Almeida Revista e Atualizada (1993) (ARA)
145

A bondade, grandeza e providência de Deus

Louvores de Davi

1451Exaltar-te-ei, ó Deus meu e Rei;

bendirei o teu nome

para todo o sempre.

2Todos os dias te bendirei

e louvarei o teu nome para todo o sempre.

3Grande é o Senhor e mui digno de ser louvado;

a sua grandeza é insondável.

4Uma geração louvará a outra geração as tuas obras

e anunciará os teus poderosos feitos.

5Meditarei no glorioso esplendor da tua majestade

e nas tuas maravilhas.

6Falar-se-á do poder dos teus feitos tremendos,

e contarei a tua grandeza.

7Divulgarão a memória de tua muita bondade

e com júbilo celebrarão a tua justiça.

8Benigno e misericordioso é o Senhor,

tardio em irar-se e de grande clemência.

9O Senhor é bom para todos,

e as suas ternas misericórdias permeiam todas as suas obras.

10Todas as tuas obras te renderão graças, Senhor;

e os teus santos te bendirão.

11Falarão da glória do teu reino

e confessarão o teu poder,

12para que aos filhos dos homens se façam notórios os teus poderosos feitos

e a glória da majestade do teu reino.

13O teu reino é o de todos os séculos,

e o teu domínio subsiste por todas as gerações.

O Senhor é fiel em todas as suas palavras

e santo em todas as suas obras.

14O Senhor sustém os que vacilam

e apruma todos os prostrados.

15Em ti esperam os olhos de todos,

e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento.

16Abres a mão

e satisfazes de benevolência a todo vivente.

17Justo é o Senhor em todos os seus caminhos,

benigno em todas as suas obras.

18Perto está o Senhor de todos os que o invocam,

de todos os que o invocam em verdade.

19Ele acode à vontade dos que o temem;

atende-lhes o clamor e os salva.

20O Senhor guarda a todos os que o amam;

porém os ímpios serão exterminados.

21Profira a minha boca louvores ao Senhor,

e toda carne louve o seu santo nome, para todo o sempre.