Almeida Revista e Atualizada (1993) (ARA)
76

A majestade e o poder de Deus

Ao mestre de canto, com instrumentos de cordas. Salmo de Asafe. Cântico

761Conhecido é Deus em Judá;

grande, o seu nome em Israel.

2Em Salém, está o seu tabernáculo,

e, em Sião, a sua morada.

3Ali, despedaçou ele os relâmpagos do arco,

o escudo, a espada e a batalha.

4Tu és ilustre e mais glorioso

do que os montes eternos.

5Despojados foram os de ânimo forte;

jazem a dormir o seu sono,

e nenhum dos valentes

pode valer-se das próprias mãos.

6Ante a tua repreensão, ó Deus de Jacó,

paralisaram carros e cavalos.

7Tu, sim, tu és terrível;

se te iras,

quem pode subsistir à tua vista?

8Desde os céus fizeste ouvir o teu juízo;

tremeu a terra e se aquietou,

9ao levantar-se Deus para julgar

e salvar todos os humildes da terra.

10Pois até a ira humana há de louvar-te;

e do resíduo das iras te cinges.

11Fazei votos e pagai-os ao Senhor, vosso Deus;

tragam presentes todos os que o rodeiam,

àquele que deve ser temido.

12Ele quebranta o orgulho dos príncipes;

é tremendo aos reis da terra.