Almeida Revista e Corrigida (2009) (ARC)
5

51Dai voltas às ruas de Jerusalém, e vede agora, e informai-vos, e buscai pelas suas praças,

5.1
Ez 22.30
Gn 18.26
a ver se achais alguém ou se há um homem que pratique a justiça ou busque a verdade; e eu lhe perdoarei. 2E ainda que digam:
5.2
Jr 4.2
Vive o Senhor, decerto falsamente juram. 3Ah! Senhor,
5.3
Is 1.5
9.13
Jr 2.30
Sf 3.2
não atentam os teus olhos para a verdade? Feriste-os, e não lhes doeu; consumiste-os, e não quiseram receber a correção; endureceram as suas faces mais do que uma rocha; não quiseram voltar. 4Eu, porém, disse: Deveras, estes são uns pobres; são loucos,
5.4
Jr 3.7
pois não sabem o caminho do Senhor, o juízo do seu Deus. 5Irei aos grandes e falarei com eles,
5.5
Mq 3.1
porque eles sabem o caminho do Senhor, o juízo do seu Deus; mas estes, de comum acordo, quebraram o jugo e romperam as ataduras. 6Por isso, um leão
5.6
Jr 4.7
Hc 1.8
Sf 3.3
do bosque os feriu, um lobo dos desertos os assolará,
5.6
Os 13.7
um leopardo vigia contra as suas cidades; qualquer que sair delas será despedaçado; porque as suas transgressões se multiplicaram, multiplicaram-se as suas apostasias.

7Como, vendo isso, te perdoaria? Teus filhos me deixam a mim

5.7
Js 23.7
Sf 1.5
Dt 32.15,21
Gl 4.8
e juram pelos que não são deuses; depois de os eu ter fartado, adulteraram e em casa de meretrizes se ajuntaram em bandos; 8como cavalos
5.8
Ez 22.11
Jr 13.27
bem fartos, levantam-se pela manhã, rinchando cada um à mulher do seu companheiro. 9Deixaria
5.9
Jr 5.29
9.9
eu de castigar estas coisas, diz o Senhor, ou não se vingaria a minha alma de uma nação como esta?

10Subi aos seus muros e destruí-os (não façais, porém, uma destruição final); tirai 5.10 ou os seus ramosas suas ameias, porque não são do Senhor. 11Porque aleivosissimamente se houveram contra mim

5.11
Jr 3.20
a casa de Israel e a casa de Judá, diz o Senhor. 12Negam
5.12
2Cr 36.16
Jr 4.10
14.13
ao Senhor e dizem: Não é ele; e: Nenhum mal nos sobrevirá; não veremos espada nem fome. 13E até os profetas se farão como vento, porque a palavra não está com eles; assim lhes sucederá a eles mesmos. 14Portanto, assim diz o Senhor, o Deus dos Exércitos: Porquanto disseste tal palavra,
5.14
Jr 1.9
eis que converterei as minhas palavras na tua boca em fogo, e a este povo, em lenha, e eles serão consumidos. 15Eis que trarei sobre vós
5.15
Dt 28.49
Is 5.26
uma nação de longe, ó casa de Israel, diz o Senhor, uma nação robusta, uma nação antiquíssima, uma nação cuja língua ignorarás; e não entenderás o que ela falar.

16A sua aljava é como uma sepultura aberta; todos eles são valentes. 17E comerão a tua sega

5.17
Lv 26.16
Dt 28.31,33
e o teu pão, que haviam de comer teus filhos e tuas filhas; comerão as tuas ovelhas e as tuas vacas; comerão a tua vide e a tua figueira; as tuas cidades fortes, em que confiavas, abatê-las-ão à espada. 18Contudo, ainda naqueles dias, diz o Senhor,
5.18
Jr 4.27
não farei de vós uma destruição final. 19E sucederá que, quando disserem:
5.19
Dt 29.24
Jr 13.22
16.10
Por que nos fez o Senhor, nosso Deus, todas estas coisas? Então, lhes dirás: Como vós me deixastes
5.19
Jr 2.13
Dt 28.48
e servistes a deuses estranhos na vossa terra, assim servireis a estrangeiros, em terra que não é vossa.

20Anunciai isto na casa de Jacó e fazei-o ouvir em Judá, dizendo: 21Ouvi,

5.21
Is 6.9
Ez 12.2
Mt 13.14
Jo 12.40
At 28.26
Rm 11.8
agora, isto, ó povo louco e sem coração, que tendes olhos e não vedes, que tendes ouvidos e não ouvis. 22Não me temereis
5.22
Ap 15.4
a mim? — diz o Senhor; não temereis diante de mim,
5.22
Jó 26.10
28.10-11
Pv 8.29
que pus a areia por limite ao mar, por ordenança eterna, que ele não traspassará? Ainda que se levantem as suas ondas, não prevalecerão; ainda que bramem, não a traspassarão. 23Mas este povo é de coração rebelde e pertinaz; rebelaram-se e foram-se. 24E não dizem no seu coração: Temamos, agora, ao Senhor, nosso Deus,
5.24
Jr 14.22
Mt 5.45
Dt 11.14
Jl 2.23
Gn 8.22
que dá chuva, a temporã e a tardia, a seu tempo; e as semanas determinadas da sega nos conserva. 25As vossas iniquidades desviam estas coisas, e os vossos pecados afastam de vós o bem.

26Porque ímpios se acham entre o meu povo;

5.26
Pv 1.11,17-18
Hc 1.15
cada um anda espiando, como se acaçapam os passarinheiros; armam laços perniciosos, com que prendem os homens. 27Como uma gaiola cheia de pássaros, são as suas casas cheias de engano; por isso, se engrandeceram e enriqueceram. 28Engordam-se,
5.28
Dt 32.15
Is 1.23
Zc 7.10
alisam-se e ultrapassam até os feitos dos malignos; não julgam a causa dos órfãos, para que eles prosperem; nem julgam o direito dos necessitados. 29Não
5.29
Jó 12.6
Jr 5.9
castigaria eu estas coisas? — diz o Senhor; não se vingaria a minha alma de uma nação como esta?

30Coisa espantosa

5.30
Os 6.10
e horrenda se anda fazendo na terra: 31os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam pelas mãos deles, e o meu povo assim o deseja; e que fareis no fim disso?

6

61Fugi para salvação vossa, filhos de Benjamim, do meio de Jerusalém; tocai a buzina em Tecoa

6.1
Jr 1.14
4.6
e levantai o facho sobre Bete-Haquerém; porque da banda do Norte espreita um mal e um grande quebrantamento. 2A formosa e delicada, a filha de Sião, eu deixarei desolada. 3A ela virão pastores com os seus rebanhos;
6.3
2Rs 25.1,4
levantarão contra ela tendas em redor, e cada um apascentará no seu lugar. 4Preparai
6.4
Jr 15.8
51.27
Jl 3.9
a guerra contra ela, levantai-vos, e subamos ao pino do meio-dia; ai de nós, que já declina o dia, que se vão estendendo as sombras da tarde! 5Levantai-vos, e subamos de noite e destruamos os seus palácios. 6Porque assim diz o Senhor dos Exércitos: Cortai árvores e levantai tranqueiras contra Jerusalém; esta é a cidade que há de ser visitada; só opressão há no meio dela. 7Como
6.7
Jr 20.8
Ez 7.11,23
a fonte produz as suas águas, assim ela produz a sua malícia; violência e estrago se ouvem nela; enfermidade e feridas diante de mim continuadamente. 8Corrige-te, ó Jerusalém, para
6.8
Ez 23.18
Os 9.12
que a minha alma não se aparte de ti, para que não te torne em assolação e terra não habitada.

9Assim diz o Senhor dos Exércitos: Diligentemente, respigarão os resíduos de Israel como uma vinha; torna a tua mão, como o vindimador, aos cestos. 10A quem falarei e testemunharei, para que ouça?

6.10
Jr 7.26
At 7.51
Êx 6.12
Eis que os seus ouvidos estão incircuncisos e não podem ouvir;
6.10
Jr 20.5
eis que a palavra do Senhor é para eles coisa vergonhosa; não gostam dela. 11Pelo que estou cheio do furor do Senhor;
6.11
Jr 9.21
20.9
estou cansado de o conter; derramá-lo-ei sobre os meninos pelas ruas e nas reuniões dos jovens juntamente; porque até o marido com a mulher serão presos, e o velho, com o que está cheio de dias. 12E as suas casas
6.12
Dt 28.30
Jr 8.10
passarão a outros, herdades e mulheres juntamente; porque estenderei a mão contra os habitantes desta terra, diz o Senhor. 13Porque, desde o menor deles até ao maior,
6.13
Is 56.11
cada um se dá à avareza; e, desde o profeta até ao sacerdote, cada um usa de falsidade. 14E curam
6.14
Jr 4.10
8.11
14.13
23.17
Ez 13.10
a ferida da filha do meu povo levianamente, dizendo: Paz, paz; quando não há paz. 15Porventura, envergonham-se
6.15
Jr 3.3
8.12
de cometer abominação? Pelo contrário, de maneira nenhuma se envergonham, nem tampouco sabem que coisa é envergonhar-se; portanto, cairão entre os que caem; no tempo em que eu os visitar, tropeçarão, diz o Senhor.

16Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas

6.16
Jr 18.15
Mt 11.29
veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para a vossa alma; mas eles dizem: Não andaremos. 17Também pus atalaias
6.17
Is 21.11
58.1
Jr 25.4
Ez 3.17
Hc 2.1
sobre vós, dizendo: Estai atentos à voz da buzina; mas dizem: Não escutaremos. 18Portanto, ouvi, vós, nações, e informa-te tu, ó congregação, do que se faz entre eles! 19Ouve tu, ó terra!
6.19
Is 1.2
Eis que eu trarei mal sobre este povo, o próprio fruto dos seus pensamentos; porque não estão atentos às minhas palavras e rejeitam a minha lei. 20Para que, pois, me virá
6.20
Is 66.3
Am 5.21
Mq 6.6
o incenso de Sabá
6.20
Is 60.6
Jr 7.21
e a melhor cana aromática de terras remotas? Vossos holocaustos não me agradam, nem me são suaves os vossos sacrifícios. 21Portanto, assim diz o Senhor: Eis que armarei tropeços a este povo, e tropeçarão neles pais e filhos juntamente; o vizinho e o seu companheiro perecerão.

22Assim diz o Senhor:

6.22
Jr 1.15
5.15
10.22
50.41
Eis que um povo vem da terra do Norte, e uma grande nação se levantará das bandas da terra. 23Arco e lança trarão; eles são cruéis e não usarão de misericórdia;
6.23
Is 5.30
a sua voz rugirá como o mar, e em cavalos irão montados, dispostos como homens de guerra contra ti, ó filha de Sião. 24Ouvimos a sua fama,
6.24
Jr 4.31
13.21
afrouxaram-se as nossas mãos; angústia nos tomou, e dores como de parturiente. 25Não saiais ao campo, nem andeis pelo caminho; porque espada do inimigo e espanto em redor. 26Ó filha do meu povo,
6.26
Jr 4.8
Zc 12.10
cinge-te de cilício e revolve-te na cinza; pranteia como por um filho único, pranto de amarguras; porque presto virá o destruidor sobre nós.

27Por torre de guarda

6.27
Jr 1.18
15.20
te pus entre o meu povo, por fortaleza, para que soubesses e examinasses o seu caminho. 28Todos
6.28
Jr 9.4
Ez 22.18
eles são os mais rebeldes e andam murmurando; são duros como bronze e ferro, todos eles andam corruptamente. 29 o fole se queimou, o chumbo se consumiu com o fogo; em vão vai fundindo o fundidor tão diligentemente, pois os maus não são arrancados. 30Prata rejeitada lhes chamarão, porque o Senhor os rejeitou.

7

Promessas e ameaças proferidas à porta do templo

71A palavra que foi dita a Jeremias pelo Senhor, dizendo: 2Põe-te

7.2
Jr 26.2
à porta da Casa do Senhor, e proclama ali esta palavra, e dize: Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá, vós os que entrais por estas portas, para adorardes ao Senhor. 3Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel:
7.3
Jr 18.11
26.13
Melhorai os vossos caminhos e as vossas obras, e vos farei habitar neste lugar. 4Não vos fieis
7.4
Mq 3.11
em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor é este. 5Mas, se deveras melhorardes os vossos caminhos e as vossas obras,
7.5
Jr 22.3
se deveras fizerdes juízo entre um homem e entre o seu companheiro, 6se não oprimirdes o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, nem derramardes sangue inocente neste lugar,
7.6
Dt 6.14-15
8.19
11.28
Jr 13.10
nem andardes após outros deuses para vosso próprio mal, 7eu vos farei habitar
7.7
Dt 4.40
Jr 3.18
neste lugar, na terra que dei a vossos pais, de século em século.

8Eis que vós confiais

7.8
Jr 5.31
7.4
14.13-14
em palavras falsas, que para nada são proveitosas. 9Furtareis vós,
7.9
1Rs 18.21
Os 4.1-2
Sf 1.5
Jr 7.6
Êx 20.3
e matareis, e cometereis adultério, e jurareis falsamente, e queimareis incenso a Baal, e andareis após outros deuses que não conhecestes, 10e então vireis,
7.10
Ez 23.39
Jr 7.11,14,30
32.34
34.15
e vos poreis diante de mim nesta casa, que se chama pelo meu nome, e direis: Somos livres, podemos fazer todas estas abominações? 11É, pois,
7.11
Is 56.7
Mt 21.13
Mc 11.17
Lc 19.46
esta casa, que se chama pelo meu nome, uma caverna de salteadores aos vossos olhos? Eis que eu, eu mesmo, vi isso, diz o Senhor.

12Mas ide agora ao meu lugar,

7.12
Js 18.1
Jz 18.31
Dt 12.11
1Sm 4.10-11
Jr 26.6
que estava em Siló, onde, no princípio, fiz habitar o meu nome, e vede o que lhe fiz, por causa da maldade do meu povo de Israel. 13Agora, pois, porquanto fazeis todas estas obras, diz o Senhor, e eu vos falei,
7.13
2Cr 36.15
Jr 7.25
11.7
Is 65.12
66.4
madrugando e falando, e não ouvistes, chamei-vos, e não respondestes, 14farei também a esta casa, que se chama pelo meu nome, na qual confiais, e a este lugar, que vos dei
7.14
1Sm 4.10-11
Jr 26.6
a vós e a vossos pais, como fiz a Siló. 15E vos arrojarei da minha presença,
7.15
2Rs 17.23
como arrojei a todos os vossos irmãos, a toda a geração de Efraim.

16Tu, pois, não ores

7.16
Êx 32.10
Jr 11.14
14.11
por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me importunes,
7.16
Jr 15.1
porque eu não te ouvirei. 17Não vês tu o que andam fazendo nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém? 18Os filhos
7.18
Jr 44.17,19
apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres amassam a farinha, para fazerem bolos à deusa chamada Rainha dos Céus, e oferecem
7.18
Jr 19.13
libações a outros deuses, para me provocarem à ira. 19Acaso
7.19
Dt 32.16,21
é a mim que eles provocam à ira, diz o Senhor, e não antes a si mesmos, para confusão dos seus rostos? 20Portanto, assim diz o Senhor Jeová: Eis que a minha ira e o meu furor se derramarão sobre este lugar, e sobre os homens, e sobre os animais, e sobre as árvores do campo, e sobre os frutos da terra; e acender-se-á e não se apagará.

21Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel:

7.21
Is 1.11
Jr 6.20
Am 5.21
Os 8.13
Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne. 22Porque
7.22
1Sm 15.22
Os 6.6
nunca falei a vossos pais, no dia em que vos tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios. 23Mas isto lhes ordenei, dizendo:
7.23
Êx 15.26
19.5
Dt 6.3
Jr 11.4,7
Lv 26.12
Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem. 24Mas não ouviram, nem inclinaram os ouvidos,
7.24
Dt 29.19
Jr 2.27
32.33
Os 4.16
mas andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás e não para diante. 25Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito até hoje,
7.25
2Cr 36.15
Jr 7.13
25.4
29.19
enviei-vos todos os meus servos, os profetas, todos os dias madrugando e enviando-os. 26Mas não me deram
7.26
Ne 9.17,29
Jr 7.24
16.12
19.15
ouvidos, nem inclinaram os ouvidos, mas endureceram a sua cerviz e fizeram pior do que seus pais.

27Dir-lhes-ás,

7.27
Ez 2.7
pois, todas estas palavras, mas não te darão ouvidos; chamá-los-ás, mas não te responderão. 28E lhes dirás: Uma gente é esta que não dá ouvidos à voz do Senhor, seu Deus,
7.28
Jr 5.3
9.3
32.33
e não aceita a correção; pereceu a verdade e se arrancou da sua boca.

29Corta

7.29
Jó 1.20
Is 15.2
Jr 16.6
48.37
Mq 1.16
o cabelo da tua cabeça, e lança-o fora, e levanta o teu pranto sobre as alturas; porque já o Senhor rejeitou e desamparou a geração do seu furor; 30porque os filhos de Judá fizeram o que era mal aos meus olhos, diz o Senhor;
7.30
2Rs 21.4,7
2Cr 33.4-5,7
Jr 32.34
puseram as suas abominações na casa que se chama pelo meu nome, para a contaminarem. 31E edificaram
7.31
2Rs 23.10
Jr 19.5
32.35
os altos de Tofete, que está no vale do filho de Hinom, para queimarem a seus filhos e a suas filhas; o que nunca ordenei, nem me subiu ao coração. 32Portanto,
7.32
Jr 19.6
eis que vêm dias, diz o Senhor, em que nunca se chamará mais Tofete, nem vale do filho de Hinom, mas o vale da Matança;
7.32
2Rs 23.10
Jr 19.11
e enterrarão em Tofete, por não haver mais lugar. 33E os cadáveres
7.33
Dt 28.26
deste povo servirão de pasto às aves dos céus e aos animais da terra; e ninguém os espantará. 34E farei
7.34
Is 24.7-8
Jr 16.9
25.10
33.11
Ez 26.13
Os 2.11
Ap 18.23
cessar nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém a voz de folguedo, e a voz de alegria, e a voz de esposo, e a voz de esposa;
7.34
Lv 26.33
Is 1.7
3.26
porque a terra se tornará em desolação.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]