Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
14

O reinado de Asa, de Judá

1Rs 15.9-24

141Abias morreu, e eles o sepultaram na Cidade de Davi. E Asa, seu filho, reinou em seu lugar. Nos dias dele, a terra esteve em paz durante dez anos. 2Asa fez o que era bom e reto aos olhos do Senhor, seu Deus. 3Porque aboliu os altares dos deuses estranhos e o culto nos lugares altos, quebrou as colunas e cortou os postes da deusa Aserá. 4Ordenou a Judá que buscasse o Senhor, Deus de seus pais, e que observasse a lei e o mandamento. 5Também aboliu de todas as cidades de Judá o culto nos lugares altos e os altares do incenso. E houve paz no seu reinado.

6Asa construiu cidades fortificadas em Judá, pois havia paz na terra, e não houve guerra contra ele naqueles anos, porque o Senhor lhe tinha dado repouso. 7Ele disse a Judá:

— Vamos construir estas cidades, cercá-las de muralhas e torres, portões e ferrolhos, enquanto a terra ainda está em paz diante de nós, pois temos buscado o Senhor, nosso Deus. Nós o temos buscado, e ele nos deu repouso por todos os lados.

8Então eles construíram e prosperaram. O rei Asa tinha um exército de trezentos mil homens de Judá, que traziam grandes escudos e lança, e duzentos e oitenta mil homens de Benjamim, que traziam escudo e atiravam com arco; todos eram homens valentes.

Asa vence Zerá, o etíope

9Zerá, o etíope, saiu contra eles com um exército de um milhão de homens e trezentos carros de guerra, e chegou até Maressa. 10Então Asa saiu contra ele, e eles se prepararam para a batalha no vale de Zefatá, perto de Maressa. 11Asa clamou ao Senhor, seu Deus, e disse:

Senhor, além de ti não há quem possa socorrer numa batalha entre o poderoso e o fraco. Ajuda-nos, Senhor, nosso Deus, porque em ti confiamos e no teu nome viemos contra esta multidão. Senhor, tu és o nosso Deus; que não prevaleça contra ti o homem.

12O Senhor derrotou os etíopes diante de Asa e diante de Judá; e eles fugiram. 13Asa e o povo que estava com ele os perseguiram até Gerar, e os etíopes foram mortos, sem restar nem um sequer, porque foram destroçados diante do Senhor e diante do seu exército; e eles levaram dali muitos despojos. 14Atacaram todas as cidades ao redor de Gerar, porque o terror do Senhor as havia invadido; e saquearam todas as cidades, porque nelas havia muitos despojos. 15Também atacaram as tendas dos donos do gado, levaram ovelhas em abundância e camelos e voltaram para Jerusalém.