Almeida Revista e Atualizada (1993) (ARA)
126

Consolo para os que choram

Cântico de romagem

1261Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião,

ficamos como quem sonha.

2Então, a nossa boca se encheu de riso,

e a nossa língua, de júbilo;

então, entre as nações se dizia:

Grandes coisas o Senhor tem feito por eles.

3Com efeito, grandes coisas fez o Senhor por nós;

por isso, estamos alegres.

4Restaura, Senhor, a nossa sorte,

como as torrentes no Neguebe.

5Os que com lágrimas semeiam

com júbilo ceifarão.

6Quem sai andando e chorando,

enquanto semeia,

voltará com júbilo,

trazendo os seus feixes.

127

Todo bem procede de Deus

Cântico de romagem. De Salomão

1271Se o Senhor não edificar a casa,

em vão trabalham os que a edificam;

se o Senhor não guardar a cidade,

em vão vigia a sentinela.

2Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde,

comer o pão que penosamente granjeastes;

aos seus amados ele o dá enquanto dormem.

3Herança do Senhor são os filhos;

o fruto do ventre, seu galardão.

4Como flechas na mão do guerreiro,

assim os filhos da mocidade.

5Feliz o homem que enche deles a sua aljava;

não será envergonhado,

quando pleitear com os inimigos à porta.

128

Temor de Deus e felicidade no lar

Cântico de romagem

1281Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor

e anda nos seus caminhos!

2Do trabalho de tuas mãos comerás,

feliz serás, e tudo te irá bem.

3Tua esposa, no interior de tua casa,

será como a videira frutífera;

teus filhos, como rebentos da oliveira,

à roda da tua mesa.

4Eis como será abençoado o homem

que teme ao Senhor!

5O Senhor te abençoe desde Sião,

para que vejas a prosperidade de Jerusalém

durante os dias de tua vida,

6vejas os filhos de teus filhos.

Paz sobre Israel!