Almeida Revista e Atualizada (1993) (ARA)
147

Louvor ao Deus Todo-Poderoso

1471Louvai ao Senhor,

porque é bom e amável cantar louvores ao nosso Deus;

fica-lhe bem o cântico de louvor.

2O Senhor edifica Jerusalém

e congrega os dispersos de Israel;

3sara os de coração quebrantado

e lhes pensa as feridas.

4Conta o número das estrelas,

chamando-as todas pelo seu nome.

5Grande é o Senhor nosso e mui poderoso;

o seu entendimento não se pode medir.

6O Senhor ampara os humildes

e dá com os ímpios em terra.

7Cantai ao Senhor com ações de graças;

entoai louvores, ao som da harpa, ao nosso Deus,

8que cobre de nuvens os céus,

prepara a chuva para a terra,

faz brotar nos montes a erva

9e dá o alimento aos animais

e aos filhos dos corvos, quando clamam.

10Não faz caso da força do cavalo,

nem se compraz nos músculos do guerreiro.

11Agrada-se o Senhor dos que o temem

e dos que esperam na sua misericórdia.

12Louva, Jerusalém, ao Senhor;

louva, Sião, ao teu Deus.

13Pois ele reforçou as trancas das tuas portas

e abençoou os teus filhos, dentro de ti;

14estabeleceu a paz nas tuas fronteiras

e te farta com o melhor do trigo.

15Ele envia as suas ordens à terra,

e sua palavra corre velozmente;

16dá a neve como lã

e espalha a geada como cinza.

17Ele arroja o seu gelo em migalhas;

quem resiste ao seu frio?

18Manda a sua palavra e o derrete;

faz soprar o vento, e as águas correm.

19Mostra a sua palavra a Jacó,

as suas leis e os seus preceitos, a Israel.

20Não fez assim a nenhuma outra nação;

todas ignoram os seus preceitos.

Aleluia!

148

Um coro de aleluias

1481Aleluia!

Louvai ao Senhor do alto dos céus,

louvai-o nas alturas.

2Louvai-o, todos os seus anjos;

louvai-o, todas as suas legiões celestes.

3Louvai-o, sol e lua;

louvai-o, todas as estrelas luzentes.

4Louvai-o, céus dos céus

e as águas que estão acima do firmamento.

5Louvem o nome do Senhor,

pois mandou ele, e foram criados.

6E os estabeleceu para todo o sempre;

fixou-lhes uma ordem que não passará.

7Louvai ao Senhor da terra,

monstros marinhos e abismos todos;

8fogo e saraiva, neve e vapor

e ventos procelosos que lhe executam a palavra;

9montes e todos os outeiros,

árvores frutíferas e todos os cedros;

10feras e gados,

répteis e voláteis;

11reis da terra e todos os povos,

príncipes e todos os juízes da terra;

12rapazes e donzelas,

velhos e crianças.

13Louvem o nome do Senhor,

porque só o seu nome é excelso;

a sua majestade é acima da terra e do céu.

14Ele exalta o poder do seu povo,

o louvor de todos os seus santos,

dos filhos de Israel, povo que lhe é chegado.

Aleluia!

149

Os fiéis louvam a Deus

1491Aleluia!

Cantai ao Senhor um novo cântico

e o seu louvor, na assembleia dos santos.

2Regozije-se Israel no seu Criador,

exultem no seu Rei os filhos de Sião.

3Louvem-lhe o nome com flauta;

cantem-lhe salmos com adufe e harpa.

4Porque o Senhor se agrada do seu povo

e de salvação adorna os humildes.

5Exultem de glória os santos,

no seu leito cantem de júbilo.

6Nos seus lábios estejam os altos louvores de Deus,

nas suas mãos, espada de dois gumes,

7para exercer vingança entre as nações

e castigo sobre os povos;

8para meter os seus reis em cadeias

e os seus nobres, em grilhões de ferro;

9para executar contra eles a sentença escrita,

o que será honra para todos os seus santos.

Aleluia!