Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
14

O reinado de Amazias, de Judá

2Cr 25.1-24

141No segundo ano do reinado de Jeoás, filho de Jeoacaz, rei de Israel, Amazias, filho de Joás, rei de Judá, começou a reinar. 2Tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar e reinou vinte e nove anos em Jerusalém. A mãe dele se chamava Jeoadã e era de Jerusalém. 3Amazias fez o que era reto aos olhos do Senhor, ainda que não como Davi, seu pai; mas fez segundo tudo o que o seu pai Joás havia feito. 4Apenas os lugares altos não foram tirados, e o povo ainda sacrificava e queimava incenso nesses altos.

5Logo que o reino foi confirmado nas suas mãos, matou os servos que tinham assassinado o rei, seu pai.

14.5
2Rs 12.20
6No entanto, não matou os filhos dos assassinos, mas fez segundo está escrito no Livro da Lei de Moisés, no qual o Senhor deu ordem, dizendo: “Os pais não serão mortos por causa dos filhos, nem os filhos serão mortos por causa dos pais; cada qual será morto pelo seu próprio pecado.”
14.6
Dt 24.16

7Amazias matou dez mil edomitas no vale do Sal e conquistou a cidade de Sela na guerra, dando-lhe o nome de Jocteel, que ela conserva até o dia de hoje.

8Então Amazias enviou mensageiros a Jeoás, filho de Jeoacaz, filho de Jeú, rei de Israel, dizendo:

— Venha me enfrentar no campo de batalha.

9Porém Jeoás, rei de Israel, respondeu a Amazias, rei de Judá:

— O espinheiro que está no Líbano mandou dizer ao cedro que lá está: “Dê a sua filha por mulher ao meu filho.” Mas um animal selvagem, que estava no Líbano, passou e pisoteou o espinheiro. 10Na verdade, você derrotou os edomitas, e o seu coração se encheu de orgulho. Glorie-se disso e fique em casa. Por que provocar um mal que trará somente desgraça para você e para Judá?

11Mas Amazias não quis atendê-lo. Então Jeoás, rei de Israel, avançou contra Amazias, rei de Judá, e eles se enfrentaram em Bete-Semes, que está em Judá. 12Judá foi derrotado por Israel, e os soldados tiveram de fugir para as suas casas. 13Jeoás, rei de Israel, prendeu Amazias, rei de Judá, filho de Joás, filho de Acazias, em Bete-Semes. Então foi a Jerusalém e derrubou uma parte da muralha da cidade, desde o Portão de Efraim até o Portão da Esquina, numa extensão de mais ou menos duzentos metros. 14Pegou todo o ouro, a prata e todos os utensílios que havia na Casa do Senhor e nos tesouros do palácio real, bem como alguns reféns; e voltou para Samaria.

15Quanto aos demais atos de Jeoás, ao que fez e ao seu poder, com que lutou contra Amazias, rei de Judá, não está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Israel? 16Jeoás morreu e foi sepultado em Samaria, junto aos reis de Israel. E Jeroboão, seu filho, reinou em seu lugar.

A morte de Amazias

2Cr 25.25-28

17Amazias, filho de Joás, rei de Judá, viveu quinze anos depois da morte de Jeoás, filho de Jeoacaz, rei de Israel. 18Quanto aos demais atos de Amazias, não está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Judá?

19Conspiraram contra ele em Jerusalém, e ele fugiu para Laquis; porém enviaram homens atrás dele até Laquis e o mataram. 20Trouxeram-no sobre cavalos e o sepultaram em Jerusalém, junto a seus pais, na Cidade de Davi.

21Todo o povo de Judá tomou Uzias, que tinha dezesseis anos de idade, e o constituiu rei em lugar de Amazias, seu pai. 22Depois da morte de seu pai, Uzias reconstruiu Elate e a restituiu a Judá.

O reinado de Jeroboão II, de Israel

23No décimo quinto ano do reinado de Amazias, filho de Joás, rei de Judá, Jeroboão, filho de Jeoás, rei de Israel, começou a reinar em Samaria; e reinou quarenta e um anos. 24Jeroboão fez o que era mau aos olhos do Senhor. Jamais se afastou de nenhum dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer.

14.24
1Rs 12.28
25Restabeleceu os limites de Israel, desde a entrada de Hamate até o mar da Arabá,14.25 O mar Morto segundo a palavra do Senhor, Deus de Israel, anunciada por meio de seu servo Jonas,
14.25
Jn 1.1
filho de Amitai, o profeta, que era de Gate-Hefer. 26Porque o Senhor viu que a aflição de Israel era muito amarga, porque não havia nem escravo, nem livre, nem quem socorresse Israel. 27O Senhor ainda não havia falado em apagar o nome de Israel da face da terra;
14.27
2Rs 13.23
porém os livrou por meio de Jeroboão, filho de Jeoás.

28Quanto aos demais atos de Jeroboão, tudo o que fez, o seu poder, como lutou e como reconquistou Damasco e Hamate, pertencentes a Judá, para Israel, não está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Israel? 29Jeroboão morreu e foi sepultado nos túmulos dos reis de Israel; e Zacarias, seu filho, reinou em seu lugar.

15

O reinado de Azarias, de Judá

2Cr 26.1-15

151No vigésimo sétimo ano do reinado de Jeroboão, rei de Israel, Azarias, filho de Amazias, rei de Judá, começou a reinar. 2Tinha dezesseis anos de idade quando começou a reinar e reinou cinquenta e dois anos em Jerusalém. A mãe dele se chamava Jecolias e era de Jerusalém. 3Ele fez o que era reto aos olhos do Senhor, segundo tudo o que Amazias, seu pai, havia feito. 4Apenas os lugares altos não foram tirados, e o povo ainda sacrificava e queimava incenso nesses altos.

Azarias é atacado de lepra

2Cr 26.16-23

5O Senhor feriu o rei, e ele ficou leproso até o dia da sua morte e morava numa casa separada.

15.5
Lv 13.46
Jotão, filho do rei, era responsável pelo palácio e governava o povo da terra.

6Quanto aos demais atos de Azarias e a tudo o que fez, não está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Judá? 7Azarias morreu

15.7
Is 6.1
e foi sepultado no túmulo de seus pais, na Cidade de Davi; e Jotão, seu filho, reinou em seu lugar.

O reinado de Zacarias, de Israel

8No trigésimo oitavo ano do reinado de Azarias, rei de Judá, Zacarias, filho de Jeroboão, reinou sobre Israel, em Samaria, durante seis meses. 9Fez o que era mau aos olhos do Senhor, como tinham feito seus pais. Não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer. 10Salum, filho de Jabes, conspirou contra ele, atacou-o diante do povo, matou-o e reinou em seu lugar.

11Quanto aos demais atos de Zacarias, está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Israel. 12Esta foi a palavra que o Senhor falou a Jeú: “Os seus filhos, até a quarta geração, se assentarão

15.12
2Rs 10.30
no trono de Israel.” E assim aconteceu.

O reinado de Salum, de Israel

13Salum, filho de Jabes, começou a reinar no trigésimo nono ano do reinado de Uzias, rei de Judá; e reinou durante um mês em Samaria. 14Menaém, filho de Gadi, foi de Tirza a Samaria, atacou Salum, filho de Jabes, matou-o e reinou em seu lugar.

15Quanto aos demais atos de Salum e a conspiração que fez, está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Israel. 16Saindo de Tirza, Menaém destruiu a cidade de Tifsa e todos os seus moradores, bem como toda aquela região. Porque não abriram o portão da cidade, ele a devastou. Até rasgou o ventre de todas as mulheres grávidas.

O reinado de Menaém, de Israel

17Desde o trigésimo nono ano do reinado de Azarias, rei de Judá, Menaém, filho de Gadi, começou a reinar sobre Israel e reinou dez anos em Samaria. 18Fez o que era mau aos olhos do Senhor. Durante todos os seus dias não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer. 19Então Pul, rei da Assíria, veio contra a terra, e Menaém lhe entregou trinta e quatro toneladas de prata, para que este o ajudasse a consolidar o seu reino. 20Para pagar ao rei da Assíria, Menaém exigiu dinheiro de todos os poderosos e ricos em Israel, seiscentos gramas de prata por cabeça. E assim o rei da Assíria deu a volta e não se demorou ali na terra.

21Quanto aos demais atos de Menaém e a tudo o que fez, não está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Israel? 22Menaém morreu, e Pecaías, seu filho, reinou em seu lugar.

O reinado de Pecaías, de Israel

23No quinquagésimo ano do reinado de Azarias, rei de Judá, Pecaías, filho de Menaém, começou a reinar; e reinou sobre Israel, em Samaria, dois anos. 24Fez o que era mau aos olhos do Senhor; não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer. 25Peca, seu capitão, filho de Remalias, conspirou contra ele e o feriu em Samaria, na fortaleza do palácio real, juntamente com Argobe e com Arié; com Peca estavam cinquenta homens dos gileaditas; Peca o matou e reinou em seu lugar.

26Quanto aos demais atos de Pecaías e a tudo o que fez, está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Israel.

O reinado de Peca, de Israel

27No quinquagésimo segundo ano do reinado de Azarias, rei de Judá, Peca, filho de Remalias, começou a reinar; e reinou sobre Israel, em Samaria, vinte anos. 28Fez o que era mau aos olhos do Senhor. Não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que este levou Israel a cometer.

29Nos dias de Peca, rei de Israel, Tiglate-Pileser, rei da Assíria, veio e conquistou Ijom, Abel-Bete-Maaca, Janoa, Quedes, Hazor, as regiões de Gileade e da Galileia, toda a terra de Naftali, e levou os seus habitantes para a Assíria.

30Oseias, filho de Elá, conspirou contra Peca, filho de Remalias, atacou-o e o matou, e reinou em seu lugar, no vigésimo ano do reinado de Jotão, filho de Uzias.

31Quanto aos demais atos de Peca e a tudo o que fez, está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Israel.

O reinado de Jotão, de Judá

2Cr 27.1-9

32No segundo ano do reinado de Peca, filho de Remalias, rei de Israel, Jotão, filho de Uzias, rei de Judá, começou a reinar. 33Ele tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar e reinou dezesseis anos em Jerusalém. A mãe dele se chamava Jerusa e era filha de Zadoque. 34Fez o que era reto aos olhos do Senhor, segundo tudo o que Uzias, seu pai, havia feito. 35Apenas os lugares altos não foram tirados, e o povo ainda sacrificava e queimava incenso nesses altos. Jotão construiu o Portão de Cima da Casa do Senhor.

36Quanto aos demais atos de Jotão e a tudo o que fez, não está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Judá? 37Naqueles dias, o Senhor começou a enviar Rezim, rei da Síria, e Peca, filho de Remalias, contra Judá.

15.37
Is 7.1
38Jotão morreu e foi sepultado no túmulo de seus pais, na Cidade de Davi, seu pai. E Acaz, seu filho, reinou em seu lugar.

16

O reinado de Acaz, de Judá

2Cr 28.1-4

161No décimo sétimo ano do reinado de Peca, filho de Remalias, Acaz, filho de Jotão, rei de Judá, começou a reinar. 2Acaz tinha vinte anos de idade quando começou a reinar e reinou dezesseis anos em Jerusalém. Não fez o que era reto aos olhos do Senhor, seu Deus, ao contrário de Davi, seu pai. 3Andou no caminho dos reis de Israel e até queimou o seu filho como sacrifício,

16.3
Dt 12.31
segundo as abominações dos gentios, que o Senhor havia expulsado de diante dos filhos de Israel. 4Também sacrificou e queimou incenso nos lugares altos, nas colinas e debaixo de toda árvore frondosa.

Acaz pede socorro aos assírios

5Então Rezim,

16.5
2Cr 28.5-6,16-21
Is 7.1
rei da Síria, e Peca, filho de Remalias, rei de Israel, subiram a Jerusalém para lutar contra ela. Cercaram Acaz, mas não conseguiram derrotá-lo. 6Naquele tempo, Rezim, rei da Síria, restituiu Elate à Síria e expulsou dela os homens de Judá. Os sírios foram para Elate e ficaram morando ali até o dia de hoje. 7Acaz enviou mensageiros a Tiglate-Pileser, rei da Assíria, dizendo:

— Eu sou seu servo e seu filho. Venha me livrar do poder do rei da Síria e do poder do rei de Israel, que se levantam contra mim.

8Acaz pegou a prata e o ouro que havia na Casa do Senhor e nos tesouros do palácio real e mandou de presente ao rei da Assíria. 9O rei da Assíria lhe deu ouvidos, subiu contra Damasco, tomou-a, levou o povo para Quir e matou Rezim.

A idolatria de Acaz

2Cr 28.22-25

10Então o rei Acaz foi a Damasco para se encontrar com Tiglate-Pileser, rei da Assíria. Ao ver ali um altar, enviou ao sacerdote Urias o modelo do altar e a planta segundo a qual tinha sido feito. 11Urias, o sacerdote, edificou um altar segundo tudo o que o rei Acaz havia ordenado de Damasco; o sacerdote Urias fez isso antes que o rei Acaz viesse de Damasco. 12Quando o rei voltou de Damasco, viu o altar, aproximou-se dele e nele sacrificou. 13Queimou o seu holocausto e a sua oferta de cereais, derramou a sua libação e aspergiu o sangue das suas ofertas pacíficas naquele altar. 14O altar de bronze,

16.14
Êx 27.1-2
2Cr 4.1
que estava diante do Senhor, ele o tirou da frente do templo, do lugar entre o altar dele e a Casa do Senhor, e o pôs ao lado do seu altar, do lado norte. 15O rei Acaz também ordenou ao sacerdote Urias, dizendo:

— Use este altar grande para o holocausto da manhã, para a oferta de cereais da tarde, para o holocausto do rei e a sua oferta de cereais, e para o holocausto de todo o povo da terra, a sua oferta de cereais e as suas libações. Todo o sangue dos holocaustos e todo o sangue dos sacrifícios você deve aspergir nele. Mas o altar de bronze ficará para a minha deliberação posterior.

16E o sacerdote Urias fez tudo como o rei Acaz lhe havia ordenado.

17O rei Acaz cortou os painéis dos suportes

16.17
1Rs 7.23-39
2Cr 4.2-6
e tirou as pias que estavam em cima deles. Pegou também o mar de fundição16.17 Um tanque de metal fundido e o tirou de sobre os touros de bronze, que estavam debaixo dele, e o pôs sobre um pavimento de pedra. 18Também, por causa do rei da Assíria, retirou da Casa do Senhor a estrutura coberta para uso no sábado, que tinha sido construída no templo, e a entrada real pelo lado de fora.

A morte de Acaz

2Cr 28.26-27

19Quanto aos demais atos de Acaz e ao que fez, não está tudo escrito no Livro da História dos Reis de Judá? 20Acaz

16.20
Is 14.28
morreu e foi sepultado junto a seus pais, na Cidade de Davi; e Ezequias, seu filho, reinou em seu lugar.