a vida de vocês, se manifestar,
3.4
1Jo 3.2
então vocês também serão manifestados com ele, em glória.
3.4
Fp 3.21

A velha natureza e a nova natureza

5Portanto, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena: imoralidade sexual, impureza, paixões, maus desejos e a avareza, que é idolatria; 6por causa destas coisas é que vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.

3.6
Ef 5.6
7Vocês também andaram nessas mesmas coisas, no passado, quando viviam nelas.
3.7
Ef 2.2
Tt 3.3
8Agora, porém, abandonem igualmente todas estas coisas: ira, indignação, maldade, blasfêmia, linguagem obscena no falar. 9Não mintam uns aos outros, uma vez que vocês se despiram da velha natureza
3.9
Rm 6.6
Ef 4.22
com as suas práticas 10e se revestiram da nova natureza que se renova para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que a criou.
3.10
Ef 4.24
11Aqui não pode haver mais grego e judeu, circuncisão e incircuncisão, bárbaro, cita, escravo, livre, mas Cristo é tudo e está em todos.
3.11
Gl 3.28

12Portanto, como eleitos de Deus, santos e amados, revistam-se de profunda compaixão, de bondade, de humildade, de mansidão, de paciência. 13Suportem-se uns aos outros e perdoem-se mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outra pessoa. Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem também uns aos outros.

3.13
Ef 4.32
14Acima de tudo isto, porém, esteja o amor,
3.14
Rm 13.8
1Co 16.14
que é o vínculo da perfeição. 15Que a paz
3.15
Jo 14.27
Fp 4.7
de Cristo seja o árbitro no coração de vocês, pois foi para essa paz que vocês foram chamados em um só corpo.
3.15
Rm 12.5
E sejam agradecidos. 16Que a palavra de Cristo habite ricamente em vocês. Instruam e aconselhem-se mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus com salmos, hinos e cânticos espirituais, com gratidão no coração. 17E tudo o que fizerem, seja em palavra, seja em ação, façam em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
3.16-17
Ef 5.19-20

Os deveres em casa

18Esposas,

3.18
Ef 5.22
1Pe 3.1
que cada uma de vocês se sujeite a seu próprio marido, como convém no Senhor.

19Maridos,

3.19
Ef 5.25-28
1Pe 3.7
que cada um de vocês ame a sua esposa e não a trate com amargura.

20Filhos,

3.20
Ef 6.1
em tudo obedeçam a seus pais, pois fazer isso é agradável diante do Senhor.

21Pais,

3.21
Ef 6.4
não irritem os seus filhos, para que eles não fiquem desanimados.

22Servos,

3.22
Ef 6.5-6
1Pe 2.18
obedeçam em tudo a seus senhores aqui na terra, não servindo apenas quando estão sendo vigiados, visando somente agradar pessoas, mas com sinceridade de coração, temendo o Senhor. 23Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor e não para as pessoas, 24sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo. 25E quem fizer injustiça receberá em troca a injustiça feita. E nisto ninguém será tratado com parcialidade.
3.25
Rm 2.11

4

41Senhores, tratem os seus servos com justiça e igualdade, sabendo que também vocês têm um Senhor no céu.

4.1
Ef 6.9

Conselhos finais

2Continuem a orar,

4.2
Rm 12.12
vigiando em oração com ação de graças. 3Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus nos abra uma porta à palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual também estou algemado. 4Orem para que eu torne esse mistério conhecido, como me cumpre fazer.
4.4
Ef 6.19-20

5Sejam sábios no modo de agir com os que são de fora e aproveitem bem o tempo.

4.5
Ef 5.15-16
6Que a palavra dita por vocês seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibam como devem responder a cada um.
4.6
1Pe 3.15

Saudações

7Quanto à minha situação, Tíquico, irmão amado, fiel ministro e conservo no Senhor, lhes dará todas as informações. 8Eu o estou enviando com o expresso propósito de lhes dar conhecimento da nossa situação e de alentar o coração de vocês.

4.7-8
At 20.4
Ef 6.21-22
2Tm 4.12
9Com ele estou enviando Onésimo,
4.9
Fm 10-12
o fiel e amado irmão, que é da igreja de vocês. Eles contarão a vocês tudo o que está acontecendo aqui.

10Aristarco,

4.10
At 19.29
27.2
Fm 24
que está preso comigo, manda saudações; e também Marcos,
4.10
At 12.12,25
13.13
15.37-39
primo de Barnabé. A respeito dele vocês já receberam instruções; se ele for até aí, recebam-no bem.

11Também Jesus, conhecido por Justo, manda saudações. Estes são os únicos da circuncisão que cooperam pessoalmente comigo pelo Reino de Deus. Eles têm sido o meu consolo.

12Epafras,

4.12
Cl 1.7
Fm 23
que é da igreja de vocês, manda saudações. Ele é um servo de Cristo Jesus que está sempre lutando por vocês em oração, para que vocês se conservem maduros e plenamente convictos em toda a vontade de Deus. 13E posso testemunhar a respeito de Epafras de que muito se empenha por vocês, pelos de Laodiceia e pelos de Hierápolis.

14Lucas,

4.14
2Tm 4.11
Fm 24
o médico amado, e também Demas
4.14
2Tm 4.10
Fm 24
mandam saudações.

15Saúdem os irmãos de Laodiceia, bem como Ninfa e a igreja que se reúne na casa dela. 16E, depois que esta carta tiver sido lida entre vocês, façam com que seja lida também na igreja dos laodicenses. E vocês, leiam também a carta que vier de Laodiceia. 17E digam a Arquipo:

4.17
Fm 2
“Atente para o ministério que você recebeu no Senhor, cumprindo bem a sua tarefa.”

18A saudação é de próprio punho: Paulo. Lembrem-se das minhas algemas.

Bênção

A graça esteja com vocês.