Almeida Revista e Corrigida (2009) (ARC)
5

Predição da ruína de Israel

51Ouvi esta palavra

5.1
Jr 7.29
Ez 19.1
27.2
que levanto como uma lamentação sobre vós, ó casa de Israel. 2A virgem de Israel caiu, nunca mais tornará a levantar-se; desamparada está na sua terra, não quem a levante. 3Porque assim diz o Senhor Jeová: A cidade da qual saem mil conservará cem, e aquela da qual saem cem conservará dez à casa de Israel.

4Porque assim diz o Senhor à casa de Israel: Buscai-me e vivei. 5Mas

5.5
2Cr 15.2
Jr 29.13
Am 5.6
Is 55.3
não busqueis a Betel, nem venhais a Gilgal, nem passeis
5.5
Am 4.4
8.14
Os 4.5
a Berseba, porque Gilgal certamente será levado cativo, e Betel será desfeito em nada. 6Buscai o Senhor
5.6
Am 5.4
e vivei, para que não se lance na casa de José como um fogo, e a consuma, e não haja em Betel quem o apague. 7Vós que
5.7
Am 6.12
converteis o juízo em alosna e deitais por terra a justiça, 8procurai o
5.8
Jó 9.9
38.31
que faz o Sete-estrelo e o Órion, e torna a sombra da noite em manhã, e escurece o dia como a noite;
5.8
Jó 38.34
Am 4.13
9.6
o que chama as águas do mar e as derrama sobre a terra; Senhor é o seu nome. 9O que faz vir súbita destruição sobre o forte, de sorte que vem a assolação contra a fortaleza.

10Aborrecem

5.10
Is 29.21
1Rs 22.8
na porta ao que os repreende e abominam o que fala sinceramente. 11Portanto, visto que pisais o pobre e dele exigis um tributo de trigo, edificareis casas de pedras lavradas,
5.11
Dt 28.30,33,39
Mq 6.15
Sf 1.13
Ag 1.6
mas nelas não habitareis; vinhas desejáveis plantareis, mas não bebereis do seu vinho. 12Porque sei que são muitas as vossas transgressões e enormes os vossos pecados;
5.12
Am 2.6
Is 29.21
afligis o justo, tomais 5.12 ou subornoresgate e rejeitais os necessitados na porta. 13Portanto, o que for prudente guardará silêncio naquele tempo, porque o tempo será mau.

14Buscai o bem e não o mal, para que vivais;

5.14
Mq 3.11
e assim o Senhor, o Deus dos Exércitos, estará convosco, como dizeis. 15Aborrecei o mal,
5.15
Rm 12.9
Êx 32.30
2Rs 19.4
e amai o bem, e estabelecei o juízo na porta; talvez o Senhor, o Deus dos Exércitos, tenha piedade do resto de José.

16Portanto, assim diz o Senhor, Deus dos Exércitos, o Senhor: Em todas as ruas haverá pranto, e em todos os bairros dirão:

5.16
Jr 9.17
Ai! Ai! E ao lavrador chamarão para choro e para pranto os que souberem prantear. 17E em todas as vinhas haverá pranto;
5.17
Êx 12.12
Na 1.12
porque passarei pelo meio de ti, diz o Senhor.

18Ai

5.18
Is 5.19
Ez 12.22,27
Jr 30.7
Jl 2.2
Sf 1.15
daqueles que desejam o dia do Senhor! Para que quereis vós este dia do Senhor? Trevas será e não luz. 19Como
5.19
Jr 48.44
se um homem fugisse de diante do leão, e se encontrasse com ele o urso ou como se, entrando em uma casa, a sua mão encostasse à parede, e fosse mordido por uma cobra. 20Não será, pois, o dia do Senhor trevas e não luz? Não será completa escuridade sem nenhum resplendor?

21Aborreço,

5.21
Pv 21.27
Jr 6.20
Os 8.13
desprezo as vossas festas, e as vossas assembleias solenes não me dão nenhum prazer. 22E,
5.22
Mq 6.6-7
ainda que me ofereçais holocaustos e ofertas de manjares, não me agradarei delas, nem atentarei para as ofertas pacíficas de vossos animais gordos. 23Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias dos teus instrumentos. 24Corra, porém,
5.24
Mq 6.8
o juízo como as águas, e a justiça, como o ribeiro impetuoso. 25Oferecestes-me vós sacrifícios e oblações no deserto por quarenta anos,
5.25
Dt 32.17
Js 24.14
Ez 20.8,16,24
At 7.42
Is 43.23
ó casa de Israel? 26Antes, levastes a tenda de vosso Moloque, e o altar das vossas imagens, e a estrela do vosso deus, que fizestes para vós mesmos. 27Portanto, vos levarei cativos, para além de Damasco,
5.27
Am 4.13
diz o Senhor, cujo nome é Deus dos Exércitos.

6

A corrupção de Israel. Ameaças

61Ai dos

6.1
Lc 6.24
que repousam em Sião e dos que estão seguros no monte de Samaria;
6.1
Êx 19.5
que têm nome entre as primeiras nações, e aos quais vem a casa de Israel! 2Passai a Calné
6.2
Is 10.9
2Rs 18.34
e vede; e dali ide à grande Hamate;
6.2
2Cr 26.6
depois descei a Gate dos filisteus; serão melhores que estes reinos? Ou será maior o seu termo do que o vosso termo? 3Vós que dilatais
6.3
Am 5.18
6.12
9.10
o dia mau e vos chegais ao lugar de violência; 4que dormis em camas de marfim, e vos estendeis sobre os vossos leitos, e comeis os cordeiros do rebanho e os bezerros do meio da manada; 5que cantais
6.5
Is 5.12
ao som do alaúde e inventais para vós instrumentos músicos, como Davi; 6que bebeis vinho em taças e vos ungis com o mais excelente óleo, mas não vos afligis 6.6 ou por causa da aflição de Josépela quebra de José: 7eis que, agora, ireis em cativeiro entre os primeiros que forem cativos, e cessarão os festins dos regalados.

8Jurou

6.8
Jr 5.14
Hb 6.13,17
o Senhor Jeová pela sua alma, o Senhor, Deus dos Exércitos: Tenho abominação pela soberba de Jacó e aborreço os seus palácios;
6.8
Am 8.7
e entregarei a cidade e tudo o que nela há. 9E acontecerá que, ficando de resto dez homens em uma casa, morrerão. 10E a alguém tomará o seu tio ou o que o queima, para levar os ossos para fora da casa; e dirá ao que estiver nos cantos da casa: Está ainda alguém contigo? E ele dirá: Ninguém. E dirá este:
6.10
Am 5.13
8.3
Cala-te, porque não podemos fazer menção do nome do Senhor. 11Porque eis que
6.11
Am 3.15
o Senhor manda, e será ferida a casa grande de 6.11 ou brechasquebraduras, e a casa pequena, de fendas.

12Poderão correr cavalos na rocha? Poderão lavrá-la com bois? Por que haveis vós tornado o juízo em fel

6.12
Os 10.4
Am 5.7
e o fruto da justiça em alosna? 13Vós que vos alegrais de nada, vós que dizeis: Não nos temos nós tornado poderosos por nossa força? 14Porque eis que eu levantarei sobre vós, ó casa de Israel, um povo, diz o Senhor, Deus dos Exércitos,
6.14
Jr 5.5
e oprimir-vos-á, desde
6.14
Nm 34.8
a entrada de Hamate até ao ribeiro da planície.

7

A visão da locusta, do fogo e do prumo

71O Senhor Jeová assim me fez ver: eis que ele formava gafanhotos no princípio do rebento da erva serôdia, e eis que era a erva serôdia depois da segada do rei. 2E aconteceu que, como eles tivessem comido completamente a erva da terra, eu disse: Senhor Jeová, perdoa;

7.2
Am 7.5
como se levantará agora Jacó? Pois ele é pequeno. 3Então,
7.3
Am 7.6
o Senhor se arrependeu disso. Não acontecerá, disse o Senhor.

4Assim me mostrou o Senhor Jeová: eis que o Senhor Jeová clamava que queria contender por meio do fogo; e consumiu o grande abismo e também queria consumir a terra. 5Então, eu disse: Senhor Jeová, cessa agora;

7.5
Am 7.2-3
como se levantará Jacó? Pois ele é pequeno. 6E o Senhor se arrependeu disso. Nem isso acontecerá, disse o Senhor Jeová.

7Mostrou-me também assim: eis que o Senhor estava sobre um muro levantado a prumo; e tinha um prumo na sua mão. 8E o Senhor me disse: Que vês tu, Amós? E eu disse: Um prumo. Então, disse o Senhor:

7.8
Lm 2.8
Eis que eu porei o prumo no meio do meu povo Israel; nunca mais passarei por ele. 9Mas os altos de Isaque serão
7.9
Gn 26.23
Am 5.5
8.14
assolados, e destruídos os santuários de Israel;
7.9
2Rs 15.10
e levantar-me-ei com a espada contra a casa de Jeroboão.

10Então,

7.10
1Rs 12.32
2Rs 14.23
Amazias, o sacerdote de Betel, mandou dizer a Jeroboão, rei de Israel: Amós tem conspirado contra ti, no meio da casa de Israel; a terra não poderá sofrer todas as suas palavras. 11Porque assim diz Amós: Jeroboão morrerá à espada, e Israel certamente será levado para fora da sua terra em cativeiro. 12Depois, Amazias disse a Amós: Vai-te, ó vidente, foge para a terra de Judá, e ali come o pão, e ali profetiza; 13mas, em Betel, daqui por diante, não
7.13
Am 2.12
1Rs 12.32
profetizarás mais, porque é o santuário do rei e a casa do reino.

14E respondeu Amós e disse a Amazias:

7.14
1Rs 20.35
2Rs 2.5
4.38
6.1
Am 1.1
Zc 13.5
Eu não era profeta, nem filho de profeta, mas boieiro e cultivador de sicômoros. 15Mas o Senhor me tirou de após o gado e o Senhor me disse: Vai e profetiza ao meu povo Israel. 16Ora, pois, ouve a palavra do Senhor. Tu dizes:
7.16
Ez 21.2
Mq 2.6
Não profetizarás contra Israel, nem falarás contra a casa de Isaque. 17Portanto, assim diz o Senhor:
7.17
Jr 29.21,25,31-32
Is 13.16
Lm 5.11
Os 4.13
Zc 14.2
Tua mulher se prostituirá na cidade, e teus filhos e tuas filhas cairão à espada, e a tua terra será repartida a cordel, e tu morrerás na terra imunda, e Israel certamente será levado cativo para fora da sua terra.