Almeida Revista e Atualizada (1993) (ARA)
2

As ofertas de manjares

21Quando alguma pessoa fizer oferta de manjares ao Senhor, a sua oferta será de flor de farinha; nela, deitará azeite e, sobre ela, porá incenso. 2Levá-la-á aos filhos de Arão, os sacerdotes, um dos quais tomará dela um punhado da flor de farinha e do seu azeite com todo o seu incenso e os queimará como porção memorial sobre o altar; é oferta queimada, de aroma agradável ao Senhor. 3O que ficar da oferta de manjares será de Arão e de seus filhos; é coisa santíssima das ofertas queimadas ao Senhor.

4Quando trouxeres oferta de manjares, cozida no forno, será de bolos asmos de flor de farinha amassados com azeite e obreias asmas untadas com azeite. 5Se a tua oferta for de manjares cozida na assadeira, será de flor de farinha sem fermento amassada com azeite. 6Em pedaços a partirás e, sobre ela, deitarás azeite; é oferta de manjares. 7Se a tua oferta for de manjares de frigideira, far-se-á de flor de farinha com azeite. 8E a oferta de manjares, que daquilo se fará, trarás ao Senhor; será apresentada ao sacerdote, o qual a levará ao altar. 9Da oferta de manjares tomará o sacerdote a porção memorial e a queimará sobre o altar; é oferta queimada, de aroma agradável ao Senhor. 10O que ficar da oferta de manjares será de Arão e de seus filhos; é coisa santíssima das ofertas queimadas ao Senhor.

11Nenhuma oferta de manjares, que fizerdes ao Senhor, se fará com fermento; porque de nenhum fermento e de mel nenhum queimareis por oferta ao Senhor. 12Deles, trareis ao Senhor por oferta das primícias; todavia, não se porão sobre o altar como aroma agradável. 13Toda oferta dos teus manjares temperarás com sal; à tua oferta de manjares não deixarás faltar o sal da aliança do teu Deus; em todas as tuas ofertas aplicarás sal.

14Se trouxeres ao Senhor oferta de manjares das primícias, farás a oferta de manjares das tuas primícias de espigas verdes, tostadas ao fogo, isto é, os grãos esmagados de espigas verdes. 15Deitarás azeite sobre ela e, por cima, lhe porás incenso; é oferta de manjares. 16Assim, o sacerdote queimará a porção memorial dos grãos de espigas esmagados e do azeite, com todo o incenso; é oferta queimada ao Senhor.

3

Os sacrifícios pacíficos

31Se a oferta de alguém for sacrifício pacífico, se a fizer de gado, seja macho ou fêmea, oferecê-la-á sem defeito diante do Senhor. 2E porá a mão sobre a cabeça da sua oferta e a imolará diante da porta da tenda da congregação; e os filhos de Arão, os sacerdotes, aspergirão o sangue sobre o altar, ao redor. 3Do sacrifício pacífico fará oferta queimada ao Senhor: a gordura que cobre as entranhas e toda a gordura que está sobre as entranhas, 4como também os dois rins, a gordura que está sobre eles e junto aos lombos; e o redenho sobre o fígado com os rins, tirá-los-á. 5E os filhos de Arão queimarão tudo isso sobre o altar, em cima do holocausto, que estará sobre a lenha no fogo; é oferta queimada, de aroma agradável ao Senhor.

6Se a sua oferta por sacrifício pacífico ao Senhor for de gado miúdo, seja macho ou fêmea, sem defeito a oferecerá. 7Se trouxer um cordeiro por sua oferta, oferecê-lo-á perante o Senhor. 8E porá a mão sobre a cabeça da sua oferta e a imolará diante da tenda da congregação; e os filhos de Arão aspergirão o sangue sobre o altar, em redor. 9Então, do sacrifício pacífico trará ao Senhor por oferta queimada a sua gordura: a cauda toda, a qual tirará rente ao espinhaço, e a gordura que cobre as entranhas, e toda a gordura que está sobre as entranhas, 10como também os dois rins, a gordura que está sobre eles e junto aos lombos; e o redenho sobre o fígado com os rins, tirá-los-á. 11E o sacerdote queimará tudo isso sobre o altar; é manjar da oferta queimada ao Senhor.

12Mas, se a sua oferta for uma cabra, perante o Senhor a trará. 13E porá a mão sobre a sua cabeça e a imolará diante da tenda da congregação; e os filhos de Arão aspergirão o sangue sobre o altar, em redor. 14Depois, trará dela a sua oferta, por oferta queimada ao Senhor: a gordura que cobre as entranhas e toda a gordura que está sobre as entranhas, 15como também os dois rins, a gordura que está sobre eles e junto aos lombos; e o redenho sobre o fígado com os rins, tirá-los-á. 16E o sacerdote queimará tudo isso sobre o altar; é manjar da oferta queimada, de aroma agradável. Toda a gordura será do Senhor. 17Estatuto perpétuo será durante as vossas gerações, em todas as vossas moradas; gordura nenhuma nem sangue jamais comereis.

4

O sacrifício pelos pecados por ignorância dos sacerdotes

41Disse mais o Senhor a Moisés: 2Fala aos filhos de Israel, dizendo: Quando alguém pecar por ignorância contra qualquer dos mandamentos do Senhor, por fazer contra algum deles o que não se deve fazer, 3se o sacerdote ungido pecar para escândalo do povo, oferecerá pelo seu pecado um novilho sem defeito ao Senhor, como oferta pelo pecado. 4Trará o novilho à porta da tenda da congregação, perante o Senhor; porá a mão sobre a cabeça do novilho e o imolará perante o Senhor. 5Então, o sacerdote ungido tomará do sangue do novilho e o trará à tenda da congregação; 6e, molhando o dedo no sangue, aspergirá dele sete vezes perante o Senhor, diante do véu do santuário. 7Também daquele sangue porá o sacerdote sobre os chifres do altar do incenso aromático, perante o Senhor, altar que está na tenda da congregação; e todo o restante do sangue do novilho derramará à base do altar do holocausto, que está à porta da tenda da congregação. 8Toda a gordura do novilho da expiação tirará dele: a gordura que cobre as entranhas e toda a gordura que está sobre as entranhas, 9como também os dois rins, a gordura que está sobre eles e junto aos lombos; e o redenho sobre o fígado com os rins, tirá-los-á 10como se tiram os do novilho do sacrifício pacífico; e o sacerdote os queimará sobre o altar do holocausto. 11Mas o couro do novilho, toda a sua carne, a cabeça, as pernas, as entranhas e o excremento, 12a saber, o novilho todo, levá-lo-á fora do arraial, a um lugar limpo, onde se lança a cinza, e o queimará sobre a lenha; será queimado onde se lança a cinza.

Os sacrifícios pelos pecados por ignorância de toda a congregação

Nm 15.22-26

13Mas, se toda a congregação de Israel pecar por ignorância, e isso for oculto aos olhos da coletividade, e se fizerem, contra algum dos mandamentos do Senhor, aquilo que se não deve fazer, e forem culpados, 14e o pecado que cometeram for notório, então, a coletividade trará um novilho como oferta pelo pecado e o apresentará diante da tenda da congregação. 15Os anciãos da congregação porão as mãos sobre a cabeça do novilho perante o Senhor; e será imolado o novilho perante o Senhor. 16Então, o sacerdote ungido trará do sangue do novilho à tenda da congregação; 17molhará o dedo no sangue e o aspergirá sete vezes perante o Senhor, diante do véu. 18E daquele sangue porá sobre os chifres do altar que está perante o Senhor, na tenda da congregação; e todo o restante do sangue derramará à base do altar do holocausto, que está à porta da tenda da congregação. 19Tirará do novilho toda a gordura e a queimará sobre o altar; 20e fará a este novilho como fez ao novilho da oferta pelo pecado; assim lhe fará, e o sacerdote por eles fará expiação, e eles serão perdoados. 21Depois, levará o novilho fora do arraial e o queimará como queimou o primeiro novilho; é oferta pelo pecado da coletividade.

Os sacrifícios pelos pecados por ignorância de um príncipe

22Quando um príncipe pecar, e por ignorância fizer alguma de todas as coisas que o Senhor, seu Deus, ordenou se não fizessem, e se tornar culpado; 23ou se o pecado em que ele caiu lhe for notificado, trará por sua oferta um bode sem defeito. 24E porá a mão sobre a cabeça do bode e o imolará no lugar onde se imola o holocausto, perante o Senhor; é oferta pelo pecado. 25Então, o sacerdote, com o dedo, tomará do sangue da oferta pelo pecado e o porá sobre os chifres do altar do holocausto; e todo o restante do sangue derramará à base do altar do holocausto. 26Toda a gordura da oferta, queimá-la-á sobre o altar, como a gordura do sacrifício pacífico; assim, o sacerdote fará expiação por ele, no tocante ao seu pecado, e este lhe será perdoado.

Os sacrifícios pelos pecados por ignorância de qualquer pessoa

27Se qualquer pessoa do povo da terra pecar por ignorância, por fazer alguma das coisas que o Senhor ordenou se não fizessem, e se tornar culpada; 28ou se o pecado em que ela caiu lhe for notificado, trará por sua oferta uma cabra sem defeito, pelo pecado que cometeu. 29E porá a mão sobre a cabeça da oferta pelo pecado e a imolará no lugar do holocausto. 30Então, o sacerdote, com o dedo, tomará do sangue da oferta e o porá sobre os chifres do altar do holocausto; e todo o restante do sangue derramará à base do altar. 31Tirará toda a gordura, como se tira a gordura do sacrifício pacífico; o sacerdote a queimará sobre o altar como aroma agradável ao Senhor; e o sacerdote fará expiação pela pessoa, e lhe será perdoado.

4.27-31
Nm 15.27-28

32Mas, se pela sua oferta trouxer uma cordeira como oferta pelo pecado, fêmea sem defeito a trará. 33E porá a mão sobre a cabeça da oferta pelo pecado e a imolará por oferta pelo pecado, no lugar onde se imola o holocausto. 34Então, o sacerdote, com o dedo, tomará do sangue da oferta pelo pecado e o porá sobre os chifres do altar do holocausto; e todo o restante do sangue derramará à base do altar. 35Tirará toda a gordura, como se tira a gordura do cordeiro do sacrifício pacífico; o sacerdote a queimará sobre o altar, em cima das ofertas queimadas do Senhor; assim, o sacerdote, por essa pessoa, fará expiação do seu pecado que cometeu, e lhe será perdoado.