Almeida Revista e Corrigida (2009) (ARC)
12

A falsidade do homem e a veracidade de Deus

Salmo de Davi para o cantor-mor, sobre Seminite

121Salva-nos, Senhor,

12.1
Is 57.1
Mq 7.2
porque faltam os homens benignos; porque são poucos os fiéis entre os filhos dos homens. 2Cada um fala
12.2
Jr 9.8
Rm 16.18
com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobrado.

3O Senhor cortará todos os lábios lisonjeiros e a língua que fala

12.3
1Sm 2.3
Dn 7.8
soberbamente. 4Pois dizem: Com a nossa língua prevaleceremos; os lábios são nossos; quem é o senhor sobre nós?

5Por causa da opressão dos pobres e do gemido dos

12.5
Êx 3.7
Is 33.10
necessitados, me levantarei agora, diz o Senhor; 12.5 ou darei a salvação ao que suspira por elaporei em salvo aquele para quem eles assopram. 6As palavras do Senhor
12.6
2Sm 22.31
Pv 30.5
são palavras puras como prata refinada em forno de barro e purificada sete vezes.

7Tu nos guardarás, Senhor; desta geração nos livrarás para sempre. 8Os ímpios circulam por toda parte quando os mais vis dos filhos dos homens são exaltados.