Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
4

Ameaças contra as mulheres de Samaria

41“Ouçam esta palavra,

vacas de Basã,

vocês que estão

no monte de Samaria,

que oprimem os pobres,

esmagam os necessitados

e dizem aos maridos:

‘Tragam vinho, e vamos beber!’

2O Senhor Deus jurou

pela sua santidade

que virão dias em que vocês

serão arrastadas com ganchos;

4.2
Is 37.29
Ez 38.4

até as últimas de vocês

serão levadas

com anzóis de pesca.

3Vocês sairão em fila pelas brechas

e serão lançadas

na direção do monte Hermom”,

diz o Senhor.

A cegueira espiritual de Israel

4“Venham a Betel e pequem!

Venham a Gilgal

e pequem ainda mais!

Cada manhã,

tragam os seus sacrifícios

e, de três em três dias,

os seus dízimos!

5Ofereçam sacrifícios de louvor

com pão levedado

4.5
Lv 7.13

e proclamem ofertas voluntárias!

4.5
Lv 22.18-21

Tornem isso público,

porque é disso que vocês gostam,

ó filhos de Israel”,

diz o Senhor Deus.

6“Também deixei

que vocês ficassem

sem ter o que mastigar

em todas as suas cidades

e com falta de pão

em todos os lugares,

4.6
Is 3.1

mas vocês não se converteram

a mim”,

diz o Senhor.

7“Além disso, retive a chuva,

faltando ainda três meses

para a colheita.

Fiz chover sobre uma cidade

e sobre a outra, não;

4.7
Jr 3.3

um campo teve chuva,

mas o outro, que ficou sem chuva,

secou.

8Pessoas de duas ou três cidades

se dirigiram a outra cidade

para beber água,

sem conseguirem matar a sede,

4.8
Ez 4.16

mas vocês não se converteram

a mim”,

diz o Senhor.

9“Eu os castiguei

com o crestamento4.9 Queimadura causada pelo calor do sol

e a ferrugem.

4.9
Dt 28.22

Os gafanhotos devoraram

as hortas e as vinhas,

as figueiras e as oliveiras,

mas vocês não se converteram

a mim”,

diz o Senhor.

10“Enviei a peste contra vocês,

assim como havia feito no Egito.

4.10
Dt 28.27

Matei os seus jovens à espada,

deixei que os seus cavalos

fossem capturados,

e fiz com que o mau cheiro

dos acampamentos

chegasse aos seus narizes,

mas vocês não se converteram

a mim”,

diz o Senhor.

11“Destruí alguns de vocês,

como Deus destruiu Sodoma

e Gomorra.

4.11
Gn 19.24

Vocês foram como um toco de lenha

tirado do fogo,

mas não se converteram a mim”,

diz o Senhor.

12“Portanto, assim farei

com você, Israel!

E, porque farei isso com você,

prepare-se, ó Israel,

para se encontrar com o seu Deus!

13Porque é ele

quem forma os montes,

4.13
Sl 65.6

cria o vento

4.13
Jr 10.13

e declara aos seres humanos

qual é o seu pensamento;

4.13
Am 3.7

ele faz da manhã trevas

4.13
Am 5.8

e anda sobre os altos da terra;

4.13
Mq 1.3

Senhor, Deus dos Exércitos,

é o seu nome.”

5

Busquem o Senhor e vocês viverão

51Ouçam esta palavra que falo contra vocês, ó casa de Israel. É uma lamentação.

2“Caiu a virgem de Israel,

para nunca mais se levantar!

Está estendida na sua própria terra,

e não há quem a levante.”

5.2
Jr 14.17

3Porque assim diz o Senhor Deus:

“A cidade da qual saem mil

conservará apenas cem,

e aquela da qual saem cem

conservará apenas dez

para a casa de Israel.”

4Pois assim diz o Senhor à casa de Israel:

“Busquem a mim

5.4
Dt 4.29
Is 55.6
Jr 29.13
e vocês viverão.

5Porém não busquem Betel,

nem venham a Gilgal,

nem passem a Berseba.

Porque Gilgal certamente

será levada cativa,

e Betel será reduzida a nada.

6Busquem o Senhor

e vocês viverão.

Do contrário, ele irromperá

na casa de José

como um fogo que a consome,

e não haverá em Betel

quem consiga apagá-lo.

7Vocês que transformam

o juízo em veneno

e lançam por terra a justiça,

8busquem aquele que fez

o Sete-estrelo e o Órion;

5.8
Jó 9.9
38.31

aquele que torna

as densas trevas em manhã

e muda o dia em noite;

5.8
Am 4.13

aquele que chama as águas do mar

e as derrama sobre a terra;

Senhor é o seu nome.

9É ele que faz vir

súbita destruição sobre o forte

e ruína contra a fortaleza.”

10“Vocês odeiam

quem os repreende no tribunal

5.10
Is 29.21

e detestam quem fala

com sinceridade.

11Portanto, visto que pisam

os pobres

e deles exigem tributo de trigo,

vocês não habitarão nas casas

de pedras lavradas

que construíram,

5.11
Am 3.15

nem beberão o vinho

das belas videiras

que plantaram.

5.11
Dt 28.30,39
Mq 6.15

12Porque sei que são muitas

as suas transgressões

e que são graves os pecados

que vocês cometem.

Vocês afligem os justos,

aceitam suborno

e rejeitam as causas

dos necessitados no tribunal.

5.12
Is 1.23
5.23
Am 2.6

13Por isso, numa época

de tanta corrupção,

quem é prudente

prefere ficar calado.”

14“Busquem o bem e não o mal,

para que vocês vivam.

5.14
Am 5.6

E assim o Senhor,

o Deus dos Exércitos,

estará com vocês,

como vocês dizem.

15Odeiem o mal

5.15
Sl 97.10
e amem o bem.

Promovam a justiça nos tribunais.

Talvez o Senhor,

o Deus dos Exércitos,

se compadeça do remanescente

de José.”

5.15
Jl 2.14

16Portanto, assim diz o Senhor, o Senhor, Deus dos Exércitos:

“Em todas as praças haverá pranto,

e em todas as ruas dirão: ‘Ai! Ai!’

Chamarão os lavradores

para o pranto

e, para o choro,

os que sabem prantear.

5.16
Jr 9.17

17Em todas as vinhas

haverá pranto,

5.17
Is 16.10
Jr 48.33

porque passarei

pelo meio de vocês”,

diz o Senhor.

O Dia do Senhor

18“Ai dos que desejam

o Dia do Senhor!

Para que vocês desejam

o Dia do Senhor?

Será um dia de trevas

e não de luz.

5.18
Jl 2.1-2

19Será como se um homem

fugisse de um leão

e lhe saísse ao encontro um urso;

ou como se, entrando em casa

e encostando a mão na parede,

fosse mordido por uma cobra.

5.19
Is 24.17-18

20O dia do Senhor será

um dia de trevas e não de luz!

Será um dia

de completa escuridão,

sem nenhuma claridade!”

Deus exige justiça e não sacrifícios

21“Eu odeio e desprezo

as suas festas

e com as suas reuniões solenes

não tenho nenhum prazer.

22Mesmo que vocês me ofereçam

holocaustos e ofertas de cereais,

não me agradarei deles.

Quanto às suas ofertas pacíficas

de animais gordos,

nem sequer olharei para elas.

5.21-22
Is 1.11-14

23Afastem de mim

o barulho dos seus cânticos,

porque não ouvirei

as melodias das suas liras.

24Em vez disso,

corra o juízo como as águas,

e a justiça,

como um ribeiro perene.”

5.24
Mq 6.8

25— Casa de Israel, por acaso vocês me apresentaram sacrifícios e ofertas de cereais durante os quarenta anos no deserto? 26Pelo contrário, levaram o seu rei Sicute e Quium, o seu deus-estrela, imagens que vocês fizeram para si mesmos. 27Por isso, vou mandar vocês ao exílio para além de Damasco, diz o Senhor, cujo nome é Deus dos Exércitos.

5.25-27
At 7.42-43

6

A corrupção e a destruição de Israel

61“Ai dos que andam

à vontade em Sião

6.1
Is 32.9

e dos que vivem sem receio

no monte de Samaria,

homens notáveis

da principal das nações,

aos quais se dirige a casa de Israel!

2Vão à cidade de Calné e olhem.

Dali, vão à grande cidade

de Hamate

e, depois, desçam até

Gate dos filisteus.

Será que eles são melhores

do que os reinos de vocês?

Ou será que o território deles

é maior do que o de vocês?

3Vocês imaginam que o dia mau

está longe,

mas estão fazendo com que

o trono da violência

se aproxime.

4Vocês dormem

em camas de marfim

e se espreguiçam

sobre os seus leitos.

Comem os cordeiros do rebanho

e os bezerros

que estão na engorda.

5Ficam cantando à toa

ao som da lira

e, como Davi, inventam

instrumentos musicais.

6Bebem vinho em taças

e se ungem

com o mais excelente óleo,

mas não se afligem

com a ruína de José.

7Portanto, vocês estarão

entre os primeiros que serão

levados para o cativeiro,

e cessarão as festanças

dos que gostam

de se espreguiçar.”

8O Senhor Deus jurou por si mesmo. O Senhor, o Deus dos Exércitos, diz:

“Eu detesto o orgulho de Jacó

e odeio os seus palácios.

Abandonarei a cidade

e tudo o que nela há.”

9Se numa casa ficarem dez homens, também esses morrerão. 10E, se um parente chegado, o qual os há de queimar, pega os cadáveres para os levar para fora da casa e pergunta ao que estiver lá dentro: “Há mais alguém com você?” E este responder: “Não, não há”; então lhe dirá: “Cale-se! Não mencione o nome do Senhor.”

11Pois eis que o Senhor ordena,

e será destroçada

a casa grande,

e a pequena será feita

em pedaços.

12“Será que os cavalos podem

correr sobre as rochas?

Será que é possível lavrá-las

com bois?

No entanto, vocês transformaram

o juízo em veneno

e o fruto da justiça, em alosna.

6.12
Am 5.7

13Vocês se alegram por terem

conquistado Lo-Debar,6.13 Lo-Debar significa “nada” e dizem:

‘Não é fato que,

com as nossas próprias forças,

nos apoderamos de Carnaim?’6.13 Carnaim significa “dois chifres”. O chifre simbolizava poder

14Pois eis que trarei contra vocês,

ó casa de Israel, uma nação

que os oprimirá,

desde a entrada de Hamate

até o ribeiro da Arabá”,

6.14
2Rs 14.25

diz o Senhor,

o Deus dos Exércitos.