Nova Almeida Atualizada (2017) (NAA)
1

Prefácio e saudação

11Paulo, chamado pela vontade de Deus para ser apóstolo de Cristo Jesus, e o irmão Sóstenes, 2à igreja de Deus que está em Corinto,

1.2
At 18.1
aos santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos, com todos os que em todos os lugares invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso.

3Que a graça e a paz de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês.

Ação de graças

4Sempre dou graças ao meu Deus por vocês, por causa da graça de Deus que foi dada a vocês em Cristo Jesus. 5Porque em tudo vocês foram enriquecidos

1.5
2Co 8.7,9
nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento, 6assim como o testemunho de Cristo tem sido confirmado em vocês, 7de maneira que não lhes falta nenhum dom, enquanto aguardam a revelação
1.7
Fp 3.20
2Ts 1.7
de nosso Senhor Jesus Cristo. 8Ele também os confirmará
1.8
2Co 1.21
até o fim, para que vocês sejam irrepreensíveis
1.8
1Ts 5.23
no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo. 9Fiel é Deus,
1.9
1Co 10.13
2Co 1.18
1Ts 5.4
pelo qual vocês foram chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

Exortação à unidade

10Irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, peço-lhes que todos estejam de acordo naquilo que falam e que não haja divisões entre vocês; pelo contrário, que vocês sejam unidos no mesmo modo de pensar

1.10
Rm 15.5
Fp 2.2
e num mesmo propósito. 11Pois, meus irmãos, fui informado a respeito de vocês por alguns membros da casa de Cloe de que há brigas entre vocês.
1.11
1Co 3.3
12Refiro-me ao fato de cada um de vocês dizer: “Eu sou de Paulo”, “Eu sou de Apolo”,
1.12
At 18.24
“Eu sou de Cefas”,
1.12
1Co 3.22
9.5
15.5
Gl 1.18
2.9,11,14
“Eu sou de Cristo”. 13Será que Cristo está dividido? Será que Paulo foi crucificado por vocês ou será que vocês foram batizados em nome de Paulo?

14Dou graças a Deus por não ter batizado nenhum de vocês, exceto Crispo

1.14
At 18.8
e Gaio,
1.14
At 19.29
Rm 16.23
15para que ninguém diga que vocês foram batizados em meu nome. 16Batizei também a casa de Estéfanas.
1.16
1Co 16.15
Além destes, não me lembro se batizei algum outro. 17Afinal, Cristo não me enviou para batizar, mas para pregar o evangelho,
1.17
Rm 1.1
Gl 1.16
não com sabedoria de palavra, para que não se anule a cruz de Cristo.

A mensagem da cruz

18Certamente a palavra da cruz é loucura

1.18
1Co 1.23
2.14
para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, ela é poder de Deus.
1.18
Rm 1.16
1Co 1.24
19Pois está escrito:

“Destruirei a sabedoria

dos sábios

e aniquilarei a inteligência

dos inteligentes.”

1.19
Is 29.14

20Onde está o sábio?

1.20
Is 44.25
Onde está o escriba? Onde está o questionador deste mundo? Não é fato que Deus tornou louca a sabedoria deste mundo? 21Visto que, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por sua própria sabedoria, Deus achou por bem salvar os que creem por meio da loucura da pregação. 22Porque os judeus pedem sinais
1.22
Lc 11.16
Jo 2.18
e os gregos buscam sabedoria, 23mas nós pregamos o Cristo crucificado,
1.23
1Co 2.2
Gl 3.1
escândalo para os judeus, loucura para os gentios. 24Mas, para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, Cristo é o poder de Deus e a sabedoria de Deus. 25Porque a loucura de Deus é mais sábia do que a sabedoria humana, e a fraqueza de Deus é mais forte do que a força humana.

A vocação dos santos

26Irmãos, considerem a vocação de vocês. Não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento.

1.26
Mt 11.25
Tg 2.5
27Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes. 28E Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são, 29a fim de que ninguém se glorie
1.29
Rm 3.27
Ef 2.9
na presença de Deus.

30Mas vocês são dele, em Cristo Jesus, o qual se tornou para nós, da parte de Deus, sabedoria, justiça, santificação e redenção, 31para que, como está escrito, “aquele que se gloria, glorie-se no Senhor”.

1.31
Jr 9.24
2Co 10.17
Gl 6.14
Fp 3.3

2

A mensagem a respeito do Cristo crucificado

21Irmãos, quando estive com vocês, anunciando-lhes o mistério de Deus, não o fiz com ostentação de linguagem ou de sabedoria. 2Porque decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado.

2.2
1Co 1.23
3E foi em fraqueza, temor e grande tremor que eu estive entre vocês.
2.3
At 18.9
4A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria,
2.4
1Co 2.1
2Co 1.12
mas em demonstração do Espírito e de poder,
2.4
1Co 4.20
1Ts 1.5
5para que a fé que vocês têm não se apoiasse em sabedoria humana, mas no poder de Deus.

A sabedoria de Deus

6No entanto, transmitimos sabedoria entre os que são maduros. Não, porém, a sabedoria deste mundo, nem a dos poderosos desta época, que são reduzidos a nada. 7Pelo contrário, transmitimos a sabedoria de Deus em mistério, a sabedoria que estava oculta

2.7
Rm 16.25
Cl 1.26
e que Deus predeterminou desde a eternidade para a nossa glória. 8Nenhum dos poderosos deste mundo conheceu essa sabedoria. Porque, se a tivessem conhecido, jamais teriam crucificado o Senhor da glória.
2.8
Tg 2.1
9Mas, como está escrito:

“Nem olhos viram,

nem ouvidos ouviram,

nem jamais penetrou

em coração humano

o que Deus tem preparado

para aqueles que o amam.”

2.9
Is 64.4

10Deus, porém, revelou isso a nós por meio do Espírito. Porque o Espírito sonda todas as coisas, até mesmo as profundezas de Deus. 11Pois quem conhece as coisas do ser humano, a não ser o próprio espírito humano, que nele está?

2.11
Pv 20.27
Assim, ninguém conhece as coisas de Deus,
2.11
Jó 11.7
a não ser o Espírito de Deus. 12E nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus,
2.12
Rm 8.15
para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente.

13Disto também falamos, não em palavras ensinadas pela sabedoria humana,

2.13
1Co 2.1
mas ensinadas pelo Espírito, conferindo coisas espirituais com espirituais. 14Ora, a pessoa natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura.
2.14
1Co 1.18
E ela não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 15Porém a pessoa espiritual julga todas as coisas, mas ela não é julgada por ninguém. 16Pois quem conheceu a mente do Senhor, para que o possa instruir?
2.16
Is 40.13
Rm 11.34
Nós, porém, temos a mente de Cristo.