Almeida Revista e Corrigida (2009) (ARC)
1

A genealogia de Jesus Cristo

(Lc 3.23-38)

11Livro

1.1
Lc 3.23
da geração de Jesus Cristo,
1.1
Sl 132.11
Is 11.1
Jr 23.5
Jo 7.42
At 2.30
Rm 1.3
Filho de Davi,
1.1
Gn 12.3
Gl 3.16
Filho de Abraão. 2Abraão
1.2
Gn 21.2
gerou a Isaque,
1.2
Gn 25.26
e Isaque gerou a Jacó,
1.2
Gn 29.35
e Jacó gerou a Judá e a seus irmãos, 3e Judá gerou de Tamar
1.3
Gn 38.27
a Perez e a Zerá,
1.3
Rt 4.18
1Cr 2.5,9
e Perez gerou a Esrom, e Esrom gerou a Arão. 4Arão gerou a Aminadabe, e Aminadabe gerou a Naassom, e Naassom gerou a Salmom, 5e Salmom gerou de Raabe a Boaz, e Boaz gerou de Rute a Obede, e Obede gerou a Jessé. 6Jessé
1.6
1Sm 16.1
gerou ao rei Davi,
1.6
2Sm 12.24
e o rei Davi gerou a Salomão da que foi mulher de Urias. 7Salomão
1.7
1Cr 3.10
gerou a Roboão, e Roboão gerou a Abias, e Abias gerou a Asa, 8e Asa gerou a Josafá, e Josafá gerou a Jorão, e Jorão gerou a Uzias, 9e Uzias gerou a Jotão, e Jotão gerou a Acaz, e Acaz gerou a Ezequias. 10Ezequias gerou a Manassés,
1.10
2Rs 20.21
1Cr 3.13
e Manassés gerou a Amom, e Amom gerou a Josias, 11e
1.11
1Cr 3.15
2Rs 24.14
2Cr 36.10
Jr 27.20
Dn 1.2
Josias gerou a Jeconias e a seus irmãos na deportação para a Babilônia.

12E, depois da deportação para a Babilônia,

1.12
1Cr 3.17,19
Jeconias gerou a Salatiel, e Salatiel gerou a Zorobabel, 13e
1.13
Ed 3.2
5.2
Ne 12.1
Ag 1.1
Zorobabel gerou a Abiúde, e Abiúde gerou a Eliaquim, e Eliaquim gerou a Azor, 14e Azor gerou a Sadoque, e Sadoque gerou a Aquim, e Aquim gerou a Eliúde, 15e Eliúde gerou a Eleazar, e Eleazar gerou a Matã, e Matã gerou a Jacó, 16e Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu Jesus, que se chama o Cristo.

17De sorte que todas as gerações, desde Abraão até Davi, são catorze gerações; e, desde Davi até a deportação para a Babilônia, catorze gerações; e, desde a deportação para a Babilônia até Cristo, catorze gerações.

1.18, título Quase cinco anos antes do ano DominiO nascimento de Jesus Cristo

18Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando

1.18
Lc 1.27
Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem,
1.18
Lc 1.35
achou-se ter concebido do Espírito Santo. 19Então, José, seu marido, como era justo
1.19
Dt 24.1
e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. 20E, projetando ele isso, eis que, em sonho, lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque
1.20
Lc 1.35
o que nela está gerado é do Espírito Santo. 21E ela dará à luz um filho,
1.21
Lc 1.31
e lhe porás o nome de Jesus,
1.21
At 4.12
5.31
13.23,38
porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. 22Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: 23Eis que
1.23
Is 7.14
a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel. (Emanuel traduzido é: Deus conosco). 24E José, despertando do sonho, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher, 25e não a conheceu até que deu à luz seu filho,
1.25
Êx 13.2
Lc 2.7,21
o primogênito; e pôs-lhe o nome de Jesus.

2

2, título Quatro anos antes do ano DominiOs magos do Oriente

21E, tendo nascido Jesus em

2.1
Lc 2.4,6-7
Gn 10.30
25.6
1Rs 4.30
Belém da Judeia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do Oriente a Jerusalém, 2e perguntaram:
2.2
Lc 2.11
Nm 24.17
Is 60.3
Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos a adorá-lo. 3E o rei Herodes, ouvindo isso, perturbou-se, e toda a Jerusalém, com ele. 4E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes
2.4
2Cr 36.14
34.13
Ml 2.7
e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo. 5E eles lhe disseram: Em Belém da Judeia, porque assim está escrito pelo profeta: 6E tu, Belém,
2.6
Mq 5.2
Jo 7.42
terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre 2.6 ou príncipesas capitais de Judá, porque de ti sairá o 2.6 ou GovernadorGuia que há de apascentar
2.6
Ap 2.27
o meu povo de Israel. 7Então, Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela lhes aparecera. 8E, enviando-os a Belém, disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino, e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore. 9E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela que tinham visto no Oriente ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino. 10E, vendo eles a estrela, alegraram-se muito com grande júbilo. 11E, entrando na casa, acharam o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádivas:
2.11
Sl 72.10-11
Is 60.6
ouro, incenso e mirra. 12E,
2.12
Mt 1.20
sendo por divina revelação avisados em sonhos para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para a sua terra por outro caminho.

A fuga para o Egito. A matança dos inocentes

13E, tendo-se eles retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José em sonhos, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga, porque Herodes há de procurar o menino para o matar. 14E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito. 15E esteve lá até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz:

2.15
Os 11.1
Do Egito chamei o meu Filho.

16Então, Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito e mandou matar todos os meninos que havia em Belém e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos. 17Então, se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias,

2.17
Jr 31.15
que diz: 18Em Ramá se ouviu uma voz, lamentação, choro e grande pranto; era Raquel chorando os seus filhos e não querendo ser consolada, porque não existiam.

A volta do Egito

19Morto, porém, Herodes, eis que o anjo do Senhor apareceu, num sonho, a José, no Egito, 20dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel, porque estão mortos os que procuravam a 2.20 ou vidamorte do menino. 21Então, ele se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra de Israel. 22E, ouvindo que Arquelau reinava na Judeia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá; mas, avisado em sonhos por divina revelação,

2.22
Mt 3.13
Lc 2.39
foi para as regiões da Galileia. 23E chegou e habitou numa cidade chamada Nazaré,
2.23
Jo 1.45
Jz 13.5
para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno.

3

João Batista

(Lc 3.1-17; Jo 1.6-8,19-36)

31E, naqueles dias,

3.1
Mc 1.4
Lc 3.2
Jo 1.28
Js 14.10
apareceu João Batista pregando no deserto da Judeia 2e dizendo: Arrependei-vos,
3.2
Dn 2.44
Mt 4.17
porque é chegado o Reino dos céus. 3Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse:
3.3
Is 40.3
Mc 1.3
Lc 3.4
Jo 1.23
Lc 1.76
Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas. 4E este João tinha
3.4
Mc 1.6
1Rs 1.8
Zc 13.4
Lv 11.22
1Sm 14.25-26
a sua veste de pelos de camelo e um cinto de couro em torno de seus lombos e alimentava-se de gafanhotos e de mel silvestre. 5Então, ia ter com ele Jerusalém,
3.5
Mc 1.5
Lc 3.7
e toda a Judeia, e toda a província adjacente ao Jordão; 6e eram por ele batizados no rio Jordão,
3.6
At 19.4,18
confessando os seus pecados. 7E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes:
3.7
Mt 12.34
Lc 3.7-9
Rm 5.9
1Ts 1.10
Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura? 8Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento 9e não presumais de vós mesmos, dizendo:
3.9
Jo 8.33,39
At 13.26
Rm 4.1,11
Temos por pai a Abraão; porque eu vos digo que mesmo destas pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão. 10E também, agora, está posto o machado à raiz das árvores; toda
3.10
Mt 7.19
Lc 13.7
Jo 15.6
árvore, pois, que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo.

11E eu, em verdade,

3.11
Mc 1.8
Lc 3.16
Jo 1.15,26,33
At 1.5
vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; não sou digno de levar as suas 3.11 ou calçadosandálias;
3.11
Is 4.4
44.3
Ml 3.2
At 2.3-4
1Co 12.13
ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo. 12Em sua mão tem a pá,
3.12
Ml 3.3
e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo,
3.12
Ml 4.1
e queimará a palha com fogo que nunca se apagará.

O batismo de Jesus

(Lc 3.22; Jo 1.32-34)

13Então, veio Jesus da Galileia ter com João

3.13
Mc 1.9
Lc 3.21
Mt 2.22
junto do Jordão, para ser batizado por ele. 14Mas João opunha-se-lhe, dizendo: Eu careço de ser batizado por ti, e vens tu a mim? 15Jesus, porém, respondendo, disse-lhe: Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o permitiu. 16E, sendo Jesus batizado,
3.16
Mc 1.10
saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus
3.16
Is 11.2
Lc 3.22
Jo 1.32-33
12.28
descendo como pomba e vindo sobre ele. 17E eis que
3.17
Sl 2.7
Is 42.1
Mt 12.18
Mc 1.11
Lc 9.35
Ef 1.6
Cl 1.13
2Pe 1.17
uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]