Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
1

Prefácio e saudação

11Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, por ordem de Deus, nosso Salvador, e de Cristo Jesus, nossa esperança, 2a Timóteo,

1.2
At 16.1
verdadeiro filho na fé.

Que a graça, a misericórdia e a paz, da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor, estejam com você.

Advertência contra falsas doutrinas

3Quando eu estava de viagem, rumo à Macedônia, pedi a você que ainda permanecesse em Éfeso para admoestar certas pessoas, a fim de que não ensinem outra doutrina,

1.3
1Tm 6.3-5
4nem se ocupem com fábulas e genealogias sem fim.
1.4
1Tm 4.7
2Tm 4.4
Tt 1.14
3.9
Essas coisas mais promovem discussões do que o serviço de Deus, na fé. 5O objetivo desta admoestação é o amor que procede de um coração puro,
1.5
2Tm 2.22
de uma boa consciência
1.5
1Tm 1.19
3.9
e de uma fé sem hipocrisia.
1.5
2Tm 1.5
6Algumas pessoas se desviaram destas coisas e se perderam em discussões inúteis,
1.6
1Tm 6.20-21
Tt 1.10
3.9
7pretendendo passar por mestres da lei, não compreendendo, porém, nem o que dizem, nem os assuntos sobre os quais falam com tanta ousadia.
1.7
1Tm 6.20-21

A lei e os seus objetivos

8Sabemos que a lei é boa,

1.8
Rm 7.12,16
se alguém se utiliza dela de modo legítimo, 9tendo em vista que não se promulga lei para quem é justo, mas para os transgressores e rebeldes, para os ímpios e pecadores, para os iníquos e profanos, para os que matam o pai ou a mãe, para os homicidas, 10para os que praticam a imoralidade, para os que se entregam a práticas homossexuais,
1.10
1Co 6.9-10
para os sequestradores, para os mentirosos, para os que fazem juramento falso e para tudo o que se opõe à sã doutrina,
1.10
Rm 1.29
11segundo o evangelho da glória do Deus bendito, do qual fui encarregado.
1.11
Gl 2.7
Tt 1.3

A graça na vida de Paulo

12Dou graças a Cristo Jesus, nosso Senhor, que me fortaleceu e me considerou fiel, designando-me para o ministério,

1.12
At 9.15
2Co 3.6
13a mim, que, no passado, era blasfemo, perseguidor
1.13
At 8.3
9.4-5
Gl 1.13
e insolente. Mas alcancei misericórdia, pois fiz isso na ignorância,
1.13
At 3.17
na incredulidade. 14Transbordou, porém, a graça de nosso Senhor
1.14
Rm 5.20
com a fé e o amor que há em Cristo Jesus. 15Esta palavra é fiel e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.
1.15
1Co 15.9
Ef 3.8
16Mas, por esta mesma razão, me foi concedida misericórdia, para que, em mim, que sou o principal pecador, Cristo Jesus pudesse mostrar a sua completa longanimidade, e eu servisse de modelo para todos os que hão de crer nele para a vida eterna. 17Assim, ao Rei eterno, imortal, invisível, Deus único,
1.17
Rm 16.27
honra e glória para todo o sempre. Amém!

O bom combate

18Esta é a admoestação que faço a você, meu filho Timóteo, segundo as profecias que anteriormente foram feitas a seu respeito:

1.18
1Tm 4.14
que, firmado nelas, você combata o bom combate,
1.18
1Tm 6.12
2Tm 4.7
19mantendo a fé e a boa consciência,
1.19
1Tm 3.9
porque alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé.
1.19
1Tm 6.21
20Entre esses estão Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás
1.20
1Co 5.5
para serem castigados, a fim de que aprendam a não blasfemar.

2

A prática da oração. Um só Mediador

21Antes de tudo, peço que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças em favor de todas as pessoas. 2Orem em favor dos reis e de todos os que exercem autoridade, para que vivamos vida mansa e tranquila, com toda piedade e respeito. 3Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, 4que deseja que todos sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.

2.4
Tt 2.11

5Porque há um só Deus

2.5
1Co 8.6
e um só Mediador
2.5
Hb 9.15
entre Deus e a humanidade, Cristo Jesus, homem, 6que deu
2.6
Gl 1.4
Tt 2.14
a si mesmo em resgate por todos,
2.6
Mt 20.28
testemunho que se deve dar em tempos oportunos. 7Para isto fui designado pregador
2.7
2Tm 1.11
e apóstolo — afirmo a verdade, não minto —, mestre dos gentios na fé e na verdade.

Instruções para homens e mulheres

8Quero, pois, que os homens orem em todos os lugares, levantando mãos santas,

2.8
Sl 141.2
sem ira e sem animosidade.

9Da mesma forma, que as mulheres,

2.9
1Pe 3.3-5
em traje decente, se enfeitem com modéstia e bom senso, não com tranças no cabelo, ouro, pérolas ou roupas caras, 10porém com boas obras,
2.10
At 9.36
1Tm 5.10
como convém a mulheres que professam ser piedosas. 11A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão.
2.11
1Co 11.3
14.34
12E não permito que a mulher ensine, nem que exerça autoridade sobre o homem; esteja, porém, em silêncio. 13Porque primeiro foi formado Adão,
2.13
Gn 2.7
depois Eva.
2.13
Gn 2.21-22
1Co 11.8
14E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.
2.14
Gn 3.1-6
2Co 11.3
15Mas ela será salva tendo filhos, se permanecer em fé, amor e santificação, com bom senso.

3

As qualificações dos bispos e dos diáconos

31Fiel é a palavra: se alguém deseja o episcopado, excelente obra almeja. 2É necessário, pois, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, moderado, sensato, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar; 3não dado ao vinho, nem violento, porém cordial, inimigo de conflitos, não avarento; 4e que governe bem a própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo o respeito.

3.2-4
2Tm 2.24
Tt 1.6-9
5Pois, se alguém não sabe governar a própria casa, como cuidará da igreja de Deus? 6Que o bispo não seja recém-convertido, para não acontecer que fique cheio de orgulho e incorra na condenação do diabo. 7É necessário, também, que ele tenha bom testemunho dos de fora, a fim de não cair na desonra e no laço do diabo.
3.7
2Tm 2.26

8Do mesmo modo, quanto a diáconos, é necessário que sejam respeitáveis, de uma só palavra, não inclinados a muito vinho, não gananciosos,

3.8
Tt 1.7
1Pe 5.2
9conservando o mistério da fé com a consciência limpa.
3.9
1Tm 1.5,19
10Também estes devem ser primeiramente experimentados;
3.10
1Tm 5.22
e, caso se mostrem irrepreensíveis, que exerçam o diaconato. 11Do mesmo modo, quanto a mulheres, é necessário que elas sejam respeitáveis, não maldizentes, moderadas e fiéis em tudo.
3.11
Tt 2.3
12O diácono seja marido de uma só mulher e governe bem os seus filhos e a própria casa.
3.12
1Tm 3.4
13Pois os que desempenharem bem o diaconato alcançarão para si mesmos uma posição de honra
3.13
Mt 25.21
e muita ousadia na fé em Cristo Jesus.

A igreja de Deus e o mistério da piedade

14Escrevo estas coisas a você, esperando ir vê-lo em breve. 15Mas, se eu demorar, você saberá como se deve proceder na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e fundamento da verdade. 16Sem dúvida, grande é o mistério da piedade:

“Aquele que foi manifestado

na carne

3.16
Jo 1.14

foi justificado em espírito,

visto pelos anjos,

pregado entre os gentios,

3.16
Cl 1.23

crido no mundo,

recebido na glória.”

3.16
Ef 1.20

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]